Comentarios de lectores/as

Intolerância à Lactose Ou Alergia à Proteína Do Leite?

Pedro Benício Martins (2018-10-10)


Muitas pessoas, depois de consumir leites e derivados, costumam apresentar uma série de sintomas como diarreia, gases, náuseas e dores abdominais. Estes sintomas são típicos da intolerância a lactose, situação que afeta milhares de pessoas em todo o mundo, e que é, basicamente, uma rejeição do organismo ao leite e seus derivados. Quando há essa intolerância, o corpo humano não consegue digerir a lactose, que é conhecida como o açúcar do leite. Essa intolerância ocorre por causa falta ou deficiência de uma enzima, a lactase, que tem por finalidade decompor a lactose em carboidrato para facilitar a tua absorção pelo organismo. 💡 Você sabia que a banana verde crua retém bem mais amido resistente do que a massa de banana cozida (a biomassa)? O aquecimento do amido resistente acaba transformando-o em amido comum. Portanto, pra se ter um aproveitamento ainda melhor desse nutriente, fica como sugestão utilizar a banana crua para sucos, shakes e vitaminas. Atualmente estamos ouvindo cada vez mais as pessoas falarem que não podem consumir leite e derivados devido à lactose, mas será mesmo que é só a lactose? Vários se confundem com intolerância à lactose e alergia à proteína do leite. Elas são duas coisas presentes no leite, entretanto diferentes significados.

capsulas de lactaseA novidade promete ser um grande sucesso entre os intolerantes à lactose. Chega ao mercado o Digelac, a primeira enzima lactase de elaboração nacional. Recebemos há alguns dias demonstrações do artefato e, desde em vista disso, imediatamente testei o Digelac com diferentes alimentos. A principal diferença desta enzima pras parelhos é tua exposição. Ao invés comprimidos, o Digelac é comercializado em pó pra ser adicionado aos alimentos com lactose. Em nota, associações de indústrias de alimentos funcionais dizem que vão cumprir a nova capacidade. A Abia (Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação) diz ainda se botar à persistência dos órgãos responsáveis pra cooperar no procedimento de regulamentação da lei. A VivaLácteos (Liga Brasileira de Laticínios) bem como diz apoiar a lei e admite esperar que a devida regulamentação "permita a inclusão no rótulo de todas os dados necessárias pro total esclarecimento do público", informou. Segundo a agregação, "mesmo antes da proporção, o setor de lácteos neste instante considerava o alerta em rótulos dos produtos criados com 0% lactose, indicado pra intolerantes".

A esse respeito, analise as assertivas e marque as corretas. I. A hipófise tem origem embrionária dupla: uma quota tem origem nervosa (hipófise posterior) e outra ectodérmica (hipófise anterior) e dá um íntimo relacionamento com o hipotálamo. II. A medula da glândula suprarrenal tem origem no neuroectoderma e esta mostra neurônios pósganglioanares simpáticos e produzem as catecolaminas. III. Em casos de queda da pressão nas artérias, a ativação do sistema renina-angiotensina estimula a liberação de aldosterona pelo córtex da suprarrenal e em vista disso promove a reabsorção de sódio nos túbulos renais. IV. O pâncreas é uma glândula mista, secretando hormônios que são lançados diretamente na corrente circulatória e no suco pancreático que percorre um trajeto até desembocar no duodeno. No universo da alimentação balanceada, o glúten e a lactose são os vilões da vez. A maioria das pessoas que escolhe por uma rotina sem os dois ingredientes garante que conseguiu cortar medidas, sentiu-se menos inchada e com intestino funcionando melhor. Deste jeito, é verdade que a "dieta" funciona? O glúten é uma proteína presente no trigo, centeio, cevada, malte. Nas receitas, ele é o responsável por ceder elasticidade às massas.

A diminuição de sintomas depois de muitas semanas de dieta livre de lactose serve como teste diagnóstico/ terapêutico. Há possibilidade de problema nos diabéticos, entre outros. A situação de diarreia, ainda no laboratório e ou nas primeiras horas a acompanhar, reforça a conclusão de diagnóstico positivo pra intolerância à lactose. O médico podes receitar enzimas lactase, e complexos vitamínicos visto que a falta de leite na dieta poderá transportar a uma deficiência de cálcio, vitamina D, riboflavina e proteína. A redução ou a remoção de produtos lácteos da dieta melhora os sintomas da intolerância à lactose.

Efetivamente, os animais com dietas cientificas desenvolvem a maioria das doenças crônicas e degenerativas comuns aos seres humanos, se os deixarem viver até ao final das tuas vidas. Isto prova que só vitaminas e minerais não são suficientes pra preservar a saúde. Para o Dr. Howell a evidencia mais fascinante de que necessitamos de enzimas na nossa alimentação aconteceu no teu serviço de sanatório no momento em que os seus doentes eram postos em jejuns curativos. "Quando se jejua, há uma paragem imediata da geração de enzimas digestivas. Há algum tempo, ela fez um curso e compreendeu a fazer bombons de chocolate, mas foi ao ver alguém intolerante à lactose que ela decidiu prestar mais atenção nesse público. Intolerância é a incapacidade que o corpo humano precisa de digerir a lactose, um tipo de açúcar localizado no leite e em outros produtos lácteos.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/