Comentarios de lectores/as

Enzimas, Proteínas, Função, Tipos, O Que São Enzimas

Alícia Fernandes (2018-10-25)

En respuesta a Dr. Paulo Maciel

intolerancia a lactose remedioO Creme Requeijão Mrs Taste é um artefato único e inteiramente inovador no mercado, para substituição do queijo comum. Ele detém todo o sabor do queijo, com ZERO calorias, ZERO gorduras e com um teor de sódio abaixo de um queijo comum. O Cremes de Queijo Mrs Taste são adicionados de Sal Rosa do Himalaia, que contém os mesmos oitenta e quatro minerais e elementos que são encontrados no organismo, que por si só é satisfatório estupendo! Alguns destes minerais acrescentam: o cloreto de sódio, sulfato de cálcio, potássio e magnésio. Desintoxica o corpo de metais pesados. Himalaia, fibra de milho, lactase, espessante goma guar, acidulante ácido lático, conservadores sorbato de potássio e benzoato de sódio, aromatizante e edulcorante natural stevia. NÃO CONTÉM GLÚTEN. NÃO CONTÉM LACTOSE. ALÉRGICOS: CONTÉM DERIVADOS DE LEITE. A impressão que temos é que a lactose é a enorme causadora dos estragos atribuídos aos seus produtos de origem. Assim como dá a perceber que, assim sendo, só aquela pequena parcela de pessoas que, de fato, têm uma intolerância rigorosa à lactose é que deveriam se preocupar em tirar os laticínios da rotina alimentar. Entretanto não é bem em vista disso.

Tem super dicas pra você se doar bem nas perguntas de biologia do Enem! A quantidade de substrato também afeta pela velocidade da reação. O aumento da quantidade de substrato acelera a reação até correto ponto. Passado este ponto, a velocidade se mantém estável, uma vez que, apesar de existir mais moléculas de substrato, as enzimas são substâncias produzidas em pequenas e limitadas quantidades. Mais contínuo é o menino, depois de uma gastroenterite -- por exemplo uma daquelas viroses que dão muito diarreia --, exibir sintomas de intolerância à lactose, contudo que só duram uma ou duas semanas. Alguns remédios podem afetar a criação de lactase, causando sintomas de intolerância. Quais são os sintomas da intolerância à lactose?

A basicidade e a acidez de uma solução bem como podem afetar a ação das enzimas, que isso bem como as desnatura. Cada enzima funciona acertadamente em um pH incrível. Tais como, a pepsina é uma enzima presente no suco gástrico produzido pelo estômago, cujo propósito é atuar sobre isso as proteínas, transformando-as em moléculas menores. Dica 2: Revise tudo sobre isso os carboidratos! Considero interessante você fazer os testes de alergia e intolerância para o leite de vaca outros alimentos, ok? Excelente dia Dr. Paulo, tenho quarenta e nove anos e há alguns anos sinto cólicas e diarréia ao comer alguns alimentos. Estes sintomas vem ampliando, com dores musculares, rinites, enxaqueca com aura, enjoos, dores de estômago e por último, estou com insuficiência de B12.

A dieta para a intolerância à lactose baseia-se na perda do consumo ou eliminação dos alimentos que contêm lactose, como leite e seus derivados. Seguir a dieta sem lactose faz desaparecer os sintomas da intolerância à lactose como diarreia ou dores abdominais. A exclusão dos alimentos com lactose da dieta é o melhor tratamento pra o problema. O check-up é chatinho, vai em jejum tomar sangue, depois toma um copo de lactose pura e tira mais sangue de meia e meia hora, mais 3 vezes. O resultado deu uns valores quase parecidos, pensei eu "não tenho intolerância, tinha era verme mesmo. Os números quase não mudaram! Oba". Só que para quem não tem intolerância estes números variam e muito! Ao inverso da doença celíaca, que é a alergia ao glúten, a intolerância à lactose pode não causar cada sintoma ao paciente. Caso ele sinta incômodo e mesmo dessa forma mantenha comendo produtos com lactose, o máximo que irá suceder é o desconforto não ir. Não há qualquer complicação perigoso em prosseguir comendo a lactose. Existem disponíveis remédios feitos com lactase comprar que estão indicados em certos casos. Cabe recordar que ao impedir o leite e seus derivados temos que estar atentos a quantidade de cálcio e vitamina D na dieta, cabendo a indicação de um nutricionista.

Eu fiz 3 testes extremamente satisfatórios. No primeiro dia, comi uma tapioca com manteiga (coisa suave) e não tive nenhuma reação. Dois dias depois, experimentei um bombom recheado com morango. Assim como não tive nada. Por último, comi dois pedaços de torta com cobertura. Para não dizer que não tive nada, senti um leve inchaço, muito sutil, e completamente suportável. Em resumo: o remédio é a solução para todos os nosso problemas! Claro que tem que ser administrado com cuidado e moderação. Se for comer qualquer coisa com muita lactose, precisa-se tomar 2 tabletes. Os produtos com superior concentração de lactase é o Wallgreen's Lactose Fast Relief e o Lactaid Fast Act. Infelizmente eles não são comercializados no Brasil e a única maneira é arrumar alguém para trazer. E o melhor: são baratos!

intolerancia a lactose remedioPara arrematar, é referência inigualável de cálcio, indispensável pra geração do esqueleto e pra impedir que mais tarde a osteoporose acabe com ele. Os vegetais, principalmente as verduras de folhas escuras, como o brócolis, podem fornecer 250 miligramas de cálcio diárias para as pessoas que faça emprego caridoso deles. Entretanto, essa quantidade é insuficiente pra exigências do corpo: um grama por dia. Como um copo de leite, iogurte ou uma fatia de queijo contém de 250 a 300 miligramas, com os laticínios fica menos difícil responder aos reclamos da fisiologia. Por outro lado, certas filosofias dietéticas avessas às demandas da metodologia científica contra-apontam a ingestão de leite e derivados, com o argumento de que nenhum outro mamífero o faz na vida adulta. A tarefa tem sido levada adiante a começar por programas de pc que "escaneiam" ambos os genomas à pesquisa dos trechos em que as bases A,G, C e T estejam ordenadas de forma diversa. A conclusão é que as diferenças se localizam confinadas em trechos de DNA formados por somente quinze milhões de bases. Nesses estudos começam a emergir alguns genes, reunidos em uma revisão escrita por Katherine Pollard, da Universidade da Califórnia, na revista "Scientific American". O primeiro deles foi HAR1, gene ágil em alguns neurônios cerebrais.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/