Comentarios de lectores/as

Mal-estar Num Copo De Leite

Pedro Benício Martins (2018-09-17)


Quais são os sintomas da intolerância à lactose? O que você poderá fazer em residência? Se tiver diarreia ou tiver tido pouco tempo atrás, diminuir o consumo de produtos lácteos. Considere todas as acima. Como é diagnosticada a intolerância à lactose? O procedimento "caseiro" é remover produtos alimentares que contenham lactose por uns dias, depois tomar 2 ou 3 copos de leite. Se dentro de meia hora tiver agonia de estômago ou diarréia, é intolerantes à lactose. A falta da enzima impede a degradação da lactose em unidades individuais de glicose e galactose. Quando a lactose chega ao intestino grosso, por não ter sido degradada, é fermentada pelas bactérias ali presentes. A fermentação da lactose produz muitos gases e ainda provoca desarranjo intestinal (diarreia). Pra resolver este dificuldade, a indústria farmacêutica criou suplementos alimentares à base de lactase. Imediatamente a indústria alimentícia tem fabricado diversos produtos derivados do leite que não apresentam lactose. Desejaria de fazer a fonte desse texto em um serviço escolar ou acadêmico? DIAS, Diogo Lopes. "Lactose"; Brasil Instituição.

alimentos funcionaisNo momento em que passam a consumir leite ou alguns lácteos, não terão condições de digerir a lactose e poderão apresentar os sintomas de intolerância. Caso estes indivíduos façam o teste de intolerância a lactose irão mostrar consequência positivo. Vasto quota da população acima dos 5 anos exibe deficiência da enzima lactase, contudo diversos não apresentam os seus sintomas, o que dificulta o estabelecimento de um diagnóstico preciso. Pesquisas salientam que por volta de setenta por cento da população adulta apresentam a intolerância à lactose. Qualquer reação contrário ao consumo destes produtos precisa ser imediatamente informada a um profissional médico ou nutricionista, para que possa ser providenciado um diagnóstico adequado. Nos casos em que a alergia é identificada, faz-se necessária a eliminação de todos os alimentos que contenham proteínas do leite de vaca, durante o tempo que pros intolerantes, não há necessidade de exclusão obrigatória e total do leite e seus derivados. A visão, o cheiro e o sabor dos alimentos provocam uma reação do sistema nervoso que envia impulsos às células da parede do estômago pra que este secrete o suco gástrico. Ação do suco gástrico que contém sobretudo água, ácido clorídrico e enzimas. A pepsina provoca o rompimento das ligações peptídicas entre os aminoácidos das proteínas, fragmentando-as em peptídeos.

INTOLERÂNCIA À LACTOSE. EU TENHO, E Agora? Calma, não se assuste. A intolerância à lactose é mais comum do que você imagina e podes ser controlada. A intolerância à lactose acontece quando seu corpo se torna incapaz de digerir a lactose, que é o açúcar presente no leite e em seus derivados. Visitando e participando de alguns grupos a respeito restrições alimentares no Facebook, percebi que muita gente (entretanto é muita gente mesmo), não consegue discernir quais produtos tem lactose, o que podes e o que não pode comer. Às vezes parece óbvio pra alguns, todavia novas pessoas tem complexidade em unir o leite e derivados e acabam consumindo o que não deve.

Na realidade, em novas enzimas, os aminoácidos restantes constituem-se em sítios regulatórios, de interação com novas moléculas (protéicas ou não) ou canais de aproximação dos substratos ao sítio esperto da enzima. A integridade da molécula enzimática é desse jeito necessária à atividade catalítica. Os alimentos passam por alterações, transformando- os em substâncias mais simples, que serão absorvidas pelo sangue e pela linfa e distribuídas para todo o organismo. A suspeita de intolerância à lactose surge com os sinais e sintomas e pra auxiliar no diagnóstico temos 2 testes. O primeiro é o teste de tolerância à lactose, no qual é dado ao paciente um líquido com uma quantidade definida de lactose e a seguir é proporção a glicemia. O acréscimo da glicemia a começar por certos níveis sugere que a lactose foi digerida pela lactase com consequente liberação e absorção da glicose (que entra na composição da lactose). Como o amido danificado tem alta competência de incorporar água, no momento em que a amilase atua sobre isto ele, ocorrem modificações pela extensibilidade e na prática de retenção de água da massa. São enzimas presentes em pequena quantidade no trigo, mais diversos nos produtos maltados, para panificação utilizam-se aquelas obtidas de referências bacterianas ou fúngicas. As proteases degradam proteínas complexas em compostos mais fácil. Na massa do pão, atuam sobre isto as ligações peptídicas do glúten, rompendo-as, atuando de maneira diferente ao vigor mecânico e agentes redutores. De maneira geral, as proteases atuam no pão de forma a aprimorar a extensibilidade e a textura da massa, além de cortar o tempo de mistura da massa em até 1/três em determinadas circunstâncias.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/