Comentarios de lectores/as

Chocolate Sem Lactose: Dez Chocolates Sem Lactose

Pedro Benício Martins (2018-09-20)


Hipolactasia Primária A Lactose é o açúcar presente no leite, que quando consumido é transformado em energia (glicose) pela ação da enzima lactase-florizina hidrolase (LPH). 1 - Deficiência Primária de Lactase ou Hipolactasia Primária: É o tipo de deficiência mais comum na população. Conforme o avanço da idade, há a perda na geração da lactase. Isto acontece em consequência a redução da frase do gene LCT que codifica a enzima lactase. O quadro clínico se inicia a partir dos dois ou três anos de idade. Desse modo, surge a alergia à lactose. Diversos sequer sabem que têm alergia, pois não relacionam os sintomas a este defeito. Mesmo que possa ser difícil para você, é respeitável parar o consumo de leite. Ainda que ele seja uma excelente fonte de nutrientes, ele não é necessário pra nossa vida e tais substâncias benéficas ao corpo podem ser encontradas em outros alimentos (como brócolis, ovos, feijão, salmão e fígado). Seguindo o jeito das reações químicas, a velocidade da atividade enzimática se intensifica quando se aumenta a temperatura. Não obstante, a velocidade da reação aumenta até um máximo, depois de determinada temperatura a velocidade declina muito rapidamente, mesmo aumentando a temperatura. Isso ocorre por que a infraestrutura tridimensional das enzimas se rompe, impossibilitando-a de formar o complexo enzima-substrato.

alimentos funcionaisPor trás nesse procedimento está uma enzima, a lactase. Tudo isso ocorre lá nas bandas do intestino. Bem-EstarO leite desnatado é uma opção melhor pro intolerante à lactose? Entretanto, e a tal da intolerância? Ela aparece propriamente no momento em que o corpo não produz a lactase em quantidade suficiente pra dar conta de toda a lactose ingerida. A intolerância à lactose - açúcar do leite, que bem como está presente em derivados, como queijos, iogurtes, requeijões e cremes de leite - razão dificuldades a até 70% dos adultos no Brasil. Quanto mais idade a pessoa tem, mais chance de ela começar a ter intolerância a este composto. O problema ocorre visto que é preciso que o organismo tenha a enzima lactase para digerir esse açúcar, todavia, nos adultos, ela pode apagar e até já parar de ser produzida pelo corpo humano. Pensei no teste Vegatest,o Sr acha que no caso dela seria viavel? O Sr. consegue me dar uma claridade do que poderia ser? O mais provável é que possa ser alergia por leite de vaca e seus derivados. O Vegatest só é possível de ser praticado em crianças com mais de 5 anos e que aceitem fazer o check-up sem estarem no colo da mãe.

Depois de identificada a intolerância e sabendo a começar por que quantidade de laticínios o seu intestino reclama, é possível lançar mão daquilo que os especialistas chamam de reposição enzimática com lactase exógena. Essa expressão quase perturbadora significa engolir cápsulas da enzima apto de quebrar o tal açúcar no corpo. Veja mais: A intolerância à lactose é pra existência inteira? Estes produtos — que não são considerados remédios, mas suplementos alimentares nutricionais— são usados pelos intolerantes antes da ingestão de alimentos lácteos em dose suficiente pra causar rebuliço pela barriga. Neste instante citamos nas páginas anteriores que a Intolerância Alimentar é diferente da Alergia Alimentar e neste momento vamos comprovar quais são estas diferenças. Como de imediato vimos, a Alergia Alimentar ocorre no momento em que o sistema de defesa do organismo (sistema imune) reconhece uma substância alimentar como perigosa para o corpo. Os alimentos freqüentemente envolvidos na alergia alimentar são os que possuem grande teor de proteína, principalmente os de origem vegetal e marinha.

A estudante de nutrição Monalisa Cavallaro, vinte e sete, sofreu durante 3 anos com crises de diarreia, angústia abdominal, enjoos e fragilidade antes de ter o diagnóstico que mudou radicalmente a tua rotina alimentar: sofria de intolerância à lactose. O mal, que acomete até 50% da população adulta, segundo estudos, é caracterizado na falta da enzima lactase no corpo, causador da digestão da lactose, o açúcar presente no leite. A advogada Renata Martins Fialdini, passou por drama semelhante, só que com tua filha, Maria Eduarda, hoje com seis anos. Você também podes buscar produtos com lactose reduzida, cada vez mais disponíveis nas prateleiras dos supermercados nas grandes cidades. Todavia só troque o leite da guria após discutir com o pediatra, por causa de na maioria das vezes o leite com lactose reduzida não é integral, a versão recomendada para crianças pequenas.

Intolerância à lactose atinge até setenta por cento dos adultos brasileiros. Intolerância à Lactose é a incapacidade de aproveitamento, pelo corpo, da lactose, açúcar do leite. A lactose está presente no leite animal ou derivados (laticínios), e tua intolerância produz mudanças abdominais, no mais das vezes, diarreia, que é mais evidente nas primeiras horas seguintes ao seu consumo. Mas, fazê-la é extremamente descomplicado, podendo ser misturada a frutas, mel e cereais e usada no preparo das receitas que tradicionalmente levam leite ou iogurte. COMO Preparar O KEFIR - Colocamos o fungo do Kefir num vidro com um litro de água e dois colheres de açúcar mascavo, preto ou mel de rapadura, melado e deixamos descansar durante doze até, no máximo, 24 horas. Todo dia retira-se a água e coloca-se pela geladeira e bebe-se todo o tema durante o dia. Há alguma demonstração prática da atuação de enzimas ? Sim. Pegue um abacaxi fresco, e um recipiente com gelatina comum. Corte uma fatia do abacaxi e coloque-a em cima da gelatina. Observe o que ocorre. Outras embalagens de gelatina recomendam explicitamente não misturar com abacaxi. O abacaxi contém enzimas que decompõem as proteínas da gelatina. Segundo o Dr. Edward Howell, o primeiro pesquisador das enzimas, "as enzimas são substancias que tornam a vida possível. São necessários pra todas as reações químicas que ocorrem no corpo. Sem enzimas nenhuma atividade alguma vez aconteceria. Temos uma reserva de enzimas limitada o que nos leva a morrer no momento em que as enzimas acabam. Se comermos alimentos crus evitamos a destruição das enzimas que a comida contem facilitando deste modo a digestão e evitando gastar as nossas próprias reservas.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/