Comentarios de lectores/as

Dr. Paulo Maciel

Alícia Fernandes (2018-10-09)


suplementos alimentaresInmensuráveis tipos de bactérias habitam o intestino grosso e decompõem novas fibras indigeríveis, fermentam açúcares e decompõem muitas proteínas. Certas bactérias conseguem sintetizar vitamina K e B. Ainda não está claro o quanto de vitamina B pode ser absorvido pelo intestino grosso, mas metade da quantidade necessária de vitamina K é de origem bacteriana. Os alimentos levam de 12 a dezoito horas para obter o reto. Durante esse tempo a água é absorvida e os dejetos são compactados gradualmente pra serem expelidos.

Após a mastigação, o alimento é deglutido. Pela faringe, no esôfago, no estômago e nos intestinos ele é impelido pelos movimentos peristálticos, cuja ação é involuntária, controlada pelo sistema nervoso autônomo. Ao atravessar em órgãos como a boca, o estômago e o intestino, os alimentos sofrem ações químicas dos sucos digestivos. Queremos dividir o modo químico da digestão em etapas que ocorrem em órgãos inúmeros com nomes diferentes: insalivação (ocorre pela boca), quimificação (ocorre no estômago) e quilificação (ocorre no intestino). Ação do sistema nervoso autônomo parassimpático, estimulando a secreção de saliva. I. A adaptação às oscilações diárias da concentração de nutrientes evidencia as mudanças pelas quais os seres humanos ajustam teu metabolismo a diferentes condições. II. Depois de uma refeição, o excedente de glicose é mantido pela circulação, por decorrência, o fígado responde diminuindo a liberação de insulina, ao passo que o pâncreas se intensifica a concentração de glucagon.

Dr. Paulo, o diagnóstico Vegatest também podes ser recomendado para casos de "intolerância alimentar", particularmente, e não alergia? No meu caso em típico, tive colite diagnosticada por colono, e tenho procurado hoje outras escolhas. O Vegatest identifica em tal grau alergias quanto intolerâncias suplementos alimentares. Gostaria de lhe fazer novas dúvidas e ficarei obrigado se puder me responder. Se alguém tem defeito com histamina, ela teria de evitar todo alimento que liberam esta substância, como por exemplo, deixar de consumir tomate, chocolate, etc? De imediato faz quase uma hora que você acababou de saborear o seu sorvete ou queijo prediletos. Sente um peso no estômago e mal-estar; além do mais, você tem gases. Mais uma vez pesquisa alívio tomando um medicamento que começou a levar consigo. Nesta ocasião você chegou num ponto em que se pergunta: “Por que o meu estômago é tão sensível?

Apesar do crescente número de interessados em perceber melhor os malefícios causados pelo glúten e pelo leite de vaca em nosso organismo, é muito maior a quantidade de pessoas resistentes a esta ideia. As justificativas são as mais variadas. Eu início na inexistência de infos isentas e diretas. Eu sei que não é nada fácil mudar um vício que nos acompanha durante toda a existência. Acredito que esta seja a principal barreira que separa as pessoas de uma alimentação mais segura. São capazes de mostrar-se entre trinta minutos e dois horas depois do consumo de leite ou derivados. Nesses casos, o consumo de probióticos assim como é válido, à medida que irão socorrer a refazer a flora intestinal. Intolerância congênita da enzima: acontece quando os recém-nascidos prontamente nascem sem a técnica de fornecer a enzima lactase, resultando a intolerância infinito.

12 de abril de 2012 às dezessete:Cinquenta e nove
um molho de couve rasgada
Não havia conversado com meu gastroenterologista sobre
quatro,5 x 106 kg
Exagero de gases ou flatulência
Bolos de arroz sem queijo

Gotas de lactase são outra opção, mas elas não são sempre úteis. Todavia, alguns bebês nascem sem cada tipo de enzimas lactase, e fórmulas sem lactose são capazes de ser uma opção nesses casos. A intolerância à lactose não razão vômitos em bebês. Isso pode talvez ser sintoma de uma alergia ao leite de vaca. Pela preparação de alimentos, depois da adição de Lactosil, é necessário aguardar um hora antes de botar a preparação no forno ou microondas. Quais os males que podes me causar? A bula do medicamento não refere efeitos prejudiciais. No momento em que não devo usar? A bula do medicamento não diz contraindicações. Lactosil tem na sua constituição Lactase, uma enzima digestiva para preparação de alimentos lácteos, que auxilia na digestão da lactose, um açúcar presente em alimentos como o leite e seus derivados. A Lactase é um enzima fabricada pelo intestino, apto de quebrar as moléculas de lactose, transformando-as em moléculas mais pequenas que neste momento conseguem ser absorvidas pelo organismo. Sendo assim, Lactosil é indicado para intolerantes à lactose, ajudando na digestão do leite, derivados ou alimentos contendo leite ou derivados, evitando a geração de gases, dores e inchaço abdominal.

"A alergia à proteína do leite de vaca é alguma coisa bastante específico e que precisa de acompanhamento. Os sintomas acontecem de modo bastante imediata e pedem atenção no início da amamentação, porque a proteína poderá ser passada pelo leite materno", diz Beatriz. Afastar a lactose da dieta não deixa a refeição mais light? O leite com ou sem lactose tem o mesmo valor calórico. "O que diferencia o valor calóricos dos produtos lácteos é a redução de peso. Produtos light são aqueles que têm como intuito cortar tuas calorias. No caso dos produtos sem lactose, o propósito é oferecer um item sem o açúcar às pessoas que são intolerantes pra que elas possam se favorecer dos nutrientes do leite", explica Beatriz. É essencial preservar a ingestão de alimentos com lactose para que o corpo humano não pare de gerar a lactase. "Quando o corpo para de comer certos nutrientes que dependem de enzimas para serem digeridas, automaticamente deixa de as fornecer. Deste modo é interessante preservar um ritmo de consumo", alerta Beatriz.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/