Comentarios de lectores/as

Lactaid, Meu Santo Conhecido!

Alícia Cavalcanti (2018-09-21)


Cada vez existem mais pessoas que acham que sofrem de intolerância à lactose, no entanto nunca fica suficientemente claro o que é a lactose e por que acontece a intolerância à lactose. O Que É a Lactose? A lactose é um hidrato de carbono (açúcar) está presente no leite, desse modo, que também é conhecida com o nome de açúcar do leite. Os gases liberados por esse procedimento causam os desconfortos digestivos. Normalmente, as dores e complicações aparecem de 30 minutos a duas horas após a ingestão dos alimentos com lactose, mas este intervalo poderá variar conforme a quantidade consumida e o corpo humano de cada pessoa. Ao perceber uma relação dos alimentos lácteos com os desconfortos gastrointestinais é preciso buscar um médico pra atestar o diagnóstico. O recém nascido retrata diarréia perigoso nas promeiras horas ou dias de existência, logo após inciar alimentação com leite materno ou leites substitutivos. O segundo tipo é muito comum em crianças principalmente no primeiro ano de existência e acontece devido à diarréia persistente. Depois de resolução do quadro infeccioso , persiste uma lesão da mucosa intestinal com perda de células produtoras de lactase, e com isso o sujeito fica com deficiência temporária da enzima até que ocorra a cicatrização da mucosa. Crianças pequenas apresentam com frequencia dermatite amoniacal . Estatisticamente, o terceiro tipo é o mais comum na população. Com o avançar da idade, existe a tendência natural à diminuição da geração da lactase.

suplementos alimentaresRecém lançada pelo Laboratório Apsen, a enzima digestiva LACTASE, prontamente está acessível no Brasil àqueles pacientes portadores de Intolerância à Lactose. A Intolerância à Lactose caracteriza-se pela incapacidade ( parcial ou total ) do indivíduo em digerir a lactose ( açúcar do leite ) por causa deficiência ou ausência da enzima intestinal chamada lactase. Esta afecção gera transtornos gastrointestinais e sistêmicos que limitam e cortam de sobremaneira a particularidade de vida destes pacientes. Uma vez diagnosticada e quantificada, o tratamento desta deficiência enzimática a toda a hora implica numa diminuição ou restrição do consumo de leite e derivados a final de se diminuir os sintomas. Para que pessoas não quer abrir mão dos alimentos lácteos, a opção consiste em consumir alimentos com nanico teor ou zero de lactose (leites, queijos, iogurtes) ou fazer uso de suplementação enzimática.

Esse problema quase sempre é hereditário. As reações alérgicas são capazes de haver de imediato depois da ingestão do agente alérgeno, ou conseguem ser retardadas e transportar dias pra aparecerem (o que em geral dificulta a identificação do agente agressor). Grupo dos pães, massas e cereais: Constatar se pela constituição dos pães e massas não incluam leite e seus derivados. A vaca era da raça gir leiteiro, que, segundo Aníbal Vercesi, pesquisador do Instituto de Zootecnia de São Paulo, pode fornecer leite sem ou com pouca proteína betacaseína tipo A1 (encontre infográfico). Isso tornaria o líquido mais saudável, ou melhor, com menos chances de causar problemas alimentares. Ele diz que uma parceria com a Unicamp acabou de ser fechada para promoção de mais estudos a respeito os efeitos nesse leite na saúde.

Esta doença não é a mesma coisa que alergia ao leite. A enzima lactase é uma medicamento enzima lactase produzida pela parede interna do intestino delgado. Essa enzima quebra a lactose em dois açúcares descomplicado: glicose e galactose. Ambos os açúcares são mais rápido absorvidos no intestino delgado. Se alguém não tem lactase suficiente, o intestino delgado só poderá digerir uma pequena quantidade de lactose. A lactose não digerida atinge o cólon onde é fermentada pela flora bacteriana. Uma deficiência de lactase é geralmente causador da intolerância à lactose.

↑ SOLÉ, Dirceu. «Consenso Brasileiro sobre isso Alergia Alimentar» (PDF). Revista Brasileira de Alergia e Imunopatologia. ↑ MATTAR, Rejane; MAZO, Daniel Ferraz. «Intolerância à lactose: mudança de modelos com a biologia molecular» (PDF). Rev Assoc Med Bras. ↑ MEDEIROS, Lilian C. S. «Ingestão de nutrientes e estado nutricional de crianças em dieta isenta de leite de vaca e derivados» (PDF). Jornal de Pediatria. pp. A família era acostumada a consumir pão, bolo caseiro, pizza, sorvete. Hoje, todos os quitutes permanecem no cardápio, porém quem cria é a própria culinarista. Jaqueline buscou socorro pela internet, com médicos, nutricionistas, fez amizades com novas mães de crianças com alergia alimentar e descobriu que o defeito é comum. Ela resolveu falar sobre este tema o entendimento adquirido e construiu a página "Alérgicos Saudáveis" no Facebook, com sugestões sobre isso restrição alimentar e receitas. Neste momento para os que não possuem acesso à web, Jaqueline lançou um livro com novas mães, com receitas construídas principlamente para a ceia natalina. Procure pelas versões que não contenham leite em sua composição , aconselha a nutricionista para driblar a intolerância. Apesar de serem causadas pelo mesmo alimento e apresentarem sintomas aproximados, a intolerância à lactose e a alergia ao leite são patologias distintas. A intolerância à lactose acontece quando, por algum motivo, o corpo não produz a quantidade bastante da enzima lactase , lembra Karina. Imediatamente a alergia ao leite de vaca é provocada pelas proteínas (presentes no leite , completa.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/