Comentarios de lectores/as

Pra Que As Ruas Salvem

Alícia Fernandes (2018-08-14)


Era um jantar e a lactose estava presente no prato principal (risotos com queijo) e na sobremesa (fundue de chocolate com frutas). No entanto, o pai da minha amiga tem Intolerância à Lactose há anos e então tem um estoque considerável de lactase em moradia. Como a minha amiga já havia comentado com ele, ganhei dois comprimidos de lactase pra tomar antes do jantar. Comi o jantar, o fundue e até o bolo de aniversário sem atravessar mal. As calorias disponíveis nesses alimentos só puderam ser aproveitadas porque no genoma humano surgiram múltiplas cópias do gene AMY1, causador da criação de amilase na saliva, enzima primordial para a digestão dos açúcares. Outro modelo é o gene LCT, causador da elaboração da lactase, enzima encarregada da digestão da lactose, o açúcar do leite que os mamíferos digerem bem somente na infância. Mutações no genoma humano ocorridas há nove 1000 anos, produziram versões de LCT que tornaram possível a digestão de leite assim como na existência adulta, ampliando as experctativas de sobrevivência em tempos de penúria. Caranguejo, lagosta e camarão podem excitar reações enérgicas de alergia. Na China, por exemplo, circunstâncias alérgicas pela ingestão de camarão são as mais comuns. A reação alérgica a tomate está normalmente associada ao uso extremamente frequente desse alimento na dieta. Pessoas alérgicas a frutas cítricas conseguem facilmente mostrar carência de vitamina C. Por esse caso, é preciso recorrer a uma fonte suplementar desta vitamina. A sensibilidade a esses alérgenos é facilmente identificada.

lactaseHoje neste momento encontramos, além do leite, opções de queijos, iogurtes e inúmeros derivados com teor reduzido de lactose. Um litro de leite comum retrata, em média, 4,9g de lactose. Na versão zero lactose, o alimento se torna mais leve e de simples digestão. Como são elaborados os produtos zero lactose? Consumido com moderação, ele ainda podes transportar vários proveitos a saúde, depois que deixamos a infância e adolescência. O leite é a melhor referência de cálcio que existe. O cálcio é um mineral indispensável a formação de ossos fortes. O integral e o desnatado possuem a mesma quantidade de cálcio. Todos os nutrientes do leite são capazes de ser encontrados em outros alimentos. Entretanto ele é um dos alimentos mais completos que existem pelo motivo de possui proteínas, carboidratos, gorduras e minerais, sendo o cálcio um deles. É mito relatar que a bebida é fundamental para combater a osteoporose. A doença está ligada a causas genéticas e ao estilo de vida adotado na pessoal. Todavia como o leite é a melhor referência de cálcio, a toda a hora que possível é agradável tê-lo como produto na dieta. Quer ler mais notícias? Faça seu e-mail @R7. Venha pro R7 Banda Larga!

Antes de diminuir os alimentos, consulte um médico pra excluir a probabilidade de doença celíaca e faça testes para certificar a intolerância à lactose. Se os exames derem negativo, procure a orientação de um nutrólogo ou nutricionista pra que ele faça um cardápio especial sugerindo a redução dessas proteínas e observe se há uma melhoria no quadro. Melhore a rotatividade dos alimentos e acrescente fibras e nutrientes pela alimentação. Não imagine que substituir a farinha de trigo por farinha de arroz e polvilho causará o milagre do emagrecimento. Efetivamente, mamíferos adultos não costumam mamar, já que não aprenderam as técnicas de pecuária que nossa espécie entende há nove mil anos. Porém, por mais esdrúxulas que possam parecer essas filosofias, cabe reconhecer que por volta de 50 por cento da população adulta mundial apresentam cólicas abdominais, flatulência e diarreia ao ingerir leite.

As substâncias que normalmente estão mais relacionadas às alergias tardias são as proteínas do leite de vaca, da soja e do trigo. Além se serem de custoso digestão, elas são consumidas em excedente, visto que fazem parcela da constituição de mais de 90% dos alimentos ultraprocessados e altamente consumidos nesse lugar. Sempre que isso, outras que nos protegeriam de seus efeitos estão sendo deixadas de lado, como as vitaminas, os minerais, as fibras e os compostos bioativos presentes em frutas, verduras e legumes. Você já fez alguma dieta? Se a resposta foi "não", com certeza conhece uma pessoa já tenha feito. Podes ser pra entrar em maneira e cortar alguns quilinhos , alcançar um melhor efeito na academia e receber mais músculos ou pra buscar mais saúde, com uma alimentação mais saudável e regrada. A dieta está sempre por ali, presente em nossas vidas.

No momento em que a digestão estomacal é concluída, o piloro vai abrindo e liberando a pasta ácida semi-líquida (quimo) do estômago para o duodeno em pequenas quantidades. Os líquidos demoram pouco a ir para o duodeno entretanto o estômago vai liberando teu tema meia-hora após o início da refeição e só é esvaziado de dois a 3 horas depois, dependendo do tipo do alimento. 1,trinta e nove / V . A tabela um fornece os resultados de lactose, dos leites analisados, onde verifica-se discordância com o valor rotulado. Diante do mostrado conclui-se que as demonstrações dos leites analisados advertiram resultados positivos para lactose, divergindo do indicado no rótulo "Zero Lactose". Diante resultados tão preocupantes, verifica-se a necessidade de outras análises, principalmente por meio de outros métodos Químicos. Um. BRASIL. Ministério da Agricultura. Laboratório de referencia Animal. Métodos analíticos oficiais pra controle de produtos de origem animal e seus ingredientes. Brasília, 1981.V.2. Métodos físicos e químicos. 2. SILVA, M. C. da et all. ANÁLISE QUANTITATIVA DE LACTOSE E SÓDIO EM QUEIJOS. Três. SOUZA, R.C. RESÍDUOS DE ANTIBIÓTICO NO LEITE. 2006. Quarenta e quatro f. Monografia (Especialização que e lactase em Higiene e Inspeção de Produtos de Origem Animal) - Escola Castelo Branco, Rio de Janeiro, RJ.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/