Comentarios de lectores/as

Rede De Proteção Em Osasco, Telas De Proteção, Rede De Segurança

"Theo Aragão" (2018-06-27)


As mulheres do novo milênio adquiriram direitos, desprendendo das amarras do machismo, corroborando para uma nova estrutura familiar diferente da de outrora, onde se restringiam ao zelo da casa e aos cuidados dos filhos. Hoje, não só os homens, como também as mulheres saem para trabalhar, na busca por melhores condições e qualidade de vida, reforçando a economia familiar.

tela alambradoDessa maneira, ao visualizarmos dispostoem nossa ConstituiçãoFederal, ficamos ainda mais perplexos com a situação em que se encontra sistema penitenciário brasileiro. Fazem parte do dia-a-dia do nacional as notícias sobre a violência, fugas, rebeliões e demais tragédias ocorridas nas prisões.

Somos uma empresa líder em instalação de redes de proteção. • ABNT NBR 16046-1:2012, Redes de Proteção para Edificações - Parte 1: Fabricação da rede de proteção Um dos requisitos é que material da rede de proteção seja resistente a impactos e à tração. Esta parte da norma refere-se a redes de proteção de janelas, sacadas, escadas, mezaninos, parapeitos, floreiras e outras aplicações semelhantes. Exclui, portanto, as redes utilizadas em piscinas, quadras, aviários etc. e aquelas que são instaladas na posição horizontal e sobre as quais ocorram esforço permanente ou temporário.

Não se pretende revelar situações desconhecidas nem expressar-se em modelos acadêmicos. Aqui se oferece uma visão compartilhada do problema, a partir do olhar de agentes públicos, militantes sociais e religiosos ligados aos direitos humanos de 16 Estados e do Distrito Federal. Trata-se de um documento comprometido com os princípios e padrões ratificados pelo Brasil em instrumentos internacionais e na legislação interna. Seus autores, quer atuem no poder público quer na sociedade civil, têm em comum efetivo conhecimento da realidade dos cárceres brasileiros. São deputados das Comissões de Direitos Humanos das Assembléias Legislativas, voluntários das Comissões Pastorais Carcerárias e de outras organizações de direitos humanos que têm convivido com a comunidade prisional, as famílias dos presos, os agentes penitenciários e autoridades públicas gestoras dessas instituições.

estudo comprovou que a percepção da equipe de enfermagem na UTI quanto ao uso do EPI estão limitadas. Então, faz-se necessário que a adoção de práticas, como a educação continuada, para que os profissionais entendam a importância, propósitos e ações da Biossegurança, pois enfermeiro, no setor atuante, é co-responsável pela segurança ocupacional de toda a equipe.

A Master Geminis trabalha com redes adequadas para diversos tipos de proteção dentre elas podemos citar a proteção de animais e passáros e tem disponivel em seu estoque redes para evitar entrada de passáros e pombos ou pra evitar a saida de passáros de estimação como as Calopsitas.

característica das rebeliões atuais, cujo marco de referência foi a onda de violência iniciada pelo PCCem São Pauloem fins de maio último, seguida de cerca de 500 homicídios até agora não esclarecidos. Neste começo de julho, agentes penitenciários de São Paulo vêm sendo assassinados diariamente, enquanto a penitenciária de Araraquara-SP nós dá deprimente espetáculo de violações de direitos sem fim dos 1.500 presos onde cabem 160. As facções de criminosos engendraram, a partir das prisões, redes organizadas com ex-presos, familiares e outras pessoas submetidas à sua influência. Esse método de atuação, envolvendo numerosa população marginalizada, é potencializada por ódios decorrentes da violência e da corrupção no meio policial.

Legislativo, com a imperiosa missão de trazer à baila os anseios da sociedade, dirimindo as divergências e harmonizando as relações entre os povos, enxergou a importância de locar um dispositivo constitucional com fulcro em normatizar, os direitos da família e dos jovens. Acrescido a isto vislumbrou também a necessidade de uma legislação específica, para normatizar, por meio de um conjunto de regras, toda a relação do jovem com a sociedade, família e com a lei. Com isso, no dia 13 de junho de 1990, surge Estatuto da Criança e do Adolescente, ECA, dispondo sobre a proteção integral dos jovens.

As redes de proteção são indispensáveis para quem tem filhos menores de 12 anos ou animais de estimação, pois risco de esquecer uma janela aberta, ou da criança abrir a janela é grande. Mesmo para as pessoas que não tem filhos ou animais, mas que costumam receber crianças em casas. Como é caso de avós que recebem seus netos e muitas vezes residem em apartamentos que oferece risco de queda. Infelizmente acidentes acontecem e os pais e responsáveis podem ser indiciados criminalmente pelo descuido do menor, mesmo quando não há um fim trágico.

As redes de proteção surgiram em 1976, quando, no município do Rio de Janeiro, foi editado um Regulamento de Zoneamento, qual dizia que as construções não poderiam mais ser fechadas ou envidraçadas. Com este regulamento, as novas varandas que surgiram trouxeram humanização e beleza aos novos edifícios, mas acarretaram, por outro lado, problemas de segurança. Por esta razão, as telas mosquiteiras para janelas, que eram usadas originalmente para pesca, ganharam mais tecnologia e passaram a serem usadas como um meio de proteção, pois proporcionavam segurança sem quebrar a harmonia arquitetônica do edifício. Além disso, são facilmente removíveis quando a necessidade da proteção acaba.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/