Comentarios de lectores/as

Ingerir é Poder

Alícia Fernandes (2018-09-18)


Fiz um artigo sobre isso por aqui,contando como foi quando eu achei a intolerância. Hoje vejo como fração de quem eu sou. O ser humano é super adaptável, e é que show hein descobrir o que te faz mal e o que te faz bem né? Existem tantas coisas piores, que me sinto bastante sortuda de ter apenas uma pequena intolerância! A alergia tardia ao leite de vaca é a mais comum e, por causa de seus sintomas aparecerem muito tempo após o consumo do alimento, tem teu diagnóstico extremamente dificultado. A albumina, proteína do ovo, é utilizada em marshmallows, comidas congeladas e algumas misturas para alimentos. A clara bem como está entre os principais alimentos alérgenos. O glúten presente nesses alimentos funcionais podes causar alergia a crianças portadoras de doença celíaca. O peixe estragado dá altos teores de histamina (que causa reação alérgica intensa), mesmo antes que haja alteração do sabor.

suplementos alimentaresOutro "erro" comum e que neste momento vi que ocorre com todo intolerante novato é correr para a soja. Agora falei dela também neste local nessa postagem, e gente, só parem com isso. Ela é altamente alergênica e o consumo em excedente pode causar sensibilidade. Além do mais, a soja libera hormônios femininos, o que não é curioso para os meninos. As melhores formas de consumo dela são: missô, tofu, tempeh e o shoyo, pela versão macrobiótica. Espero que sim. Eu fiz bastante coisa errada logo que encontrei a intolerância e sofri as consequências. Optar pelo caminho mais curto/descomplicado, não é sempre que é o melhor. Refletir em saúde, a todo o momento em primeiro espaço! No domingo ainda estava um pouco inchada. Na segunda-feira, um pouco indisposta. E na terça-feira, finalmente bem. O efeito desta experiência: lactase é mesmo excelente. Porém o perfeito é ser utilizada em alguns momentos, como almoços e jantares fora de casa. É pra matar aquela vontade de ingerir algo que a gente fica longo tempo sem comer. Entretanto é mais complicado de gerenciar no momento em que você passa o dia todo fora comendo lactose.

Você sabe a diferença entre a alergia à proteína leite e a intolerância à lactose? A intolerância à lactose é a incapacidade do corpo humano digerir essa substância conhecida como o "açúcar do leite", com isso acontece uma reação exacerbada do corpo humano quando entra em contato com a lactose. Essa incapacidade de digerir a lactose se necessita a ausência total ou parcial de uma enzima especializada nesta ação, a lactase, encontrada pela parede do intestino delgado. O Doutor Howell efetuou experiências em ratos em que um grupo comia carne crua e vegetais e sementes crus e o outro grupo comia o mesmo entretanto cozido. Conclusão, ambos os grupos viviam praticamente o mesmo tempo o que surpreendeu o médico. Os ratos de ambos os grupos viveram em torno de 3 anos.

Observações feitas na África demonstraram que as girafas que atingem alturas de 4 a cinco metros, geralmente se alimentam de folhas a três metros do solo. O pescoço comprido é usado como uma arma nos combates organismo a corpo pelos machos pela disputa por fêmeas. As fêmeas bem como preferem acasalar com machos de pescoço enorme. Esses pesquisadores argumentam que o pescoço da girafa ficou grande devido à seleção sexual; machos com pescoços mais compridos deixavam mais descendentes do que machos com pescoços mais curtos. Tendo em visão o pH ácido no ambiente estomacal, a AMILASE SALIVAR é inativada. O estômago é o primeiro ambiente onde as proteínas são "atacadas" bioquimicamente. O lugar para esse processo necessita ser ácido, e pra esta finalidade, o estômago bem como diminui ácido clorídrico pro interior da mucosa gástrica, diminuindo ainda mais o pH. Não existe um reconhecimento adequado dos sintomas causados neste processo e a maioria das pessoas não sabem que a possuem. Não há números oficiais a respeito da tua predominância, mas pelos seus sintomas, oferece para notar que ela acomete boa quota da população mundial. A identificação dessa hipersensibilidade também é nutricional, que geralmente ela é desencadeada por erros de modo alimentar, como o alto consumo dos alimentos a base de trigo e o baixo consumo de alimentos protetores, que defenderiam o organismo. Os hábitos errados desencadeiam muitos sintomas nocivos, que normalmente são decorrentes de processos inflamatórios. Essa avaliação é feita a partir da observação dos sintomas apresentados e do estudo do vício alimentar do paciente.

Os sintomas da intolerante à lactose são pouco específicos e podem passar-se em uma diversidade de doenças gastrointestinais, principalmente nas gastroenterites agudas. Se você se sentir mal após beber um copo de leite uma vez, não necessariamente você tem intolerância à lactose. Porém, se você se constatar mal toda vez que bebe leite (ou cada laticínio) a intolerância à lactose deve ser suspeitada.

Mas eu tinha outra: por que antes os leites tinham 90 por cento menos lactose, e prontamente tudo que eu encontro no mercado são leites zero lactose? De acordo com o engenheiro químico Jaime Dietrich, da Globalfoods (distribuidora de lactase holandesa, entre outros insumos da indústria de alimentos), era perfeitamente possível os laticínios terem feito leites zero lactose desde o início. No entanto, talvez, num primeiro momento, com o intuito de não ter de aguardar mais que trinta horas, a pioneira neste mercado tenha decidido parar nos 90%. E a concorrência foi atrás.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/