Comentarios de lectores/as

Intolerância à Lactose

Alícia Fernandes (2018-09-20)


Isto ocorre só no momento em que, próximo com a diminuição, vier a inclusão de outros alimentos ricos em nutrientes. A indicação para a lactose não é muito distinto. Se a pessoa não tiver uma sensibilidade muito grande ou quadro alérgico, não é necessário suprimir o leite e seus derivados por completo da alimentação. Não obstante, o excedente de protease podes acarretar certos prejuízos, como pequeno volume, textura grosseira e alteração da cor do miolo. Pra que as enzimas tenham um ótimo rendimento é primordial ver os fatores que influenciam sua atividade. Os mais sérias são temperatura, pH e tempo. A atividade enzimática é influenciada principalmente na temperatura, pH e tempo. Pra produzir um queijo do tamanho tradicional, com peso de em torno de um quilo, são utilizados mais um menos 9 litros de leite integral de rebanhos leiteiros selecionados. Após a ordenha, o leite é filtrado e destinado a tanques de resfriamento, preservando e conservando tuas qualidades originais. É coletado estrada "veículo tanque" e destinado para indústria onde será novamente filtrado e pasteurizado (tratamento por meio do calor que visa conservar as características originais e a segurança alimentar). Todo produto lácteo necessita ser montado a começar por leite pasteurizado; o leite não pasteurizado, quer dizer o leite "cru" é um importante automóvel de transmissão de doenças, desse jeito não precisa ser consumido.

comprimidos de lactaseA oferta destes no mercado tem crescido extremamente e está cada vez menos difícil de achar", lembra a nutricionista Edvânia Soares, filha de Terezinha e Benigno, da Estima Nutrição. Vale olhar que não é para pegar o leite e derivados e sim a lactose. Outra dica intrigante da profissional é tentar ao máximo preparar as refeições em moradia, em razão de num restaurante é mais difícil localizar o que foi feito ou não com lactose. "É mais confiável e fornece com finalidade de diversificar o sabor das comidas". Qual o teste recomendado pra fazer referente a alergia alimentar.? Esta técnica não dá certo para a Intolerância à lactose pelo motivo de o problema dele é a inexistência de geração da enzima digestiva da lactose, ok? Bom dia, Dr. Paulo! Escrevi um e-mail a um tempo atrás, no entanto não tive sucesso, finalizei marcando uma consulta com vc em dezembro dia dezenove, mas tenho receio de que esteja errando de novo pela especialidade do médico.

Essa incapacidade resulta da inexistência de quantidade bastante de uma enzima (lactase enzima) no interior das dobras do intestino. Nas pessoas alérgicas, a lactose continua dentro do intestino e chega ao intestino grosso, onde é fermentada por bactérias, produzindo ácido lático e gases. Os sintomas de quem sofre com intolerância à lactose são dores abdominais, diarréia e até vômitos. Uma vez diagnosticada a alergia a lactose, o alimento deve ser eliminado da alimentação. Qualquer um precisará estudar com a experiência. Não esquecer que a maioria dos bolos, qualquer pão e outros produtos contêm lactose. A lactase existe comercializada em líquido ou comprimidos. Algumas gotas de lactase acrescentadas a um copo de leite, cortam em 24 horas, a lactose do leite em 70%. Os iogurtes e o queijo são geralmente bem tolerados. No mercado existe leite quase sem lactose, como os citados acima. Intolerância à lactose poderá surgir em qualquer idade. Ao longo da amamentação, a atividade da lactase no intestino é alta, no entanto declina naturalmente após o desmame. "Quando ocorre a inexistência dessa enzima, a lactose, que é uma legal referência de energia pros micro-organismos do cólon, é fermentada com ácido láctico, metano e gás hidrogênio. O gás produzido cria uma sensação de desconforto por distensão intestinal e flatulên¬cia. O ácido láctico produzido pelos microorganismos puxa água para o intestino, como esta de a lactose não digerida, tornando em diarreia. Pessoas com esses distúrbios são consideradas intolerantes à lactose", explica a nutricionista Kimielle Cristina Silva Consultora Técnica da Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde (CGAN/DAB/SAS/MS). De acordo com a nutricionista, há 3 tipos de intolerância a lactose: a congênita é a mais rara, onde o bebê neste momento nasce com deficiência na lactase, tendo diarreia quando amamentado ou ao ingerir produtos a apoio de lactose.

Coco e abacate são frutas com baixo teor de carboidratos e alto percentual de gorduras do bem. Desse jeito, podem e precisam ser incluídas no cardápio. As demais frutas necessitam ser consumidas com moderação, principalmente por quem deseja perder peso. ➡ Frutas com níveis moderados de açúcar: ameixa, melão, pêssego e nectarina, laranja, mexerica / tangerina, maçã, pera e mamão. ➡ Frutas com níveis altos de açúcar: banana, caqui, figo, uva, manga, abacaxi e melancia. A biomassa de banana verde é a queridinha do instante pelas propriedades nutricionais. É considerada um prebiótico, por conter alto teor de amido resistente, isto é, ela serve como alimento para os micro-organismos do bem que vivem em nosso intestino, estimulando o seu desenvolvimento e robustecimento. Nos mais leves, mudanças de costume ajudam a ter uma vida saudável, como ensina a nutricionista Paula Castilho. Veja quais transformações pela alimentação você pode fazer pra encerrar com o incômodo. Experimente produtos com rótulos que dizem conter "culturas ativas". Eles possuem bactérias que não realizam mal e auxiliam pela digestão da lactose. Os tipos cheddar e parmesão, tendo como exemplo, contêm pouca lactose - quando comparados aos mais pastosos. Se fizer muita charada de tomar leite, beba meia xícara no café da manhã ou meia no jantar.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/