Comentarios de lectores/as

Chocolate Sem Lactose: 10 Chocolates Sem Lactose

Alícia Fernandes (2018-08-26)


suplementos alimentaresLactosil, a primeira enzima lactase acessível nas farmácias do Brasil, ganha cada vez mais destaque pela mídia. A revista Crescer, na sua versão digital, fez uma matéria a respeito intolerância e a possibilidade que Lactosil apresenta inclusive a crianças. A matéria foi veiculada bem como na versão impressa em abril. Além disso, os blogs Sem Glúten Sem Lactose e Diário de uma Intolerante fizeram posts a respeito do emprego da enzima em suas rotinas, inclusive com dicas de receitas. Aí o leite e os seus derivados nunca serão digeridos, e essa situação se arrastará na vida toda. Em geral, no entanto, a encrenca tem origem na perda até esperada da criação desta enzima conforme envelhecemos. É natural que o pirralho, que se alimenta exclusivamente de leite materno, conte com um abastecimento de lactase lá no grande. As manifestações de reivindicação e protesto devem ser salvas e prosseguir. São o sinal de vida da nação e o mais legal e direto exercício da cidadania, muito mais do que o voto. Entretanto, ainda mal saídas da longa impassibilidade, foram inibidas na brutalidade sem ideia dos "black blocs" e seus imitadores.

O kefir transforma a flora intestinal putrefativa, substituindo-a pelos bacilos lácticos de propriedades anti-sépticas. Assim como produz a secreção de uma substância antipútrida que persiste ainda depois do desaparecimento dos bacilos. É narrar que muda a putrefação (danoso pro corpo humano) na fermentação láctica. Segundo investigações da Universidade da Prata, os microorganismos presentes no kefir combatem especificamente a Escherichia coli, temida bactéria responsável de afecções como a síndrome urêmico hemolítico, que poderá ter conseqüências letais em crianças pequenas. Dado que a ingestão de kefir aumenta a proteção contra estas infecções, começou-se a introduzi-lo na dieta infantil. O kefir não só dificulta a povoação de micróbios patógenos no intestino, como também aporta abundante ácido láctico.

Em alguns casos, a restrição de alimentos é indicada, como acontece com os pacientes intolerantes a alimentos específicos. A intolerância à lactose, tendo como exemplo, é a incapacidade de digerir um tipo de açúcar encontrado no leite e em outros produtos lácteos. Isso acontece devido à inexistência da enzima lactase, que faz a tua digestão. A mesma coisa acontece com o glúten, que necessita ser evitado por portadores de doença celíaca, no momento em que o respectivo sistema imunológico do corpo humano reage à ingestão da substância. Os demais tipos de intolerância não exigem nenhum outro tipo de corte de consumo. Adriana explica, porém, que as dietas precisam ser orientadas pela pirâmide alimentar, respeitando as proporções certas e o peso e a estatura de cada paciente. Em temperatura ambiente, expõe-se no estado sólido

Oleaginosas: Várias crianças desenvolvem hipersensibilidades ou alergias a oleaginosas consumidas pela mãe. O grupo das oleaginosas é formado por nozes, castanhas, amêndoas, amendoim, pistache além de outros mais. Não é muito comum no Brasil, no entanto nos EUA, tendo como exemplo, o amendoim é uma razão significativo de alergia alimentar. Os primeiros meses de existência da criancinha são de acelerado desenvolvimento e geração de tecidos e ainda não se conhece todos os fatores que interferem positivamente e negativamente pela saúde da criancinha.

O tratamento da intolerância à lactose consiste na eliminação do leite de vaca e de tudo que possa ser preparado com leite de vaca como bolo, biscoito, bolacha e pudim, da alimentação. No entanto, muitas vezes a pessoa poderá tomar um suplemento de deslac lactase gotas, que é enzima que digere o leite, quando ter de ou pretender ingerir um alimento preparado com leite de vaca. A lactase pode ser podes ser comprada na farmácia ou pela farmácias de manipulação e é extremamente acessível de ser usada. Você podes pôr a enzima em pó sobre o assunto tortas, bolos, sorvetes, milkshakes e muitas outras guloseimas elaboradas com leite ou derivados. Apesar de não ser a recomendação do fabricante, nós testamos o objeto misturado em um copo de água antes de ingerir produtos com lactose e tem êxito assim como. Isso vai fazer com que a sua microbiota intestinal fique saudável, em vista disso o teu intestino vai ser um produtor natural de lactase, do mesmo jeito produz algumas enzimas consideráveis. O que não tem mesmo solução é a nossa incompatibilidade com as proteínas do leite. A quantidade de lactase acessível no corpo também pode diversificar em atividade do ambiente onde as pessoa vivem e dos alimentos acessíveis pra esta população. Segundo um post publicado pelo blog francês de saúde e nutrição, Jolivi, assinado pelo pesquisador Eric Müller, os povos nórdicos, que têm insuficiente acesso às proteínas de origem animal, permanecem com uma taxa mais elevada de lactase. Deste modo, são capazes de ingerir mais leite de vaca.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/