Comentarios de lectores/as

Pra Que As Ruas Salvem

Alícia Fernandes (2018-09-17)


As pessoas podem imaginar que elas sofrem de intolerância à lactose já que elas têm sintomas digestivos; todavia, outras condições como a síndrome do intestino irritável podem causar sintomas similares. Depois de tomar a história clínica e fazer o checape físico, o médico pode propor primeiro a eliminacão da dieta da pessoa de todo o leite e derivados por um estágio curto pra ver de perto se os sintomas melhoram.

suplementos alimentaresLípase entérica Intolerância à lactose: pacientes com dificuldades hereditários raros de intolerância à galactose, deficiência de lactase Lapp ou má absorção de glucose-galactose não necessitam tomar este remédio. Doenças hepáticas: precisam ser efetuados ajustamentos de dose em pacientes com insuficiência renal. Recomenda-se a monitorização da função hepática, de forma especial no momento em que existe um histórico de infecção hepática viral concomitante ou quando o REVLIMID (lenalidomida) é combinado com remédios conhecidos por estarem associados com disfunção hepática. Pacientes recém-diagnosticados com mieloma múltiplo: os pacientes precisam ser cuidadosamente avaliados quanto à tua prática para tolerar REVLIMID (lenalidomida) em combinação, considerando a idade, estágio ISS III, ECOG PS?

A doença celíaca ou enteropatia por glúten é uma síndrome de má-absorção causada por danos ao vilos e microvilos intestinais decorrentes da hipersensibilidade ao glúten. Os vilos danificados assumem uma arquitetura anormal, levando à má-absorção. A primeira descrição dessa doença data de 1888 por Samuel Gee, que a denominou de mal celíaco (celiac affliction). Novas denominações pra doença celíaca são, esteatorréia idiopática e espru. A doença celíaca é uma doença intestinal causada por modificações imunológicas, que acontece em pessoas geneticamente predispostas. Tua incidência é de meio por cento a 1,0% da população geral. As lesões intestinais causadas pelo glúten (proteína presente no trigo) surgem com a ingestão de alimentos contendo essa proteína. Ocorre distúrbios da maturação das células epiteliais dos vilos, inflamação da mucosa do intestino delgado e perda de vilos em graus variados, processos cujo resultado desfecho é uma mucosa de semblante atrófico.

Basta bater ou adicionar, e pronto! Para ser absorvida pelo intestino, a lactose tem que ser quebrada em porções pequenos a partir da ação de uma enzima chamada lactase. Tal enzima fica na superfície da mucosa intestinal. Quando há deficiência da lactase, mesmo que parcial, as quantidades de lactose ingeridas por intermédio do leite não são hidrolisadas e permanecem intactas no intestino delgado, atraindo água para a região e provocando dores e edemas. A lactose não absorvida passa, portanto, pro intestino grosso. Ali é metabolizada pelas bactérias (fermentação), atraindo ainda mais água. O repercussão são mais dores, edemas, flatulência e diarréia, e também a digestão e a absorção de outros nu- trientes ficarem comprometidas. O tratamento para a dificuldade consiste em firmar a ingestão de lactose ao limite de tolerância do paciente. Quem podes ingerir o iogurte feito com kefir de leite? Apenas as pessoas que são intolerantes a lactose. Alérgicos nunca devem consumir nada que venha do leite, incluindo o kefir de leite. Aos alérgicos, o kefir indicado é o kefir de água ou tibico. Ao fermentar no leite, o kefir de leite consome a lactose e libera deste iogurte a lactase. Isso é vantajoso aos intolerantes, dado que essa lactase em capsulas contida no iogurte de kefir irá proteger teu organismo a digerir cada resquício de lactose restante no iogurte.

Pessoas intolerantes à lactose devem impedir o excesso do medicamento e modificar a dieta para se manterem saudáveis. Distúrbio digestivo que atinge em torno de 70% da população adulta, de acordo com estimativas médicas, a intolerância à lactose tem mudado a dieta de diversas pessoas. Caracterizado na incapacidade parcial ou completa de digerir o açúcar do leite e de seus derivados, o transtorno frequentemente é contornado com o emprego de cápsulas de lactase. O açúcar tem que ser o mascavo, por conter menos impurezas e conter mais nutrientes ( principalmente minerais) por causa de é menos processado. O preparado podes ser feito com AGUA ou no Leite de vaca, cabra, ovelha, búfala, égua e até de camela. Os grãos de Kefir multiplicam-se conforme vão sendo cultivados, por causa disso, são tradicionalmente doados e as orientações pra teu cultivo são passadas oralmente. O kefir poderá ser facilmente adquirido, contudo a bebida feita com ele não é encontrada em supermercados.

A enzima causador da degradação da lactose - a lactase - diminui a tua geração em 95 por cento após a amamentação. O trigo nunca foi ingerido pelo homem antes da agricultura (dez.000AC), porque é uma folha seca. Sobrecarrega o aparelho digestivo, cria bolo alimentar (incha) e é uma das causas da síndrome metabólica, que poderá conduzir à diabetes e obesidade. Eu só irei dividir aqui as dicas que funcionam para mim! Nos finais de semana, quando me libero para consumir alguma coisa com lactose, a todo o momento tomo a enzima lactase, pra colaborar na digestão. Existem alguns remedinhos que contém a enzima. Para quem vai viajar, ou conhece uma pessoa que vai, em qualquer farmácia americana é possível achar o Lactaid Fast Act. Basta tomar logo antes da primeira mordida do alimento com lactose, e pronto! O significativo é saber que se for MUITA lactose, é melhor tomar 2 comprimidos.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/