Comentarios de lectores/as

Chocolate Sem Lactose: 10 Chocolates Sem Lactose

Alícia Fernandes (2018-08-22)


capsulas de lactaseHá pouco tempo a empresa lançou uma nova versão do lactosil em tabletes dispersíveis. Eu ainda não testei, porém pelo que vi não é tão muito bom portanto. A única diferença que vi é o tablete desperdiça menos, uma vez que poderá ser dissolvido , porque toda vez que abro o sachê vejo que voa pozinho pra todo lado, mesmo eu tendo cuidado. Possuem cloaca os peixes, os anfíbios, os répteis, as aves e os mamíferos monotremados. O sistema digestório completo consta de um tubo digestivo e glândulas anexas. O tubo digestivo dos mamíferos é constituído de boca, faringe, esôfago, estômago, intestino e ânus. O intestino fornece duas porções: o delgado (6 - constituído de duodeno e jejuno-íleo) e o grosso (constituído de ceco, colo e reto). As glândulas anexas são o fígado, o pâncreas e as glândulas salivares. O fígado fornece um órgão em forma de bolsa (a vesícula biliar) onde fica armazenada a bile. Este órgão possui um duto de desembocadura no duodeno (o canal colédoco) por onde a bile é eliminada no intestino.

Soja, ervilha e feijões assim como estão na listagem dos alimentos que mais conseguem causar alergias. O milho, e também algumas fontes como amido de milho, óleo de milho e farinhas à apoio do grão são capazes de acarretar problemas alérgicos. No momento em que não controladas, as aflatoxinas presentes nestes alimentos são capazes de causar reação alérgica. Entre as principais especiarias da culinária, a canela é um alérgeno comum. Corantes, conservantes e aditivos artificiais são alérdenos. Sulfitos, aditivos muito comuns utilizados em picles, cervejas, vinhos, refrigerante de cola, frutas e vegetais secos, cerejas ao marrasquino, batatas secas ou congeladas também podem provocar reações alérgicas. O fermento natural, bastante presente em pães, também podes levar reações alérgicas no corpo humano. Creio que tenho intolerância alimentar e como o senhor mora remoto(ou eu)pediria que me indicasse um especialista em Bauru (SP) ou próximo. Helena, infelizmente tenho poucos contatos com médicos de novas cidades e como trabalho de uma maneira muito pouco usual, tenho problemas para apontar alguém que trabalhe nestas linhas. Algumas vezes me sinto mal no momento em que todos pela mesa estão comendo e ficam constrangidos pela minha frente pelo motivo de sabem que eu não posso comer", diz Monalisa. Nestes momentos, é interessante conduzir a dificuldade da maneira mais natural possível e tentar conduzir essa segurança aos demasiado. Pela moradia de Maria Eduarda, por exemplo, a família não deixou de ingerir alimentos que contenham glúten por causa da doença da menina, exatamente para ensiná-la a enfrentar melhor com a charada. "Evidentemente evitamos expô-la a contemplação de uma refeição ou lanche marcados por alimentos prazerosos, como o pão francês, o vilão para aqueles que não podem comer glúten, entretanto nem assim sendo nos fechamos no quarto pra ingerir uma pizza.

A intolerância à lactose corresponde à produção insuficiente ou nula de lactase, enzima essencial no procedimento digestivo da lactose. Esta enzima possibilita decompor o açúcar do leite em carboidratos mais simples para a tua melhor absorção. A lactose é o açúcar do leite, um dissacarídeo que com a ação da enzima lactase, transforma-se em 2 monossacarídeos: glicose e galactose. Esses carboidratos fácil, depois de formados, são com facilidade absorvidos pelo corpo. Todavia, a ausência ou deficiência pela produção da lactase faz com que a lactose chegue até o intestino grosso sem ser absorvida pelo organismo. Ela é fermentada por bactérias causando gases e sintomas característicos de indigestão. A intolerância à lactose é um agradável exemplo. A lactose é um açúcar (dissacarídeo) achado no leite, da mesma forma que a frutose é o açúcar da fruta, e a sacarose é o açúcar da cana. Pra ser absorvida pelo intestino, a lactose deve ser quebrada em porções menores por meio da ação de uma enzima chamada lactase.

Os concentrados de enzimas de plantas ou enzimas de fungos são melhores para pré-digestão da comida do que comprimidos de enzimas pancreáticos. Isso visto que as enzimas de plantas conseguem atuar melhor em meios ácidos como o estômago, enquanto que os enzimas pancreáticos só trabalham no meio alcalino do intestino delgado. Se os comprimidos tiverem um revestimento entérico, dessa forma não são apropriados, uma vez que só serão liberados após transpor o estômago. Nessa altura é demasiado tarde para a pré-digestão da comida. Nesse lugar o organismo neste momento terá usado as suas enzimas pra digerir a comida. Uma alimentação deficiente em enzimas razão uma diminuição de trinta por cento no tempo de existência.

As enzimas são catalisadores. A maioria são proteínas. As enzimas são moléculas grandes, produzidas pelos seres vivos, ‘que aumentam a velocidade’ de uma reação química. A molécula do açúcar de cozinha, a sacarose, pode ser quebrada dando 2 compostos pequenos. Só após a quebra ela entra na célula e serve de alimento. A enzima sacarose é a causador da quebra do açúcar ingerido. Este, que é dividido em ceco, cólon, reto e ânus, absorve água e sais minerais e direciona a fração que não foi digerida do quilo para o reto a fim de que possa ser eliminada pelas fezes. Bactérias da flora intestinal permitem a produção de vitaminas, como a K e B12. Adoraria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? ARAGUAIA, Mariana. "Sistema digestório"; Brasil Universidade.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/