Comentarios de lectores/as

Creme 4 Queijos 235g

Daniel Santos (2018-09-15)


Frequentemente, as pessoas são capazes de tolerar melhor o leite ou derivados ingerindo-os com alimentos. O quanto é necessário de alteração da dieta depende de quanto a pessoa poderá ingerir de lactose sem sintomas. A título de exemplo, alguém pode ter sintomas acentuados depois de comer um copo pequeno de leite, sempre que outra podes comer um copo amplo sem sintomas. Outros podem com facilidade consumir iogurte e queixos duros tais como o cheddar e suíço contudo não o leite ou outros derivados do leite. A intolerância à lactose não chega a ser considerada uma doença. Ela é provocada pela falta da lactase, enzima causador da digestão do açúcar do leite (lactose) e de seus derivados. "Nestes casos, a lactose chega ao cólon (intestino grosso) intacta, se acumulam e são fermentadas pelas bactérias que vivem no ambiente, formando ácido lático e alguns gases. A união deste gás e do ácido são os responsáveis pelos sintomas como náuseas, diarreia, inchaço, entre outros", ressalta o profissional.

alimentos funcionaisTodavia, a parte não absorvida conduz ao surgimento dos sintomas. Os sintomas mais comuns são incômodo abdominal, e a flatulência. O extenso volume de água faz com que o intestino aumente a intensidade de seus movimentos, causando a diarreia aquosa. O diagnóstico é feito por intervenção de exames laboratoriais, no entanto é considerável prestar atenção ao histórico alimentar e ao surgimento de sintomas. A demora no diagnóstico e consecutivamente no tratamento poderá carregar resultâncias graves, principalmente nos recém-nascidos. O problema de descobrir produtos bem como é algo permanente pros compradores intolerantes à lactose. O jornalista Tiago Teles descobriu a restrição há por volta de um ano e, desde assim sendo, impede o leite e derivados na alimentação. Pela pesquisa de ter o trabalho conhecido, Ana usa as redes sociais como maneira de anunciar os produtos. Ela faz uma quantidade maior de bombons zero lactose para uma amiga que revende pela loja. Contudo, mesmo assim sendo, ela diz que os bombons comuns são os mais procurados. O valor assim como é um diferencial. Ela destaca ainda que os produtos sem a lactose são mais saudáveis e conseguem ser consumidos por cada pessoa.

A intolerância à lactose (açúcar do leite) é a incapacidade que o corpo precisa de digeri-la total ou parcialmente. Isto acontece devido à deficiência ou inexistência da ensima intestinal chamada lactase, responsável pela digestão do açúcar do leite. Os sintomas de quem sofre com esse distúrbio alimentar começam a se manifestar por volta dos cinco anos ou até um pouco antes, período esse em que a geração da enzima lactase começa a encurtar. Os sintomas em geral são: intestino aprisionado, dores abdominais, flatulência, dores de cabeça e dermatite atópica. A severidade dos sintomas depende da quantidade consumida e da quantidade de lactose que cada pessoa podes tolerar. Alguns o defendem como ótimo alimento, durante o tempo que outros observam uma superior complexidade no recurso de descrição muscular quando acrescentam esse alimento pela dieta, sendo que muitos atletas evitam teu consumo às vésperas de uma batalha. Este artigo visa elucidar essas dúvidas, demonstrando os prós e os contras do consumo nesse alimento. Define-se leite como o líquido nutritivo produzido pelas glândulas mamárias das fêmeas dos mamíferos. O leite é a principal referência de nutrição para os recém-nascidos até que eles sejam capazes de digerir alimentos mais diversificados.

Basta bater ou mesclar, e pronto! Para ser absorvida pelo intestino, a lactose necessita ser quebrada em porções pequenos pela ação de uma enzima chamada lactase. Tal enzima fica pela superfície da mucosa intestinal. Quando há deficiência da lactase, mesmo que parcial, as quantidades de lactose consumidas através do leite não são hidrolisadas e permanecem intactas no intestino delgado, atraindo água pra região e provocando dores e edemas. A lactose não absorvida passa, por isso, para o intestino grosso. Ali é metabolizada pelas bactérias (fermentação), atraindo ainda mais água. O consequência são mais dores, edemas, flatulência e diarréia, além de a digestão e a absorção de outros nu- trientes ficarem comprometidas. O tratamento pra o defeito consiste em firmar a ingestão de lactose ao limite de tolerância do paciente. Quem poderá ingerir o iogurte feito com kefir de leite? Apenas as pessoas que são intolerantes a lactose. Alérgicos nunca necessitam consumir nada que venha do leite, incluindo o kefir de leite. Aos alérgicos, o kefir indicado é o kefir de água ou tibico. Ao fermentar no leite, o kefir de leite consome a lactose e libera desse iogurte a lactase. Isso é proveitoso aos intolerantes, pois que essa lactase contida no iogurte de kefir irá ajudar seu corpo a digerir qualquer resquício capsulas de lactase lactose restante no iogurte.

Por que isso ocorre? A lactose é um açúcar localizado no leite, produzido nas glândulas mamárias dos mamíferos. A pessoa intolerante à lactose não produz (ou produz insuficiente) a lactase, uma enzima digestiva que quebra a lactose. Desse modo, a lactose chega inteira ao intestino grosso e sofre fermentação por bactérias, o que gera gases e ácido lático, que, por tua vez, estimularão a retenção de água causando cólicas intestinais e diarreias. O intestino grosso em ceco, cólon ascendente, cólon transverso, cólon descendente e reto. Alguns órgãos são anexos ao sistema digestório. São eles: glândulas salivares, pâncreas, fígado e vesícula biliar. A digestão envolve fenômenos físicos e químicos. Os físicos são: mastigação, deglutição, peristaltismo e ação da bile. Os químicos são aqueles que envolvem ação enzimática.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/