Comentarios de lectores/as

Intolerância à Lactose Ou Alergia à Proteína Do Leite?

Pedro Benício Martins (2018-09-15)


Rótulos de todos os alimentos funcionais e bebidas industrializadas terão que expor, em até dois anos, alertas sobre a presença de lactose na constituição dos produtos. A decisão, que determina critérios e prazo pra nova advertência nos rótulos, foi tomada nesta terça-feira (31) na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). A proporção acontece após o governo sancionar, em julho de 2016, uma lei que imediatamente obrigava que o alerta fosse posto. A explicação é o acréscimo no diagnóstico de pessoas com intolerância a essa substância, que é um açúcar presente no leite. Faltava, no entanto, regulamentar como essa advertência seria feita. Agora, a nova norma prevê que alimentos tragam três tipos de alerta, a precisar da quantidade de lactose nos produtos. As diretrizes de dietas recomendam que as pessoas com intolerância à lactose escolham derivados do leite com menores níveis de lactose que o leite comum, como o iogurte e os queijos duros. O leite sem lactose ou com baixo teor de lactose e derivados do leite disponíveis na maioria dos supermercados, são parecidos a leite comum exceto que a enzima lactase foi a ele adicionada. O leite sem lactose permanece fresco por acerca da mesma extensão de tempo ou mais que o leite cmum se ele for ultra-pasteurisado.

alimentos funcionaisComo o médico faz o diagnóstico? Freqüentemente a intolerância à lactose é sugerida pela história clínica, principalmente no momento em que as informações são acordados e especificamente perguntados. A redução de sintomas após muitas semanas de dieta livre de lactose serve como teste diagnóstico/ terapêutico. O Teste de Tolerância à Lactose é o usado no nosso meio, que não dispomos do Teste Respiratório, tido com o mais sensível e com toda certeza o mais descomplicado dos métodos. Entre nós, o paciente recebe pra beber um copo d'água contendo de 50 a 100 g de lactose e lhe é tirado sangue 4 a 5 vezes no espaço de duas horas. AMILASE SALIVAR: Assim como é secretada pelas glândulas salivares e bem como age a respeito do amido. PEPSINA: Produzida na própria parede do intestino, ela age sobre isso as proteínas. Teu melhor desempenho ocorre em pH ácido. A pepsina é produzida numa maneira inativa, o pepsinogênio, que ao entrar em contato com o HCl (ácido clorídrico) se torna dinâmico e vira a pepsina.

O Que é a Suplementação de Lactase? No momento em que a lactase não é produzida em uma quantidade suficiente para poder compor a necessidades do corpo humano, deste jeito levando ao quadro de intolerância à lactose, é possível fazer a suplementação dessa enzima. A lactase pode ser encontrada em forma de comprimidos, pastilhas mastigáveis, em pó e também cápsulas, bastante fáceis de serem consumidas. Para ser absorvida, a lactose tem de ser hidrolizada no intestino por uma enzima específica - a lactase. Esta hidrólise não é mais do que a separação da lactase em componentes mais pequenos: a glicose e a galactose. Estes são absorvidos diretamente pra corrente sanguínea e desempenham papéis distintos no corpo: a glicose é utilizada como referência de energia e a galactose torna-se um componente de glicolípidos e glicoproteínas.

Conversando com um médico nutricionista poderá ser útil no planejamento de uma dieta balanceada que apresenta uma quantidade adequada de nutrientes - incluindo cálcio e vitamina D - e minimiza o incômodo. Um profissional da saúde pode estipular se o cálcio e outros suplementos dietéticos são necessários. Que outros produtos contém lactose? Nos últimos dias eu tirei uma folguinha e fui passear um pouco pela serra gaúcha, essencialmente Gramado, Canela e Bento Gonçalves. Neste instante tinha ido à Gramado duas vezes, com meus pais lá em 1900 e guaraná com rolha, quando eu tinha uns 12 anos, e há uns 4 anos com meu namorado. Mas como nem tudo são flores, dessa vez eu fui viajar pela seguinte circunstância: com restrição de lactose, de glúten e ainda passando mal com uma certa periodicidade mesmo sem consumir nenhum dos 2.

O leite e derivadossão frequentemente adicionados a alimentos processados - alimentos que foram alterados pra prolongar seu tempo de validade. Verificar os ingredientes nos rótulos dos alimentos é proveitoso pra encontrar possíveis fontes de lactose em produtos alimentares. Se alguma dessas frases estão listadas no rótulo, o item contém lactose: lactose, leite coalhada, soro de leite, leite em pó seco, sub-produtos de leite desnatado. A lactose bem como é utilizada em alguns remédios, incluindo pilulas anticoncepcionais, remédios de exercício liberal com aueles pra tratar a acidez e gás do estômago. Esses medicamentos a maioria das vezes causam sintomas em pessoas com intolerância acentuada à lactose.

Doenças inflamatórias intestinais (DII) são sensíveis a lactose e proteínas do leite não digeridas, com isto conseguem sofrer desconfortos e ter piora em seu quadro clínico quando consumir leite e derivados. O acompanhamento com nutricionista nas DII é vital para revisar as deficiências nutricionais que as doenças causam e adaptar a alimentação frente às restrições impostas. Essas dores começaram pela adolescência com banana, abacaxi e abacate, entretanto a aflição era mais fraca. Há mais ou menos dois anos tem piorado consideravelmente, eu não consigo ingerir nenhum tipo de fruta, nem pedaços menores no meio da comida. Marquei um consulta em dezembro, mas escrevo este e-mail para ter certeza de que não estou consultando o médico falso outra vez.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/