Comentarios de lectores/as

Saúde Digestiva E Bem-Estar

Daniel Santos (2018-08-24)


Intolerância à lactose é a incapacidade total ou parcial para digerir a lactose, um açúcar encontrado no leite e derivados. Ela é causada por uma deficiência da enzima lactase, a qual é produzida pelas células fracos do intestino delgado. Nem ao menos todas as pessoas com deficiência de lactase têm sintomas digestivos, entretanto aqueles que os sentem conseguem ter a intolerância à lactose. A maioria das pessoas com intolerância à lactose podem tolerar alguma quantidade de lactose na sua dieta. As pessoas com intolerância à lactose podem notar desconforto depois de consumir leite e derivados. Ainda, a presença adicional de Goma Guar aumentou a constância da enzima durante armazenamento a 4°C e no tratamento de congelamento seguido de degelo. Em todos os casos, a análise da microestrutura das gotas foi feita na Linha de Claridade SAXS2, de Espalhamento de Raios X a Baixos Ângulos, do LNLS. Fonte: Maria Victoria Traffano Schiffo, Tatiana Rocío Aguirre Calvo, Marta Castro-Giraldez, Pedro Jose Fito, and Patricio R. Santagapita, Alginate beads containing lactase: stability and microstructure.

lactaseOs sintomas dessa intolerância são principalmente gastrointestinais, e acrescentam dores e inchaços abdominais, gases e diarreia, que se manifestam entre trinta minutos e duas horas depois da ingestão de laticínios. Entretanto, a quebra do açúcar do leite não é benéfica apenas para as pessoas intolerantes, contudo é proveitoso também para o aprimoramento de propriedades dos alimentos.

Não há tratamento pra ampliar a competência de gerar lactase, mas os sintomas podem ser controlados a começar por dieta e remédios. O leite suplementos alimentares e seus derivados são ricas em proteínas, vitaminas e a principal fonte de cálcio da alimentação, nutriente fundamental - junto com a vitamina D - para a criação e a manutenção da massa óssea. Tomar de 2 a três copos de leite por dia colabora pra um adulto atingir tuas recomendações de cálcio. O iogurte também poderá ser uma opção para assegurar este fornecimento. Crianças, adolescentes, grávidas e idosos necessitam consumir mais leite e derivados que as demais pessoas.
Vinte e sete de julho de 2011 às dezoito:48
12 de abril de 2012 às dezessete:59
Observe os sintomas de intolerância à lactose
4 bebidas que substituem o leite de vaca
Dores abdominais
(Faculdade Federal do ABC)
três dentes de alho amassados
Comer em excesso alimentos que contenham glúten pode conduzir a inflamações no intestino

No caso do leite, a intolerância poderá ser causada ainda na redução da produção de lactase pelo organismo com o atravessar dos anos, convertendo o problema mais sério e definitivo. Tal as alergias e a doença celíaca como as intolerâncias podem surgir em cada idade, embora os dois primeiros casos apareçam com mais regularidade imediatamente pela infância, entre o primeiro e terceiro ano de existência. Tuas enzimas (maltase, sacarase, lactase, aminopeptidases, dipeptidases, tripeptidases, nucleosidades e nucleotidases) permitem que moléculas se reduzam a nutrientes e estes sejam absorvidos e lançados no sangue com o auxilio das vilosidades presentes no intestino. O alimento passa a ter estilo aquoso, esbranquiçado e é chamado, nesta hora, de "quilo". O quilo encaminha-se para o intestino grosso. Etnia: intolerância à lactose é mais comum em negros, asiáticos, hispânicos e indígenas

Chocolate: A maioria das mães são capazes de ingerir chocolate sem exageros, porém necessitam a toda a hora continuar ligadas para possíveis efeitos negativos no jeito do menino. O chocolate contém teobromina, substância que pode promover irritabilidade e diarreia no menino se quantidades elevadas forem consumidas na mãe. Cafés, chás e refrigerantes: O café, chás, mate e refrigerante tipo cola em quantidade excessiva podem causar irritabilidade e padrão deficiente de sono. A intolerância à lactose é a doença bem comum, provocada na incapacidade de digerir lactose, um açúcar achado no leite e nos laticínios. A ausência da lactase, enzima que digere a lactose, leva ao aparecimento de sintomas gastrointestinais a todo o momento que um artefato à apoio de leite é consumido. A intolerância à lactose não costuma ser uma doença importante, entretanto os seus sintomas conseguem ser extremamente incômodos. O que é intolerância à lactose. Quais são as causas de deficiência de lactase. Quais são os sintomas. Como é feito o diagnóstico.

Leite com redução de lactose Os probióticos são ricas em bactérias "boas" e são capazes de melhorar os sintomas de intolerância à lactose. Você pode encontrá-los, por exemplo, em iogurte, sucos, bebidas de soja, em cápsula, comprimido ou em pó. Você sofre repetidos surtos de diarreia com aflição abdominal e inchaço. Você necessita de outros conselhos práticos. Desta forma o que é a intolerância à lactose? A lactose é o açúcar natural do leite. O intestino delgado produz uma enzima chamada lactase, cujo trabalho é destacar a lactose em dois tipos de açúcar menos complexos chamados glicose e galactose. Este processo permite que a glicose seja absorvida pela corrente sanguínea. Se não houver lactase suficiente pra fazer essa tarefa, a lactose inalterada chega ao intestino grosso e começa a fermentar, produzindo ácidos e gases.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/