Comentarios de lectores/as

Pra Que As Ruas Salvem

"João Guilherme da Rosa" (2018-04-24)


lactaseO embate da síndrome do intestino irritável em sua propriedade de vida podes ser a complicação mais significativa de todas. Os sintomas e o longo tratamento, juntamente com todas as restrições médicas, podem levar os pacientes à depressão. A síndrome do intestino irritável pode ser uma doença que precisa de tratamento por toda a vida. Pra algumas pessoas, os sintomas prejudicam diretamente o funcionamento no trabalho e nos círculos sociais. Chocolate sem lactose: Chocolate Zero Milk - barra de chocolate com quarenta por cento de cacau e sem adição de lactose e glúten. Chocolate sem lactose: Chocolate de soja Gourmet Chocosoy - 500 gramas de chocolate sem lactose e outras proteínas lácteas e assim como sem glúten. Chocolate sem lactose: Chocolate orgânico amargo Chokolah - opção menor que cabe pela bolsa, não tem glúten ou lactose, indicado para quem está de dieta, tem intolerância e pra veganos. Chocolate sem lactose: Tablete Zero Lactose Cacau Show - chocolate meio amargo, com 50 por cento de cacau.

O que é a enzima lactase? Existem várias enzimas no nosso corpo humano com a função de quebrar moléculas e cooperar no processo digestivo. A lactase é a enzima causador da hidrólise da lactose (quebra da lactose em galactose e glucose). É pontualmente a deficiência pela produção dessa enzima através do nosso organismo a razão principal da intolerância à lactose. No momento em que a lactose chega ao intestino e não sofre ação das enzimas, acaba fermentada por bactérias presentes no recinto. A fermentação produz ácido láctico e gases, que conseguem desencadear distensão abdominal e flatulência. A lactose não quebrada aumenta a atração de água e eletrólitos para a mucosa do intestino, provocando diarreia.

A médica que esta nos atendendo não faz estes exames pelo meu plano. E pra eu saber se meu plano realmente os cobre e qual a clinica que faz pelo meu plano, precisarei dos codigos de procedimentos deles. Gostaria de saber se o Sr. poderia me socorrer me enviando estes código? Refogar até a cebola ficar dourada. Em outra panela, cozinhar o macarrão. Escorrer e reservar. Acrescentar a couve e o alho à mistura de cebola e refogar por 5 minutos. Introduzir o caldo de legumes e ferver por dois minutos. Reunir o macarrão, o restante do azeite, endireitar o sal e pimenta.

A doença celíaca ou enteropatia por glúten é uma síndrome de má-absorção causada por danos ao vilos e microvilos intestinais decorrentes da hipersensibilidade ao glúten. Os vilos danificados assumem uma arquitetura anormal, levando à má-absorção. A primeira especificação desta doença data de 1888 por Samuel Gee, que a denominou de mal celíaco (celiac affliction). Algumas denominações para a doença celíaca são, esteatorréia idiopática e espru. A doença celíaca é uma doença intestinal causada por mudanças imunológicas, que ocorre em pessoas geneticamente predispostas. Tua incidência é de meio por cento a 1,0% da população geral. As lesões intestinais causadas pelo glúten (proteína presente no trigo) surgem com a ingestão de alimentos contendo essa proteína. Ocorre distúrbios da maturação das células epiteliais dos vilos, inflamação da mucosa do intestino delgado e perda de vilos em graus variados, processos cujo efeito fim é uma mucosa de estilo atrófico.

Normalmente acontece ao longo da existência em instituídos grupos étnicos e tem uma causa genética. As pessoas estão percebendo como essa ingestão de leite e intolerância faz acontecer sintomas ainda mais. Mais de 70 por cento da população mundial sofre dessa intolerância. No momento em que há um traço primário / genético, não há cura possível visto que o sujeito não se recuperar a enzima e os sintomas são aliviados apenas na suspensão de produtos lácteos na dieta. A intolerância à lactose não é perigosa e é muito comum em adultos, a maioria dos quais chegam a 20 anos de idade e ai sim apresentam qualquer grau de intolerância.

O nosso corpo humano não consegue integrar moléculas grandes de açúcar, em vista disso, nosso sistema digestivo possui enzimas especiais, que quebram açucares complexos em açucares acessível (monossacarídeos), permitindo tua absorção nos intestinos. A lactase é uma dessas enzimas, sendo produzida no intestino delgado. Tua ação consiste particularmente em quebrar a lactose em glicose e galactose, permitindo que os intestinos consigam incorporar os açúcares presentes no leite. Pesquisadores identificaram uma possível ligação genética pra deficiência primária de lactase. Outras pessoas herdam um gene de seus pais que as tornam passíveis de desenvolverem deficiência primária de lactase. Esta descoberta poderá ser útil no desenvolvimento de futuros testes genéticos pra identificar pessoas em risco pra intolerância à lactose. A deficiência secundária de lactase para que serve resulta da brutalidade ao intestine delgado com doenças diarreicas graves, doença celíaca, doença de Crohn ou quimioterapia.

Respuestas

Adultos Bem como Têm Intolerância Ao Leite De Vaca

"João Guilherme da Rosa" (2018-04-25)

lactaseA lactase adicionada pelas indústrias faz essa época: hidrolisa a lactose, evitando desconfortos", diz. Costa alega que existem novas maneiras de fazer esse processo, todavia a adição da... Leer más

Governo Obriga Indústria A Avisar Presença De Lactose No Rótulo

"João Guilherme da Rosa" (2018-06-01)

... Leer más

Enzimas, Proteínas, Atividade, Tipos, O Que São Enzimas

"João Guilherme da Rosa" (2018-06-01)

Eu fiz 3 testes satisfatório satisfatórios. No primeiro dia, comi uma tapioca com manteiga (coisa leve) e não tive nenhuma reação. 2 dias depois, experimentei um bombom recheado com... Leer más



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/