Comentarios de lectores/as

LACTOSE X PROTEÍNA DO LEITE

Pedro Benício Martins (2018-08-15)


alimentos funcionaisAlguns alimentos, como o feijão de soja, precisa de ser bem cozidos para derrubar os inibidores de enzimas. Tais como, várias das farinhas de soja e pós no á venda não foram suficientemente aquecidos pra destruir os inibidores. A única solução para quem continua a comer alimentos cozidos é tomar suplementos de concentrado de enzimas de plantas. Na ausência de contra-indicações, precisa-se tomar entre uma a três cápsulas em cada refeição.

A terceira classe de carboidratos, são aqueles constituídos por mais de 20 monossacarídeos com diversas aplicações e propriedades, os polissacarídeos, que contêm centenas de moléculas de monossacarídeos interligados entre si. É classificada como um dissacarídeo, carboidrato formado por uma molécula de glicose e outra de galactose, sintetizada pela glândula mamária e assegura um sabor levemente adocicado ao leite. Biologicamente sua funcionalidade consiste essencialmente em arrumar energia a começar por "sua quebra" que ocorre no intestino delgado, liberando uma molécula de glicose e outra de galactose (será modificada para glicose por intermédio do fígado). O processo de digestão consiste essencialmente na "quebra" do alimento e tuas numerosas moléculas em moléculas de nanico tamanho as quais serão absorvidas pelo organismo.

Os sintomas da intolerância à lactose são freqüentemente confundidos com os sintomas da síndrome do intestino irritável (SII). Pessoas com a síndrome do intestino irritávelnão são intolerantes à lactose, porém tendem a ter problema pra digerir gorduras. Se você acha que poderá ser intolerante à lactose, consulte o teu médico ou retém os sintomas de intolerância à Lactose ou SII consulte seu médico. A enzima lactase comprar lactase quebra o açúcar do leite (lactose). Enzimas de lactase são encontrados no muco do intestino delgado. Falamos de um tipo de açúcar exclusivo do leite — leite produzido por qualquer mamífero, fale-se de passagem. A lactose é a responsável por aquele gostinho levemente adocicado da bebida. No momento em que a gente toma um copo de leite ou come um dos seus derivados, como queijo, essa molécula vira energia pra abastecer nossas células. Só que, a final de ser devidamente aproveitada, a lactose tem que ser quebrada em novas duas partículas pequenos: a galactose e a glicose.

IFM 2005-02 é um estudo de fase 3,controlado, multicêntrico, duplo-cego, efetuado em setenta e sete centros em três países na Europa. REVLIMID em combinação com dexametasona é aprovado pela Europa, nos Estados unidos, no Japão e em por volta de trinta outros países pro tratamento de pacientes adultos com mieloma múltiplo (MM) anteriormente não tratado que não são elegíveis para transplante. Além disso, REVLIMID é aprovado na Europa e nos EUA para o tratamento de pacientes com linfoma de células do manto (LCM) cuja doença teve recidiva ou progrediu após 2 tratamentos anteriores, um dos quais incluiu bortezomibe. Pela Suíça, o REVLIMID está indicado no tratamento de pacientes com MCL recidivante ou refratário depois de tratamento prévio que incluiu bortezomibe e quimioterapia/rituximabe. O REVLIMID (lenalidomida) é contraindicado pra pacientes com hipersensibilidade conhecida à substância ativa ou a cada dos excipientes pela formulação. REVLIMID (lenalidomida) é contraindicado durante a gravidez, e assim como em mulheres em idade fértil, a menos que todas as condições do Programa de Prevenção da Gravidez sejam atendidas.

Indivíduos que em determinado momento da existência passam a comer uma quantidade mais elevada de lactose ( ex: pessoas com osteoporose ) conseguem vir a montar a intolerância ao leite e seus derivados devido à geração insuficiente de lactase. Como é diagnosticada a intolerância à Lactose? Teste de intolerância à lactose ( TTL ): mede a competência que o ser necessita de digerir a lactose. O que é a Lactase? A Lactase é uma enzima causador da hidrólise da lactose. A molécula da lactose é demasiado complexa para transpassar a parede do intestino; deve sofrer a ação da enzima Lactase, para ser decomposta em glicose e galactose. Na deficiência da Lactase, a lactose não digerida passa ao intestino grosso, originando diarréia fermentativa e outros transtornos digestivos.

No momento em que essas enzimas digestivas não são responsáveis na digestão desses nutrientes, elas auxiliam pela sintetização. Amilase ou Ptialina: Essa enzima digestiva coopera pela digestão de glicogênio e de amido. Ela poderá ser encontrada pela própria saliva e contribui na decomposição de carboidratos. Ela é produzida pelas glândulas salivares e pode cooperar na prevenção de cáries dentárias. É exatamente sendo assim que produzimos muita saliva, é uma maneira de evitar o surgimento das indesejáveis cáries.

Doenças inflamatórias intestinais (DII) são sensíveis a lactose e proteínas do leite não digeridas, com isto são capazes de sofrer desconfortos e ter piora em seu quadro clínico no momento em que ingerir leite e derivados. O acompanhamento com nutricionista nas DII é vital para revisar as deficiências nutricionais que as doenças causam e adaptar a alimentação frente às restrições impostas. Essas dores começaram pela adolescência com banana, abacaxi e abacate, entretanto a agonia era mais fraca. Há mais ou menos dois anos tem piorado consideravelmente, eu não consigo comer nenhum tipo de fruta, nem pedaços menores no meio da comida. Marquei um consulta em dezembro, porém escrevo este e-mail pra ter certeza de que não estou consultando o médico errado outra vez.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/