Comentarios de lectores/as

O Portal Do Estudante

Alícia Fernandes (2018-09-18)


Os teores de lactose nos leites de vaca, cabra, búfala e ovelha são bastante semelhantes. Necessita-se ver que pães e biscoitos contêm soro de leite em sua composição e que a lactose bem como é utilizada como veículo de numerosos medicamentos na indústria farmacêutica, por exemplo. Por conta disso, mesmo com uma dieta baseada em alimentos funcionais com baixo teor de lactose, precisa-se prestar atenção em tudo que se consome. Mas tenha em mente de que é muito improvável que um moço tenha intolerância à lactose. Sempre converse com o médico antes de mudar a alimentação da criança. E tenha em mente que a intolerância à lactose é diferenciado da alergia. Na alergia, a reação acontece a cada contato com a substância. Alopecia é o termo técnico designado pra cada maneira de perda de cabelo. Grande quantidade de fatores podem precipitá-la, e a situação permanece vagamente compreendida do ponto de visibilidade científico. O que podes ser feito caso se perceba ligação da queda de cabelo com a intolerância à lactose? Se o indivíduo perceber queda de cabelo combinada com intolerância à lactose, ou quaisquer dificuldades de digestão de produtos lácteos, vale buscar um especialista pra uma investigação minuciosa.

alimentos funcionaisPatofisiologia da Intolerância à lactose. ATP. Este dispositivo é utilizado por ter superior afinidade com D-glicose e D-galactose. Equipamento de aproveitamento de monossacarídeos no intestino. Na ausência da β-D-galactosidase, a lactose, por ser uma escolha energética para os microorganismos do cólon é fermentada, um modo de metabolismo anaeróbico que tem como subprodutos, ácido lático, metano (CH4) e gás hidrogênio (H2). O acúmulo dos gases circunstância distensão intestinal e flatulência. O ácido lático produzido pelos microorganismos é osmoticamente ativo e aumenta a absorção de H2O no intestino, assim como este a lactose não digerida, convertendo em diarréia. BERNE, R. M. Fisiologia. PEREIRA, G. A. P.Intolerância à lactose e tuas consequências no metabolismo do cálcio.

Na sexta-feira, autoridades de Bruxelas informaram que um homem belga tornou-se a primeira morte conhecida provocada pela bactéria NDM-um. O homem, que não teve sua identidade divulgada, tinha sido hospitalizado no Paquistão pra tratar um ferimento pela perna causado por um acontecimento de automóvel, e morreu após ser repatriado a um hospital na Bélgica. Reserve. Pique a rúcula e reserve também. Doure o alho e a cebola no azeite. Acrescente as azeitonas pretas, o suco de tomate e o sal. Misture bem e cozinhe por cinco minutos em fogo miúdo, acrescente o tofu temperado, mexa levemente e desligue o fogo. Cubra a massa com o molho e acrescente por último a rúcula picada, regando com um fio de azeite e uma pitada de sal marinho.

A dieta para a intolerância à lactose baseia-se pela redução do consumo ou exclusão dos alimentos que contêm lactose, como leite e seus derivados. Escoltar a dieta sem lactose faz desaparecer os sintomas da intolerância à lactose como diarreia ou dores abdominais. A exclusão dos alimentos com lactose da dieta é o melhor tratamento pra o problema. O checape é chatinho, vai em jejum pegar sangue, depois toma um copo de lactose pura e tira mais sangue de meia e meia hora, mais 3 vezes. O resultado deu uns valores quase aproximados, pensei eu "não possuo intolerância, tinha era verme mesmo. Os números quase não mudaram! Oba". Só que para quem não tem intolerância estes números variam e extremamente! Ao oposto da doença celíaca, que é a alergia ao glúten, a intolerância à lactose pode não causar cada sintoma ao paciente. Caso ele sinta desconforto e mesmo assim continue comendo produtos com lactose, o máximo que irá acontecer é o incômodo não ir. Não há cada complicação crítico em continuar comendo a lactose. Existem acessíveis medicamentos feitos com lactase que estão indicados em certos casos. Cabe relembrar que ao impossibilitar o leite e seus derivados precisamos estar atentos a quantidade de cálcio e vitamina D pela dieta, cabendo a direção de um nutricionista.

Pela fermentação, bactérias quebram os açúcares do leite, facilitando a digestão. No entanto essas bactérias cobram um valor: uma boa parcela das calorias do alimento é consumida por elas. Desse modo, as pessoas que viviam em um lugar com pouca oferta de alimento conseguiam consumir mais calorias se tomassem o leite sem ter de fermentá-lo. Quem tivesse acesso a vacas, ovelhas, cabras ou camelos consumia mais energia e se saía melhor que aqueles adultos que não conseguiam digerir este alimento.

Prefiro fazer deste modo dado que mesmo que haja a enzima lactase que desejamos tomar, dizem que o organismo vai acostumando com ela, pois é ótimo não exagerar. Como sou muito intolerante, as vezes nem ao menos a enzima funciona. Logo é super importante vocês falarem com um médico para solicitar as orientações corretas, tá? Molhos e coberturas: molhos pra salada, molhos de queijo, manteiga e patês também podem conter lactose. Normalmente, a manteiga retém uma quantidade pequeno de lactose e podes ser uma alternativa, desde que consumida com moderação. Legumes: Matérias-primas vegetais não contêm lactose se não forem preparadas com produtos lácteos. Porém atenção: gratinados, pratos de legumes fatiados, vegetais com creme, pratos de vegetais cozidos são capazes de conter ou utilizar lactose nos ingredientes. Os tubérculos e raízes, em geral, precisam ser evitados, principalmente por aqueles que devem emagrecer. Pra aqueles que agora estão com o peso adequado, podes ser liberado o consumo ocasional, mas não precisam fazer divisão do cardápio diário. Exemplos: batata, batata-açucarado, mandioca, cará/inhame, mandioquinha/batata-baroa/cenourinha-amarela. Neste momento ressaltei acima, todavia vale repetir. O consumo de leite e queijos brancos precisa ser limitado por aqueles que necessitam perder calorias, pois contêm açúcar na forma de lactose, mesmo os desnatados e aqueles denominados "sem lactose". Deve-se apagar refrigerantes, sucos de caixinha, bebidas energéticas e isotônicos. São recheados de açúcar e de aditivos químicos. Nem sequer mesmo os refrigerantes light, zero ou sem açúcar necessitam ser consumidos.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/