Comentarios de lectores/as

Enzimas, Proteínas, Função, Tipos, O Que São Enzimas

"Isis Lima" (2018-09-17)

En respuesta a O Que é Lactose E Porque Ocorre A Intolerância

A intolerância à lactose é um problema que se caracteriza na dificuldade de quebrar a lactose (açúcar do leite). Isto ocorre divido à redução da ação de uma enzima chamada lactase presente em nosso intestino. A pessoa que oferece intolerância à lactose geralmente retrata diversos sintomas intestinais que conseguem decorrer logo depois da ingestão ou após um tempo. Não existe medicamento para aumentar a geração de lactase em pessoas que apresentam tal reação ao leite e seus derivados. Mesmo então, é descomplicado controlar a intolerância através de dietas, evitando alimentos que provocam os sintomas. Douglas Quirino Carignani Jr. É relevante testar os limites de ingestão de lactose que cada indivíduo suporta e localizar seu respectivo grau de intolerância.

lactase em capsulas24 de setembro de 2010 às 15:Treze Lactose é o açúcar do leite. Ele é digerido pela lactase, enzima que novas pessoas não produzem. Pra maioria dos intolerantes à lactose (pessoas que têm deficiência ou falta de lactase, a enzima que digere o açúcar do leite), o consumo de laticínios provoca gases, dor de barriga, inchaço abdominal, diarreia ou prisão de ventre. Coliprev consiste num suplemento enzimático de lactase destinado a lactentes desde o nascimento. Podes ser usado tanto nas fórmulas, como nos casos de aleitamento materno. Coliprev necessita ser usado sempre que alimentar o seu bebé no decorrer dos primeiros três-4 meses de idade, altura em que começa a ser produzida a enzima lactase onde comprar lactase em quantidade suficiente pra actuar a respeito da lactose. Depois de esse tempo, o Coliprev tem que ser retirado gradualmente. Até 2019, todos os produtos precisam indicar se possuem zero lactose, miúdo teor ou contêm o componente, o que facilita pela hora de saber o que adquirir ou não. "Descobri também que a própria enzima que o organismo não produz, a lactase, é vendida em cápsula", conta Julia. Ela explica que, depois de tomar a enzima, podes ingerir alimentos lácteos sem que isto lhe cause dificuldades.

Conhecer dez chocolates sem lactose poderá ser uma saída para os chocólatras de plantão que sofrem com essa intolerância a lactose. Quem normalmente tem intolerância a lactose, necessita continuar sem ingerir produtos à apoio de leite e seus derivados pra que não prejudique o teu corpo. Quer melhor conhecer a respeito esse distúrbio da intolerância a lactose e ver de perto formas de combatê-lo e convertê-lo? A intolerância aparece depois. A presença de lactose e destes compostos nas fezes no intestino grosso aumenta a pressão osmótica (retenção de água no intestino), causando diarréia ácida e gasosa, flatulência excessiva (excedente de gases), cólicas e acréscimo do volume abdominal. Os sintomas mais comuns são náusea, dores abdominais, diarréia ácida e abundante, gases e incômodo. A severidade dos sintomas depende da quantidade ingerida e da quantidade de lactose que cada pessoa pode tolerar. Ademais, muitos alimentos contêm corantes, aromatizantes, conservantes, etc., que podem assim como causar sintomas de intolerância alimentar. Os aromatizantes são: cinamato (canela), anetol (alcaçuz), baunilha, eugenol (cravinho) e mentol. Os aromatizantes são: E 620, E 624, E 626, E 629, E 630 e E633. Os sintomas de alergia alimentar e de intolerância alimentar no momento em que são só digestivos são muitas vezes parelhos e deste jeito freqüentemente confundidos.

A técnica de fornecer lactase vai-se perdendo com a idade, começando essa perda logo após a amamentação, pelos dois anos. Esta Deficiência de Lactase genética é bastante freqüente, atingindo mais de 10 por cento da população adulta portuguesa e mais de 75 por cento de determinadas etnias africanas e 90 por cento asiáticas. Esta doença é, contudo, insuficiente freqüente nos povos do norte da Europa. 2 - A Deficiência de Lactase poderá ser adquirida: diversas doenças (enterite viral, Doença Celíaca, Giardíase, Doença de Crohn) causam alterações da mucosa intestinal, levando a Deficiência de Lactase e conseqüente intolerância ao leite.

Após a quebra da lactose em glicose e galactose, se oferece o modo de metabolização desses monossacarídeos, que envolve catálises enzimáticas que levarão, em seu conclusão, à conversão da galactose em glicose pra exercício como referência de energia. A fase de metabolização da galactose é a que fornece dificuldades no paciente galactosêmico, graças a deficiências enzimáticas em numerosos níveis possíveis. Realizam pelo menos 4 décadas que tentamos focar em calorias, quer dizer, consumir menos e se exercitar mais e o que conseguimos são só números recordes de obesidade e doenças. A gordura auxilia pela redução do colesterol total e da fração LDL (colesterol péssimo). Não é nutricionalmente agradável e nada que tem ali trará um proveito. Os nutrientes do leite conseguem ser substituídas por outros alimentos. Tais como, carne, peixe, ovos, soja, feijão e algas marinhas fornecem proteína. Quanto às vitaminas, cálcio e sais minerais, esses podem ser encontrados nas amêndoas, avelãs, algas, nozes, figos, tâmaras, dente de leão, agrião, soja, marisco, cevada ou trigo germinado. Certifique-se de que os alimentos e medicamentos que você consume não tenham ou possuam baixa quantidade de lactose. Iogurte e queijo cottage são melhor tolerados. O leite desnatado é mais destrutivo do que o leite integral.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/