Comentarios de lectores/as

Como Tirar A Lactose Do Leite E De Outros Alimentos

Daniel Santos (2018-09-17)


alimentos funcionaisFantástico tudo que li! Minha filha tem dois anos e seis meses e tem asma. Só que ja começamos tratamento pra essa doença. A mais de dois meses ela tem uma tosse bastante persistente e que notei que piora bastante depois que ela se alimenta com quase qualquer coisa que coma,até vomitar. O que pouca gente domina é que, independente das variações climáticas, as alergias conseguem ser tratadas e viver sem elas garante bem mais qualidade de vida a quem sofre desse mal. O alergista Paulo Buainain explica que a quantidade de alérgicos bem como cresceu durante o tempo, já que nos dias de hoje consomem-se mais alimentos industrializados, que contém conservantes e acidulantes, que são potencialmente alergênicos. A rotina moderna, inclusive, reduziu as áreas das residências e o contato com os animais de estimação aumentou. Ademais, o ar condicionado ganhou inmensuráveis cômodos, particulares e públicos. Uma das vilãs mais propagadas ultimamente é a lactose, todavia é agradável afirmar diferenças entre alergia e intolerância, lembra o alergista. Será que o meu caso o Vegatest poderia dectar alguma alergia ? A vacina da terapia ativada podes acudir? Minha filha esta com uma alergia (urticária), agora esta inchando e com ematomas no organismo, fiz dois exames o de sangue RAST e o prick Test. Prontamente preciso fazer mais 2 exames alergicos , um é o PATCH TEST (contato): Quarenta e oito hs alimentos, e o outro é PRICK TO PRICK:in natura Alimentos Classicos Infantis.

Era um jantar e a lactose estava presente no prato principal (risotos com queijo) e pela sobremesa (fundue de chocolate com frutas). Porém, o pai da minha amiga tem Intolerância à Lactose há anos e desse modo tem um estoque considerável de remedio lactase em moradia. Como a minha amiga agora havia comentado com ele, ganhei 2 comprimidos de lactase para tomar antes do jantar. Comi o jantar, o fundue e até o bolo de aniversário sem ir mal. As calorias disponíveis nesses alimentos só puderam ser aproveitadas em razão de no genoma humano surgiram múltiplas cópias do gene AMY1, causador da produção de amilase pela saliva, enzima primordial para a digestão dos açúcares. Outro modelo é o gene LCT, responsável pela produção da lactase, enzima encarregada da digestão da lactose, o açúcar do leite que os mamíferos digerem bem somente na infância. Mutações no genoma humano ocorridas há 9 1000 anos, produziram versões de LCT que tornaram possível a digestão de leite assim como pela vida adulta, ampliando as promessas de sobrevivência em tempos de penúria. Caranguejo, lagosta e camarão podem provocar reações enérgicas de alergia. Pela China, a título de exemplo, situações alérgicas pela ingestão de camarão são as mais comuns. A reação alérgica a tomate está normalmente associada ao uso extremamente frequente deste alimento na dieta. Pessoas alérgicas a frutas cítricas conseguem facilmente apresentar carência de vitamina C. Por esse caso, é necessário recorrer a uma fonte suplementar desta vitamina. A sensibilidade a estes alérgenos é facilmente identificada.

Já, convenhamos que inúmeras preparações a base de leite são bem saborosas, fazendo com que a retirada completa desse alimento da dieta torne-se bem sacrificante. Visualizando-se em vista disso, em se tratando de praticantes de atividade física sem ambição competitiva, defendo o uso moderado do leite de vaca dando preferência a seus derivados, por exemplo queijos e iogurtes, devido à presença de menores teores de lactose. Um outro sucessor bastante interessante para o leite de vaca seria o extrato solúvel de soja. Trata-se da ação da saliva sobre o assunto os alimentos e ocorre na boca. Se mastigarmos um miolinho de pão durante dois ou três minutos, ao final deste tempo sentiremos que o pão ficou adocicado. Os outros alimentos são apenas triturados, formando o bolo alimentar, e são engolidos. Tua digestão começa mais adiante. Ação: Transforma o amido nos açúcares chamados: Maltose e Glicose.

É um tipo de alergia? Alguns concluem que são alérgicos ao leite devido às reações que têm após ingerirem qualquer laticínio. Portanto qual é o diagnóstico? Segundo alguns alergistas, as verdadeiras alergias a alimentos são raras, afetando só entre 1% e dois por cento da população em geral. Essa estimativa aumenta um pouco quando se trata de crianças, contudo não chega a 8 por cento. Ainda que os sintomas da alergia e da intolerância à lactose sejam similares, há diferenças entre eles. Os sintomas de alergia alimentar aparecem quando teu sistema imunológico se defende — produzindo histamina — contra algo que você comeu ou bebeu. Alguns sintomas são inchaço dos lábios ou da língua, urticárias ou asma.

É a intolerância à lactose. Pra digerir este açúcar, o corpo precisa gerar uma enzima chamada lactase, que divide o açúcar do leite em glicose e galactose. A incapacidade de gerar a lactase poderá ser genética ou ocasionada por algum problema intestinal que a interrompe temporariamente. De acordo com Ricardo Barbuti, gastroenterologista afiliado da Federação Brasileira de Gastroenterologia, a inteligência de fornecer a lactase é geneticamente definida. — Quem tem a predisposição pra gerar menos enzimas, pela quantidade em que o tempo passa, vai perdendo a competência de digerir a lactose. Intolerância à lactose (açúcar do leite) é a deficiência da lactase, a enzima que quebra a lactose em açúcares mais claro pra que possam ser absorvidos pelo sistema digestivo. A atividade dessa enzima, presente ao nascimento, tende a minimizar em grande parcela da população a partir dos dois anos de vida com uma redução progressiva, geneticamente programada, que se completa, geralmente, com a puberdade.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/