Comentarios de lectores/as

Ômega três: Como Escolher Um Artefato De Peculiaridade

"Vinicius Teixeira" (2018-06-25)


A niacinamida ( Vitamina B3) tem ação específica sobre o sistema nervoso central, colaborando com a manutenção de hormônios que regulam as substâncias químicas do cérebro e garante efeito relaxante. Esta vitamina tem ação conjunta com o ácido fólico, que atua como coenzima de abundantes neurotransmissores do excelente humor. Dica: fique ligado ao valor calórico da fruta: cada 110 g contém por volta de 200 calorias.

omega 3 cápsulasPela peixaria ou no cardápio do restaurante japonês, a truta salmão, também conhecida por truta salmonada, é uma espécie cada vez mais constante. Muitas vezes, a incerteza que fica é: no fim de contas, é truta ou é salmão? É truta, contudo ela recebe este nome por causa da cor rosada, típica do salmão. Portanto, diminui o risco de doenças cardiovasculares, hipertensão arterial, derrame ou infarto. Protege o coração - Atua de duas formas pela saúde de seu coração: o EPA controla a atividade das plaquetas sanguíneas, evitando coágulos no sangue, o que poderá transportar a um AVC ou infarto. Neste instante o DHA regula a atividade elétrica do coração, evitando arritmias. Diminui o colesterol - Os ácidos graxos presentes no Ômega 3 alteram a constituição química do sangue, diminuindo os níveis de LDL (colesterol desagradável), no tempo em que aumenta o HDL (colesterol ótimo) , e também apagar os índices de triglicérides.

• Os ácidos graxos ômega-três sensibilizam a intercomunicação química neurológica das células cerebrais e realizar um papel afirmativo no fluxo de celular entre os neurônios. • A ingestão de Chia AlimentosOmega-três se intensifica a capacidade de concentração e proporciona o equilíbrio emocional, sobretudo com crianças e jovens. • Outro ótima recurso de AlimentosOmega Chia-três é a competência de absorção de água de 7 a 12 vezes em relação ao seu respectivo peso. A geração de um gel de polissacarídeos e fibra a fibra previne a redução prematura de carboidratos pelas enzimas no estômago e, em vista disso, regula o açúcar no sangue. O corpo humano tem energia para um extenso tempo de tempo. Ômega 3 são ácidos graxos, famosos como importantes para o avanço normal e saúde os indivíduos. As fontes mais comuns de ácidos graxos são óleos de peixe e alguns óleos vegetais como linhaça e óleo de algas petróleo. O ômega 3 é um tipo de gordura, chamado de ácido graxo primordial dado que é muito primordial pra uma bacana saúde, o organismo não é apto de gerar ômega 3, tendo que obtê-lo da alimentação. Um vasto número de pesquisas vem demonstrando os benefícios do ômega 3 pro coração e todo sistema circulatório. Alguns estudos indicam que o ômega 3 também traz benefícios pro humor, o aprendizado e pro sistema imunológico. As melhores referências de omega 3 são os peixes, algumas espécies possuem superior quantidade, como sardinha, salmão, bacalhau, atum e outros. Recomenda-se a ingestão de no mínimo dois porções de peixe por semana, no entanto se for possível incluir novas fontes de ômega 3 maiores serão os privilégios.

Apesar desses privilégios, o consumo do ômega 3 no Brasil, segundo a Associação Brasileira de Nutrologia (Abran), é bastante nanico. A quantidade de ingestão indicada para gestantes é de 200 mg do nutriente por dia. No entanto, um filé de cem g de salmão formado em cativeiro, que é o tipo consumido no povo, retrata teor inferior a 1,quatro g. Logo, a suplementação pode ser necessária pra atingir a recomendação da Abran. A couve-de-bruxelas interessa a família das brássicas. Esta família engloba mais de quatro 1 mil espécies distintas a qual assim como pertence o brócolis, couve-flor, repolho, couve, nabo, mostarda, agrião e rabanete. A couve-de-bruxelas consiste num vegetal de constituição nutricional especial, apresentando compostos bioativos que se destacam quanto à proteção das células contra novas doenças, como o câncer. Trata-se de um alimento rico nas vitaminas K e C, ácido fólico, e também ser uma legal referência de outros nutrientes, incluindo o manganês, vitamina B6, colina, cobre, fósforo e fibras suplementos alimentares.

A luteína assistência pela saúde ocular de duas maneiras diferentes(5): ao introduzir luminosidade azul nociva de alta energia, que pode causar danos aos olhos, e ao agir como um antioxidante, protegendo as células, no tempo em que neutraliza os radicais livres. O famoso Ômega três, gordura natural encontrada principalmente em peixes, poderá ajudar a conter inflamações. Os ácidos graxos ômega 3 estão correlacionados com a saúde dos olhos e podem desempenhar uma série de funções sérias dentro da retina(6,sete). Eles conseguem auxiliar pela reparação do prejuízo celular, evitar a geração de vasos sanguíneos frágeis e possuem propriedades anti-inflamatórias que ajudam a defender o funcionamento normal das células no interior da retina. Não se precisa fritar o peixe, dado que seu preparo em altas temperaturas comprometem os resultados na obtenção do ômega 3. Pra isso, é aconselhável que o peixe seja refogado, assado ou grelhado. Sem sombra de dúvida, os melhores alimentos com ômega 3 são os peixes. Eles encabeçam essa lista. Entre eles, destacamos o atum, salmão, bacalhau, sardinha, entre outros. Um estudo feito pela Faculdade de Medicina na Universidade de Pittsburgh (Estados unidos) indicou que idosos que comem peixe assado ou grelhado pelo menos uma vez por semana protegem o cérebro contra doenças. O estudo envolveu 260 pessoas com idade média de setenta e um anos que não tiveram problemas de memória. Todos preencheram questionários que avaliaram quanto de peixe eles comiam e como era preparado. Entre os indivíduos estudados, 163 comiam peixe toda semana ou menos, sempre que o restante consumia o alimento de uma a quatro vezes por semana.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/