Comentarios de lectores/as

Lista Completa Dos Alimentos Na Dieta Low Carb

Alícia Fernandes (2018-08-07)


"Ele tinha bastante refluxo no momento em que mamava e, com um ano, ficou trinta dias com diarreia, estava quase com desidratação. A médica pediu pra recolher o leite, em razão de, na data, não tinha tantas opções de produtos sem lactose. Ela conta que, por mais ciente que esteja de que não pode consumir produtos com lactose, o garoto acaba ingerindo, principalmente quando não está em casa. As causas dos 2 dificuldades também são satisfatório distintas. "A diminuição da produção da enzima lactase poderá ser decorrente de numerosos fatores, como infecções bacterianas ou virais, doenças do intestino, AIDS, desnutrição ou mesmo o avanço da idade, diz a nutricionista. "Por outro lado, no caso da alergia ao leite, a origem é normalmente congênita, isto é, a pessoa neste momento nasce com a doença". O que são enzimas? Enzimas são substâncias protéicas produzidas pelo nosso corpo. Elas têm a função catalisadora nas reações químicas, para que estas ocorram de forma eficiente. As enzimas não se alteram, todavia modificam quimicamente as substâncias que sofrem a sua ação. A título de exemplo, uma substância A e uma substância B sofrem reações químicas e se transformam em uma substância C. São as enzimas que promovem tal transformação. Por ação das enzimas, as reações químicas ocorrem no nosso organismo em só uma hora. Sem elas, tais reações demorariam, presumivelmente, em torno de 1000 anos pra suceder.

Isso ocorre apenas quando, perto com a diminuição, vier a inclusão de outros alimentos ricos em nutrientes. A indicação para a lactose não é extremamente desigual. Se a pessoa não tiver uma sensibilidade muito enorme ou quadro alérgico, não é preciso retirar o leite e seus derivados por completo da alimentação. Não obstante, o excesso de protease pode acarretar certos prejuízos, como pequeno volume, textura grosseira e modificação da cor do miolo. Pra que as enzimas tenham um fantástico rendimento é importante conhecer os fatores que influenciam tua atividade. Os mais primordiais são temperatura, pH e tempo. A atividade enzimática é influenciada principalmente pela temperatura, pH e tempo. Pra produzir um queijo do tamanho tradicional, com peso de cerca de um quilo, são utilizados por volta de 9 litros de leite integral de rebanhos leiteiros selecionados. Depois da ordenha, o leite é filtrado e destinado a tanques de resfriamento, resguardando e conservando tuas qualidades originais. É coletado rodovia "carro tanque" e destinado para indústria onde será outra vez filtrado e pasteurizado (tratamento a partir do calor que visa preservar as características originais e a segurança alimentar). Todo produto lácteo necessita ser criado a partir de leite pasteurizado; o leite não pasteurizado, ou melhor o leite "cru" é um relevante carro de transmissão de doenças, sendo assim não necessita ser consumido.

SÃO PAULO - Depois dos alergênicos, a lactose tem que ser o próximo item a ser citado com destaque em rótulos de produtos industrializados comercializados no País. A inclusão da informação é considerada uma vitória pra pessoas com intolerância à lactose. Diagnosticada com a incapacidade de digerir a substância aos vinte e um anos, a enfermeira Flávia Regina Georgete, de trinta e cinco, diz que mesmo os alimentos funcionais comercializados como zero lactose não são garantia de que ela não terá reações. Fazia tempo que eu queria captar como a indústria consegue gerar leite sem lactose. Enfim eu consegui desvendar este mistério. Eu já sabia que a indústria utiliza uma versão industrial da enzima lactase com intenção de arredar a lactose do leite. Isto não é mistério nenhum, é só ler a tabela de ingredientes para saber que a lactase está lá. O que eu não sabia é como essa enzima age fora da nossa barriga.

O check-up de acidez das fezes, o recém-nascido ou guria precisa ingerir uma pequena quantidade de lactose. Logo depois, se analizam várias demonstrações de fezes para estabelecer a acidez. Com uma deficiência em lactase, a lactose não absorvida entra no cólon e é convertida em ácidos por bactérias, tais como, o objeto derivado é o ácido láctico. O ácido láctico provoca acidez nas fezes. Desse modo, um bebê ou uma criancinha carente de lactase produz fezes ácidas depois do teste de lactose. O check-up de acidez de fezes é incomum, hoje, nós preferimos o check-up de respiração, mesmo em crianças. Esta enzima costuma ser a responsável pela quebra de lactose no aparelho digestivo de quem consome o leite. Dependendo do grau da deficiência, nem mesmo uma pequena porção de sorvete é tolerável. Pra superar o problema e usufruir os benefícios dos alimentos derivados do leite é importante controlar os sintomas por dietas.

Em torno de 2/três da população mundial, segundo fatos da Nação Brasileira de Alimentação e Nutrição, retém deficiência da enzima lactase. É ela a responsável pela quebra do açúcar lactose, presente em laticínios. Sem a lactase, um copo de leite se torna um problemão. Este açúcar se acumula no intestino, o que significa casa, comida e roupa lavada pra bactérias, que se multiplicam, causando dificuldades como gases e diarreia. MITO - Devido às tecnologias atuais, o teor de proteínas do soro (Whey protein) não tem relação ao teor de lactose no objeto. Se na embalagem do objeto que contém Whey Protein contiver o dado "zero lactose", o objeto será seguro para o sujeito com intolerância. Toda gente tem um desconforto com produtos com lactose. Certas manifestações são capazes de dedurar esse defeito. Eis um dos principais desafios para constatar se a lactose é a causadora dos incômodos: as sensações desagradáveis são capazes de ser confundidas com sinais de novas doenças gastrointestinais. Angústia, flatulências e barriga inchada realizam fração do quadro. A diarreia também. Isso em razão de, na falta da enzima lactase, a lactose não é digerida e atrai água pro intestino, causando o desarranjo.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/