Comentarios de lectores/as

Viver Sem Alergia é Possível E Muda Totalmente A Característica De Existência

Pedro Benício Martins (2018-10-10)


Para o diagnóstico de intolerância à lactose, mensura-se a concentração de hidrogênio expirado antes e após a ingestão de lactose. • Tempo de trânsito intestinal. O teste do hidrogênio expirado está acessível pra atendimento a crianças de todas as idades e adultos no consultório da Dra. Karen Nunes. Pra agendamento e maiores sugestões do teste de tolerância à lactose entre em contato com a gastropediatra Dra. Karen Nunes. Atuação do Nutricionista: Cardápio cheio de carboidratos. Modelo: cana, frutas , leite, batata, arroz, trigo. A digestão do amido completa-se no intestino em razão de, como o alimento permanece insuficiente tempo na boca, a ptialina não é apto de transformar todo o amido. Ação: Transforma as proteínas decompostas no estômago em substâncias mais claro: Aminoácidos. Função: São responsáveis por nosso avanço e pela substituição daquilo que nosso corpo humano perde.

capsulas de lactaseAssim como fornece bons resultados em alergias de pele e nas moléstias femininas do baixo ventre. O kefir previne putrefações intestinais, coopera à depuração do organismo, normaliza a pressão nas artérias e auxílio no conflito a obesidade. A VANTAGEM DO KEFIR DE ÁGUA - quando comparado ao de leite, é que podes tomar-se em grande quantidade. Tem que-se beber diariamente, já que não altera a digestão e passa de forma acelerada ao sangue. No momento em que se tem afecções crônicas, deve-se tomar extenso quantidade na manhã, ao meio dia e na noite (1/2 litro cada vez). De todo jeito, não queremos declarar ao kefir como um medicamento universal e nem de efeito imediato; é um Grande AUXÍLIO Pro Corpo POR Teu EFEITO DESINTOXICANTE, regenerador da flora intestinal benéfica e estimulador das defesas naturais. No entanto quando existe doença, sempre se necessita destinar-se ao médico. O fungo se multiplica dobrando de volume em 3 a quatro semanas. Deste modo, dividimos e passamos adiante.

O termo "alergia ao leite" se popularizou e, atualmente, é muito utilizado pra retratar possíveis causas de intolerância, provenientes de reações alérgicas ou não. "A alergia ao leite é outra coisa", ensina Tatiane. "Neste caso, o problema está relativo a uma proteína do leite chamada caseína. Por algum motivo, o corpo humano reconhece a caseína como um corpo inusitado que irá causar malefícios e reage contra ela, causando erupções pela pele, manchas vermelhas, dificuldades respiratórios e, algumas vezes, diarreia". E também que depois de meia hora, a enzima é absorvida pelo corpo humano, deste jeito é essencial tomar mais um se prosseguir ingerindo a lactose. Neste local no Brasil, existem opções como o Lacday e o Lactosil. Eu acabo preferindo o Lactaid pois acho mais prático, entretanto claro que no momento em que acabam os meus comprimidos, recorro as opções nacionais! Tem muita gente que não entende disso, no entanto queijos e leite de ovelha e cabra não contém lactose. Assim sendo eu a toda a hora dou preferência ao queijo de cabra, ou o chèvre, queijo pecorino, e também o feta. O Iogurte de ovelha é mais pesado, entretanto fornece para acostumar. Os produtos "sem lactose" do mercado, geralmente são nada mais do que produtos derivados do leite, que também possui em sua composição a enzima lactase. Ou seja, é como se você estivesse tomando um desses medicamentos que falei acima.

Por que isso ocorre? A lactose é um açúcar achado no leite, produzido nas glândulas mamárias dos mamíferos. A pessoa intolerante à lactose não produz (ou produz insuficiente) a lactase, uma enzima digestiva que quebra a lactose. Em vista disso, a lactose chega inteira ao intestino grosso e sofre fermentação por bactérias, o que gera gases e ácido lático, que, por tua vez, estimularão a retenção de água causando cólicas intestinais e diarreias. O intestino grosso em ceco, cólon ascendente, cólon transverso, cólon descendente e reto. Alguns órgãos são anexos ao sistema digestório. São eles: glândulas salivares, pâncreas, fígado e vesícula biliar. A digestão envolve fenômenos físicos e químicos. Os físicos são: mastigação, deglutição, peristaltismo e ação da bile. Os químicos são aqueles que envolvem ação enzimática.

Em qualidade de sua meio ambiente protéica, as enzimas desnaturam-se e inativam-se acima de 60o C ou em presença de meios bastante ácidos ou extremamente alcalinos. O nome aplicado às enzimas deriva do nome do substrato a respeito do qual elas atuam, a que se adiciona a terminação "ase". Dessa maneira, as carboidrases atuam a respeito de os hidratos de carbono ou carboidratos, as fosfatases a respeito os fosfatos etc. Há ainda nomes acordados pela tradição, como a pepsina, a tripsina ou a pancreatina. Nos dois primeiros grupos se acha a metade das 1000 e poucas enzimas que se conhecem. O estudo da meio ambiente das enzimas e de tua atuação teve amplo utilidade na medicina: estabelecidos tratamentos se baseiam na inibição das enzimas que acompanham as bactérias, com o que se detém a ação infecciosa destas. Isso acontece devido a uma incapacidade que essas pessoas têm de digerir a lactose, o açúcar do leite. Pra digerir este açúcar, o corpo deve produzir uma enzima lactase comprimido chamada lactase, que divide o açúcar do leite em glicose e galactose. A incapacidade de produzir a lactase podes ser genética ou ocasionada por algum defeito intestinal que a interrompe temporariamente.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/