Comentarios de lectores/as

Conheça Mais A respeito da Intolerância à Lactose E Receitas Sem Lactose!

Alícia Fernandes (2018-09-24)


Até com medicamentos é necessário cautela. A indústria farmacêutica utiliza com freqüência a lactose pela composição de medicamentos. Entretanto, ao apagar com rigor o consumo de produtos lácteos corre-se o traço de produzir uma deficiência de cálcio. Nutriente importante, o cálcio já tem sua absorção prejudicada graças a das altas doses de corticóides contidas nos medicamentos utilizados no tratamento das doenças inflamatórias intestinais. E os efeitos nocivos são capazes de gerar problemas como a osteoporose (perda óssea por ausência de cálcio).

remedio para lactosePerder o horror da gordura natural dos alimentos (no entanto não a ideia, ok?) As enzimas são um tipo de proteína e elas são específicas, isto é, cada enzima age sobre o assunto sobre uma definida substância. Novas enzimas são produzidas em forma inativa (como se estivessem embaladas). Ao entrar em contato com substâncias específicas (como outros sucos digestivos ou, no caso do estômago, o ácido clorídrico), a enzimas se torna ativa (sai da embalagem) e começa a trabalhar.

No momento em que essas enzimas digestivas não são responsáveis na digestão desses nutrientes, elas auxiliam na sintetização. Amilase ou Ptialina: Essa enzima digestiva contribui na digestão de glicogênio e de amido. Ela poderá ser encontrada na própria saliva e contribui na decomposição de carboidratos. Ela é produzida pelas glândulas salivares e poderá colaborar na precaução de cáries dentárias. É exatamente por isso que produzimos muita saliva, é uma maneira de impossibilitar o surgimento das indesejáveis cáries.

Invertase (sucrase) Nosso organismo é cheio de nutrientes. Ouvimos muito sobre o temido carboidrato, as proteínas, açúcares, vitaminas e minerais, todavia você neste instante ouviu conversar sobre isto as enzimas digestivas? Uma vez que é, perceber sobre isso elas poderá se tornar um diferencial nos resultados de sua dieta. Elas são as responsáveis na digestão de todos os alimentos ingeridos para você. As enzimas digestivas se dividem em diferentes grupos e conseguem ser encontradas desde a sua saliva até o seu intestino. A acompanhar você será capaz de conhecer pouco mais sobre elas e em vista disso será capaz de melhor identificar as fontes naturais e suplementos dessas que são capazes de se tornar aliadas eficientes com abundantes benefícios à tua saúde.

Os queijos frescos assim como passam por essa fermentação, mas, pode-se descobrir neles, resíduos de lactose ainda não fermentada. "A partir do momento em que instituídos queijos vão maturando, essa lactose vai desaparecendo, como é o caso de queijo parmesão e outros que são consumidos depois de quinze a vinte dias depois da fabricação. Nos produtos em que não há fermentação, como doce de leite, leite condensado e sorvete, mesmo que o artefato atinja sua validade, ainda tem lactose e poderá expor problemas aos intolerantes", salienta. Uma das principais diferenças entre o leite sem lactose e o comum está no sabor. Isso acontece no momento em que a enzima lactase, responsável pela quebra da lactose, está ausente ou deficiente no organismo. No momento em que isto ocorre, a lactose não consegue ser digerida, causando uma série de complicações e sintomas. A digestão nesse açúcar ocorre no intestino delgado, todavia, na inexistência ou deficiência da enzima, a lactose chega intacta ao intestino e acaba servindo de alimento pra bactérias ali presentes. Dentre os sintomas mais comuns estão: dores e desconfortos abdominais, diarreias, náuseas, inchaço, gases e cólicas.

Os órgãos do sistema digestório propiciam a digestão do que ingerimos, permitindo que seja feita a absorção de nutrientes, além da eliminação de partículas não utilizadas pelo corpo humano, como a celulose. Para que haja a digestão, o alimento necessita ir por transformações físicas e químicas. A maioria dos mamíferos mastiga o alimento. Tal feito permite sua redução, umidificação e, em alguns casos, o contato com enzimas digestivas presentes pela saliva (ptialina), que são responsáveis pela transformação de glicogênio e amido em maltose. Segundo os fabricantes, essa enzima não causa nenhum tipo de efeito colateral e pode ser consumida diariamente por todos os que sofrem de intolerância à lactose. No entanto, o recomendado é sempre buscar por uma indicação médica antes de fazer o exercício de medicação ou mesmo suplementação. Quantos Comprimidos de Lactase São capazes de Ser Consumidos Por Dia?

Como a intolerância se dá pela incapacidade do organismo digerir a lactose você também podes optar por tomar suplementos de lactase ou probióticos. Para saber qual o suplemento indicado para o teu caso, consulte um médico e pergunte as opções. Os chás são uma maravilha pra nossa saúde. No caso da intolerância à lactose eles conseguem ser grandes aliados pro alívio dos sintomas. A alergia à lactose, que é o defeito em processar a proteína do leite, é bem mais rara do que a intolerância. Ela afeta só 2 por cento dos adultos, de acordo com a alergologista Loraine Landgraf. “Entre crianças até os 3 anos de idade, a alergia pode atingir de seis por cento a oito por cento delas, entretanto o quadro pode ser revertido pelo corpo humano com o atravessar do tempo”, explica Loraine.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/