Comentarios de lectores/as

Inchaço, Gases E Cólica: Descubra Se Você Tem Intolerância à Lactose E Como Tratar

Alícia Fernandes (2018-09-18)


Só que aí novos concorrentes quiseram entrar desse nicho de mercado, e pra se diferenciar lançaram o zero. E aí pronto: os de noventa por cento saem de linha e viram zero também. Segundo o Jaime, a indústria faz testes em demonstrações de leite de imediato envasado antes de enviar os lotes ao comércio pra se certificar de que o leite está seguro remedio para quem tem intolerância a lactose o consumo e de fato isento de lactose. Antes de achar o Jaime, que me explicou tudo isso, eu procurei o SAC de um dos fabricantes.

suplementos alimentaresPodemos manifestar que a lactase é a melhor possibilidade para um ótimo grupo de pacientes com intolerância a lactose. Qualquer pessoa, de cada idade, que sofra de intolerância à lactose pode se ajudar com a lactase. Outra forma de aliviar os sintomas da intolerância é ingerir leite com baixa lactose ou que tenha a lactase adicionada ao respectivo leite.

A lactose, tal como outros compostos bioquímicos, como aminoácidos, proteínas e peptídeos, no momento em que submetida a um tratamento térmico (cozimento) passa por um recurso químico denominado de reação de Maillard. A reação de Maillard foi descrita na primeira vez no ano de 1912 pelo químico francês Louis-Camille Maillard. Nessa reação, compostos que possuem grupo amina (peptídeos, aminoácidos e proteínas) interagem com agentes redutores (como a lactase) pela presença de calor, formando polímeros denominados de melanoidinas, os quais conferem ao objeto um semblante escuro. Quando esse tipo de iogurte entra no intestino, as culturas de bactérias convertem a lactose a ácido láctico, dessa maneira, o iogurte poderá ser bem tolerado devido ao seu insuficiente conteúdo em lactose do que os iogurtes sem culturas vivas. Iogurtes congelados não contêm culturas de bactérias, portanto eles podem não ser bem tolerados. O cálcio é absorvido e usado no corpo apenas quando a quantidade bastante de vitamina D está presente. Várias pessoas com intolerância à lactose conseguem não ter obtido a quantidade sufiente de vitamina D. Esta provém de referências alimentares como o ovo, fígado, leite fortificado com vitamina D e iogurte.

A esse respeito, analise as assertivas e marque as corretas. I. A hipófise tem origem embrionária dupla: uma parte tem origem nervosa (hipófise posterior) e outra ectodérmica (hipófise anterior) e mostra um íntimo relacionamento com o hipotálamo. II. A medula da glândula suprarrenal tem origem no neuroectoderma e esta mostra neurônios pósganglioanares simpáticos e produzem as catecolaminas. III. Em casos de queda da pressão nas artérias, a ativação do sistema renina-angiotensina estimula a liberação de aldosterona pelo córtex da suprarrenal e dessa forma promove a reabsorção de sódio nos túbulos renais. IV. O pâncreas é uma glândula mista, secretando hormônios que são lançados diretamente pela corrente circulatória e no suco pancreático que percorre um trajeto até desembocar no duodeno. No mundo da alimentação saudável, o glúten e a lactose são os vilões da vez. A maioria das pessoas que opta por uma rotina sem os 2 ingredientes garante que conseguiu diminuir medidas, sentiu-se menos inchada e com intestino funcionando melhor. Desta maneira, é verdade que a "dieta" dá certo? O glúten é uma proteína presente no trigo, centeio, cevada, malte. Nas receitas, ele é o responsável por oferecer elasticidade às massas.

Os resultados, que acabam de ser publicados na revista Nature Genetics, revelaram a presença de 3 mutações distintas no mesmo fragmento da molécula de DNA em que acontece aquela diagnosticada nos europeus do norte. Em seus portadores, a ingestão de leite era acompanhada por aumento das taxas de açúcar no sangue, demonstração indireta da perícia de digerir lactose. As mutações descritas foram detectadas em frequências variáveis nos africanos testados; a maioria deles apresentava só uma, entretanto outros chegavam a ter duas e até mesmo as 3. Por intervenção de técnicas de análise comparativa de DNA, os geneticistas calcularam que essas variações surgiram no continente africano num período de 3.000 a 7.000 anos atrás. Seus portadores levaram tanta vantagem nutricional e reprodutiva que elas se disseminaram mais rápido pela população, no melhor modo darwinista. Café, chocolate e leite em pó (com lactase). Tem 84 calorias, quatrorze g de carboidrato, dois,quatro g de proteína e um,nove g de gordura em dois colheres (sopa). Bebida com amêndoa, tâmara, cacau e pimenta-caiena. A garrafinha (320 ml) reúne 224 calorias, 21 g de carboidrato, 2,quatro g de proteína e 5,2 g de gordura.

Quando mamíferos são filhotes, eles produzem uma enzima chamada lactase para ajudar a digerir a lactose do leite materno. Portanto que esses bebês crescem, o leite deixa de ser uma opção de alimento e a enzima não é mais necessária, deste jeito mamíferos adultos geralmente param de produzi-la. Um terço dos seres humanos, porém, continua produzindo a enzima durante toda a vida, o que significa que são tolerantes à lactose após a infância. Intolerância à lactose é o nome que se fornece à incapacidade parcial ou completa de digerir o açúcar existente no leite e seus derivados. A alergia às proteínas do leite de vaca atinge por volta de uma em cada vinte crianças lactentes, entretanto também atingem adultos. Ela pode se revelar por intermédio de lesões pela pele com coceira e inchaço, diarreia ou vômitos, anafilaxia e, duvidosamente, por sintomas respiratórios como chiado no peito, tosse e espirros.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/