Comentarios de lectores/as

Gastroenterologia Pediátrica E Nutrição: Intolerância à Lactose: Mitos E Realidade (4)

Alícia Fernandes (2018-10-27)

En respuesta a Cerca de quarenta por cento Da População Brasileira Têm Intolerância à Lactose

alimentos funcionais5 anos atrás, foi identificada uma mutação genética que regula a expressão de lactase, causador da boa digestão de leite em adultos finlandeses e outros europeus do norte. Curiosamente, suplementos alimentares a mesma mutação aparecia em freqüência bem menor em povos com dietas ricas em laticínios, como os do Oriente Médio e do sul da Europa, e estava ausente pela maioria das populações africanas que se dedicam ao pastoreio. Hoje em dia, um grupo liderado por Sarah Tishkoff, da Faculdade de Maryland, colheu amostras de sangue de 470 habitantes da Tanzânia, Quênia e Sudão, pertencentes a 43 grupos étnicos distintos, para estudar os genes responsáveis na frase de lactase.

A intolerância à lactose acontece quando o bebê não tem um gene que regula a geração da enzima lactase (no intestino delgado), responsável pela quebra e consequente descomplicado digestão da lactose no intestino. A lactose é uma espécie de açúcar achado no leite. A dificuldade pode ainda ser chamado de alergia ao leite ou deficiência de lactase. Cremes não laticínios (cheque o rótulo)

Até com remédios é necessário cautela. A indústria farmacêutica usa com freqüência a lactose pela constituição de remédios. Contudo, ao cortar com rigor o consumo de produtos lácteos corre-se o traço de promover uma deficiência de cálcio. Nutriente importante, o cálcio neste instante tem tua absorção prejudicada graças a das altas doses de corticóides contidas nos medicamentos utilizados no tratamento das doenças inflamatórias intestinais. E os efeitos colaterais conseguem gerar dificuldades como a osteoporose (perda óssea por inexistência de cálcio).

Que tal revisar as enzimas e arrasar nas perguntas do vestibular e do Enem deixando os outros candidatos para trás? Vem conosco! Diversas das reações químicas que ocorrem no nosso corpo precisam de uma alta energia inicial (energia de ativação) pra começarem a suceder. Olhe como atuam as Enzimas pra salvar as proteínas neste processo todo. Ainda segundo a gerente, a norma segue padrão adotado em alguns países europeus, como Alemanha e Eslovênia. Neste momento o paradigma de colocação no rótulo é aproximado ao neste momento aprovado na Anvisa para ingredientes que são capazes de causar alergias -o qual também previa um alerta, escrito em negrito e caixa alta, depois da lista geral de ingredientes. Apesar do paradigma igual, as duas normas atendem a públicos diferentes, diz Lima. De acordo com a Anvisa, o novo período atende reivindicação da indústria de alimentos e fornecedores, que alegam grande gasto para a mudança e pouco tempo pra adaptação. O fundamento também traz mudanças em conexão a uma proposta anterior idealizada na agência e submetida à consulta pública nos últimos meses.

Nossa genética instaura qual será o nosso biotipo - se faremos o tipo mais esguio ou mais cheinho - e imediatamente nascemos com uma quantidade instituída de células de gordura. Se consumirmos mais alimentos do que o necessário, e com isto ingerirmos mais quantidade do que aquela pro qual fomos "programados", aumentamos o número de células de gordura e engordamos. Mesmo que em torno de 8% da população mundial tenha olhos azuis, a mutação que deu origem a ela é incrivelmente recente na história da nossa espécie. Bem que todos os humanos tivessem olhos castanhos, pesquisadores conseguiram apontar a mutação que levou à coloração azul. Os especialistas conseguiram rastrear essa variante genética e notaram que ela ocorreu entre seis.000 e dez.000 anos atrás. A primeira pessoa de olhos azuis por ventura morou pela Europa, visto que um esqueleto de sete 1 mil anos localizado na Espanha tinha essas características. Este é um incrível modelo da expansão dos seres humanos. Não nascemos para comer e tolerar leite proveniente de algumas espécies, porém este vício, tão comum em várias sociedades ocidentais, mostra a mutação que sofremos. Há cerca de dez 1 mil anos, no momento em que os europeus começaram a domesticar animais como vacas, uma mutação no gene MCM6 possibilitou que várias pessoas continuassem produzindo a enzima lactase, permitindo-lhes beber leite. Perto com olhos azuis e tolerância à lactose, esta é uma das mutações genéticas mais conhecidas.

Assinale a alternativa correta. Apenas as afirmativas I e II são corretas. Apenas as afirmativas I e III são corretas. Só as afirmativas III e IV são corretas. Apenas as afirmativas I, II e IV são corretas. Apenas as afirmativas II, III e IV são corretas. 20. (UERJ) O esquema abaixo destaca três tipos de tecidos e várias de suas respectivas etapas metabólicas. Essa ação se faz por mecanismos reflexos: estímulo da visão, cheiro e gosto dos alimentos. Valor ótimo de pH em torno de 7,0; mais um menos neutro. Ação da saliva, que contém a enzima ptialina ou amilase salivar. Sob a ação da amilase, o amido hidrolisa-se, reduzindo-se a compostos de cadeia pequeno até surgir à maltose. Ação do sistema nervoso.

Respuestas

Depois da Quebra Da Lactose Em Glicose E Galactose

Alícia Fernandes (2018-10-28)

... Leer más



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/