Comentarios de lectores/as

Intolerância à Lactose, Sintomas, Exames E Dieta

Alícia Fernandes (2018-09-17)


remedio para quem tem intolerância a lactoseO que é intolerância à lactose? Intolerância à lactose é a incapacidade parcial ou total para digerir a lactose, um açúcar localizado no leite e derivados. É causada por uma deficiência da enzima lactase, que é um produzida pelas células que recobrem o intestino delgado. A lactase transforma a lactose em duas formas mais descomplicado de açúcar denominadas glicose e galactose, as quais são, então, absorvidas pra corrente sanguínea. Nem sequer todas as pessoas com deficiência de lactase têm sintomas digestivos, no entanto aquelas que têm podem ter a intolerância à lactose. A maioria das pessoas com intolerância à lactose conseguem tolerar alguma quantidade de lactose em sua dieta. Aquelas com pescoço comprido são capazes de se alimentar de folhas inacessíveis às novas, e deixam, por isso, mais descendentes. Darwin, a girafa adquire o pescoço comprido com a sobrevivência diferencial de girafas. As girafas que esticam seus pescoços geram uma prole que imediatamente nasce com pescoço mais comprido e, cumulativamente, de um a outro lado das gerações, o pescoço, em média, se intensifica de tamanho.

Molhos pra salada, É o que acontece no momento em que se come bastante chocolate e, mesmo em vista disso, a toda a hora quer mais um pedacinho. Outros fatores ligados ao metabolismo colaboram pra este desejo por consumir besteiras. Nesse caso, o corpo humano de imediato tem gordura, no entanto não consegue consumí-la devido a do mal funcionamento hormonal. Para completar, os alimentos ricos em açúcar estimulam os receptores de bem-estar e entusiasmo momentâneo no cérebro.

Como a lactose é construída por alguns carboidratos (glicose e galactose), nas células, reage com o oxigênio no interior das mitocôndrias e forma gás carbônico, água e, principalmente, suplementos alimentares energia, que é usada nos mecanismos smartphones. A presença de lactose contribui a absorção de cálcio pelo corpo. Isto faz com que o nível de cálcio nos ossos continue-se melhor, evitando doenças como a osteoporose. Além disso, o cálcio é um aliado na queima de gordura, auxiliando, desta forma, na diminuição da massa gorda. A lactose é o glicídio presente no leite, desta forma, qualquer alimento que foi preparado ou produzido a partir de cada quantidade de leite apresentará lactose na sua composição. A intolerância à lactose afeta as pessoas com deficiência na produção da enzima lactase.

Outros alimentos assim como indicados para que pessoas tem dificuldade com a digestão da lactose são os iogurtes e os queijos maturados, como o parmesão e o queijo suíço. A lactose desses alimentos é degrada por bactérias do tipo Lactobacillus, havendo um processo parelho com o que ocorre no leite sem lactose. No entanto, algumas pessoas também não conseguem tolerar os iogurtes, e conseguem substitui-los por iogurtes de soja ou sem lactose. Visualize qual é a quantidade de lactose nos alimentos.

Aquelas com pescoço comprido são capazes de se alimentar de folhas inacessíveis às outras, e deixam, deste jeito, mais descendentes. Lamarck, a girafa adquire o pescoço comprido na lei do uso e desuso. Aquelas com pescoço comprido podem se alimentar de folhas inacessíveis às novas, e deixam, desse jeito, mais descendentes. Darwin, a girafa adquire o pescoço comprido com a sobrevivência diferencial de girafas. Os sintomas mais comuns são: náusea, dores abdominais, diarréia ácida e abundante, gases e desconforto. A severidade dos sintomas depende da quantidade ingerida e da quantidade de lactose que cada pessoa pode tolerar. Os sintomas conseguem transportar de alguns minutos até várias horas para aparecer. Apesar de as dificuldades não serem prejudiciais, eles podem ser bastante desconfortáveis. O medicamento homeopático trata esse problema. A maioria dos adolescentes e adultos não deve limitar a lactose totalmente. As pessoas possuem diferentes níveis de intolerância à lactose. Os iogurtes normalmente não causam sintomas, em razão de as bactérias presentes nas suas fórmulas (lactobacilos) produzem lactase suficiente pra digestão da lactose.

Deficiência primária ou ontogenética A presença de lactose e destes compostos nas fezes no intestino grosso aumenta a pressão osmótica causando diarréia ácida e gasosa, flatulência excessiva, cólicas e desconforto. Existem três tipos de intolerância à lactose, que são decorrentes de diferentes processos. O primeiro tipo é um erro genético extremamente incomum, no qual a moça nasce sem a experiência de gerar lactase. A propósito de amilase, acha-se no dicionário de Aulete-Garcia a seguinte nota: "À semelhança de diástase necessita falar-se amílase e não amilase". É primordial recordar que tais termos inexistiam em grego e latim, tendo sido montados somente por intermédio do século XIX nas línguas de cultura do Ocidente. Não há causa, assim sendo, pra se lhes colocar o modelo proparoxítono de diástase. Acresce notar que a tendência da língua portuguesa é para a tonicidade da penúltima sílaba. A linguagem médica glorificou como paroxítonos todos os nomes de enzimas e seria anacrônico almejar o inverso.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/