Comentarios de lectores/as

Para Que As Ruas Salvem

Alícia Fernandes (2018-08-22)


suplementos alimentaresO kefir transforma a flora intestinal putrefativa, substituindo-a pelos bacilos lácticos de propriedades anti-sépticas. Assim como produz a secreção de uma substância antipútrida que persiste ainda depois do desaparecimento dos bacilos. É falar que muda a putrefação (danoso para o organismo humano) pela fermentação láctica. Segundo investigações da Instituição da Prata, os microorganismos presentes no kefir combatem especificamente a Escherichia coli, temida bactéria responsável de afecções como a síndrome urêmico hemolítico, que poderá ter conseqüências letais em crianças pequenas. Dado que a ingestão de kefir aumenta a proteção contra estas infecções, começou-se a introduzi-lo na dieta infantil. O kefir não apenas dificulta a povoação de micróbios patógenos no intestino, como também aporta abundante ácido láctico.

Essa modificação se oferece pelo caso de que existem diferentes níveis de intolerância, que variam segundo a quantidade de enzima lactase que ainda é produzida pelo organismo. Bem como é preciso levar em consideração que alguns alimentos possuem mais lactose do que outros. A título de exemplo, margarina tem bem menos, o que faz com que seja mais fácil de ser digerida. A estudante de Santo André Barbara Krauss, vinte e um, percebeu que se sentia mal no momento em que tomava um copo de leite. Depois de notificar à tua nutricionista, realizou exames que detectaram intolerância à lactose em baixo grau. "Percebemos que eu só não conseguia tomar leite, os derivados não me davam nenhum problema", conta. Pra ter certeza da intolerância e do seu grau, o mais comum é que possa ser feito o diagnóstico de tolerância à lactose. Nele, o paciente é submetido a uma dose concentrada do componente e depois é produzido diagnóstico de sangue pra pesquisar a quantidade de glucose na corrente sanguínea.

Infelizmente, essa ideia errônea, fruto de um marketing super bem trabalhado, imediatamente chegou bem como aos consultórios de pediatras e nutricionistas. No momento em que me refiro a uma intolerância rigorosa, é a de um grupo de pessoas que chegam a ter diarreia quando consomem o leite. O que praticamente todo o restante dos adultos brasileiros têm é uma drástica diminuição de uma enzina chamada lactase em capsulas, que é responsável por fazer a digestão da lactose. Alimentos pela Dieta Low Carb! Você entende quais podem ser consumidos e quais precisam ser evitados? A resposta é acessível: coma comida de verdade, de preferência feita pra você, com ingredientes naturais! A Dieta LCHF - Low Carb, Healthy Fat (insuficiente carboidrato/gordura saudável) é uma estratégia alimentar baseada em comida de verdade, ou seja, sem embalagens, sem rótulos e sem produtos processados, industrializados e refinados.

É inestimável a quantidade de decorrências graves para clientes, entre dificuldades novos, agravamentos e talvez até morte inexplicada. Está criada uma operação especial do Ministério Público estadual, mas é pouco para a extensão já constatada do crime de intermediários de leite pra usinas (fábricas e marcas). Os ministérios da Agricultura e da Saúde estão devendo tua entrada pela operação, pra intensificá-la. Ao agrupar estes alimentos à sua alimentação, você conseguirá discernir o descongestionamento das vias biliares e pancreáticas. Coma mais beterrabas e verduras cruas, que é dito que o recurso de cozimento proporciona a diminuição das enzimas digestivas contidas nos alimentos. Os alimentos verdes devem ser adicionados, pois que a celulose contida nesses alimentos poderá anexar-se à bile, e desta maneira beneficiar a uma melhor digestão. Os pacientes percebem acrescentamento de ruídos abdominais, notam que a barriga fica inchada e que reduzem mais gases. Quando a dose de leite ou derivados é superior surge diarréia líquida, acompanhada de cólicas. A queixa de ardência anal e assadura é pelo motivo de a acidez fecal passa a ser intensa (pH 6,0). A maioria dos pacientes que só tem intolerância a lactose, não tem evidências de desnutrição, nem sequer mesmo maior perda de peso. Quando isto acontece, pode existir a associação da intolerância com outras doenças gastro-intestinais.

Para as pessoas que sofre de intolerância, os níveis de glucoses não serão alterados, isso por causa de a inexistência de enzima lactase não consegue quebrar a molécula da lactose em glucose e galactose, como deveria ser feito. Foi por esse teste que a estudante de São Bernardo Julia Centini, vinte e dois, teve a certeza de que sofria da intolerância em alto grau. "Comecei a passar mal todos os dias. Anotei, assim, tudo o que comia e percebi que sempre ficava doente após ingerir alimentos com leite", lembra. Depois disso, teve de suprimir da sua dieta doces, leite e bolacha. "O café da manhã foi o mais complicado. Queria tomar achocolatado e não dava, nem sequer pão com manteiga", relata. Mas, a imenso abundância de produtos zero lactose socorro, e bastante, pra que as mudanças na dieta não sejam tão radicais.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/