Comentarios de lectores/as

Mitos E Realidades Sobre isto Os Produtos Sem Lactose

Pedro Benício Martins (2018-08-07)


Após a mastigação, o alimento é deglutido. Pela faringe, no esôfago, no estômago e nos intestinos ele é impelido pelos movimentos peristálticos, cuja ação é involuntária, controlada pelo sistema nervoso autônomo. Ao atravessar em órgãos como a boca, o estômago e o intestino, os alimentos funcionais sofrem ações químicas dos sucos digestivos. Desejamos dividir o processo químico da digestão em etapas que ocorrem em órgãos muitos com nomes diferentes: insalivação (ocorre pela boca), quimificação (acontece no estômago) e quilificação (ocorre no intestino). Ação do sistema nervoso autônomo parassimpático, estimulando a secreção de saliva. I. A adaptação às oscilações diárias da concentração de nutrientes evidencia as alterações pelas quais os seres humanos ajustam seu metabolismo a diferentes condições. II. Depois de uma refeição, o excedente de glicose é mantido pela circulação, por resultância, o fígado responde diminuindo a liberação de insulina, ao passo que o pâncreas se intensifica a concentração de glucagon.

suplementos alimentaresA4 - B5 - C1 - D2 - E3. A4 - B3 - C1 - D2 - E5. A5 - B4 - C2 - D3 - E1. A3 - B5 - C2 - D1 - E4. 09. (UNEAL) A espécie humana, como outros vertebrados, tem inúmeras glândulas endócrinas, várias delas responsáveis na criação de mais de um tipo de hormônio. Os indivíduos que não produzem a enzima lactase, depois da suspensão da lactação, são intolerantes à lactose e apresentam sintomas, principalmente intestinais, no momento em que ingerem leite ou outros produtos que contenham lactose. O teste genetico para tolerância à lactose retrata uma alta correlação com as provas funcionais. Quer dizer, os portadores do genótipo CC, genótipo membro a não persistência na elaboração de lactase, tendem a exibir provas funcionais alteradas. Ao realizar uma revisão sistemática dos estudos disponíveis que compararam o teste genetico com uma prova functional , chegou-se a conclusão que o teste genetico tem setenta e nove por cento de sensibilidade e 83% de especificidade. O novo teste pode predizer com alta perspectiva se um indivíduo é tolerante à lactose ou não.

Uma das grandes preocupações de toda mãe e pai de primeira viagem está relacionada à intolerância à lactose. De lado a lado deste postagem almejo tranquilizá-los e ao mesmo tempo desmistificar um pouco o problema. A intolerância à lactose primária se apresenta, principalmente, no período que compreende os 3 primeiros anos de existência, e ocorre por resultância de deficiência genética da enzima lactase, que hidrolisa a lactose. Traduzindo: crianças com deficiência em lactase, a enzima que permite a digestão da lactose, podem sofrer com gases (flatulência), cólicas, diarreia, náusea e inchaço após ingerir alimentos que contenham essa substância. Isso acontece em razão de a lactose chega intacta ao cólon, sendo fermentada por bactérias, o que irá produzir ácidos orgânicos.

Assim sendo, é preciso dominar detalhadamente os hábitos alimentares de cada paciente pra se combinar uma correlação exata dos alimentos com os sintomas. Por isso, os especialistas precisam trabalhar com as intolerâncias levando em conta as características individuais, e formulando a proposta adequada a cada um. Assim estaremos contribuindo pra melhoria ou manutenção do estado nutricional do paciente e contribuindo para que o tratamento seja bem-sucedido. Visto que a Whey que eu emprego pra consumo, como por exemplo, que é a hidrolisada, não tem lactose, entretanto tem leite. E daí que os produtos do Panelinha são livres de leite , se eu utilizar a Whey, poderá deixar traços e contaminar outros alimentos. E já que não usa a proteína de arroz? Por causa de ela é mais cara e deixaria os produtos com valor mais alto. Não é nossa pretenção. Muitas pessoas que me acompanham por aqui estavam com dúvidas em ligação ao emprego da enzima digestiva da Corporação ASPEN, vendida com o nome fantasia de LACTOSIL, que nada mais é que a enzima lactase em pó. Resolvi escrever essa post pra tentar esclarecer ao máximo a utilização da enzima lactosil, vamos fiscalizar?

Continuarei seguindo seu blog durante o tempo que permanecer com o magnifíco trabalho. Boa noite Dr. Paulo, minhas duas filhas tem asma alérgica, no momento em que consomem cada alimento q contenha corante elas entram em incerteza. Queria saber se seria gerenciar o Singulair, e adoraria de saber se ele tem corante? As Contra-Indicações do SINGULAIR são para quem têm "hipersensibilidade a qualquer componente do produto" (alergia, principalmente aos corantes e intolerância à lactose). Dessa maneira, mesmo algumas pessoas que trocam os produtos habituais pelos sem lactose ainda são capazes de permanecer com os sintomas. Além disso, na verdade, a lactose dos produtos sem lactose não é retirada, só é adicionada a lactase, enzima que quebra o açúcar. Estes produtos normalmente contêm mais sódio. Uma alimentação bem balanceada consegue completar todos os nutrientes sem os leite e seus derivados, inclusive o cálcio. Vou depender permanecer sem leite e derivados para o resto da existência? Isto vai necessitar de pessoa pra pessoa, entretanto geralmente a dificuldade está no exagero.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/