Comentarios de lectores/as

Vilões" Do Instante, Glúten E Lactose Podem Causar Intolerâncias Se Consumidos Em Exagero

Alícia Fernandes (2018-08-06)


suplementos alimentaresMulheres grávidas ou em fase de amamentação bem como precisam escoltar orientação médica antes de dar início o uso desses suplementos alimentares. Quantas cápsulas devo usar? É significativo ressaltar, entretanto, que se há uma demora entre a ingestão de um alimento lácteo e outro, é significativo precaver-se fazendo exercício da enzima outra vez. Isso pode talvez ocorrer em festas, tendo como exemplo, onde há um grande intervalo entre a entrada e a sobremesa. Quando devo tomar a enzima lactase? A recomendação dos fabricantes é que você faça exercício da enzima no momento em que você irá começar a consumir um alimento com lactose. E se a enzima não fizer efeito? Vale ressaltar que no momento em que se trata de uma alergia a remédio é preciso a todo o momento alertar o médico, mesmo que você esteja tratando de outra dificuldade. E jamais se automedicar. A alergia alimentar é uma reação causada por um instrumento do sistema imunológico, ou seja, do sistema de defesa do corpo humano que o defende de modo errada e razão uma doença. Já a intolerância alimentar caracteriza-se pelas reações não causadas por mecanismos imunológicos e dependem das propriedades farmacológicas do alimento ou das características do paciente. A título de exemplo, quem tem intolerância à lactose mostra na verdade uma reação ao açúcar do leite por inexistência da enzima lactase no organismo.

Próximo as algumas enzimas produzidas pelo intestino delgado atua melhor em pH alcalino. MALTASE: Atua a respeito da maltose (desenvolvidas pela digestão do amido) e a transforma em duas moléculas de glicose. É produzida pelo intestino delgado. Além das enzimas ditas acima, existem ainda outras, como muitas peptidades (atuarão a respeito de subprodutos da digestão de proteínas: os peptídios), as nucleases (agem sobre isso os ácidos nucléicos) e as nucleotidades (agem a respeito os nucleotídeos). Existe bem como uma outra substância, que NÃO é uma enzima, chamada BILE. Entre os sintomas da intolerância à lactose estão diarreias constantes, constipação ou intestino confinado e distensão (inchaço) e dores abdominais. Adulto pode ingerir leite de vaca? Contudo, os proveitos do leite são sabidos e tua suspensão sem controle do restante da alimentação pode gerar a deficiência de cálcio. A médica explica que adultos podem comprar fontes ainda melhores de cálcio pra impedir doenças como a osteoporose em alimentos como gergelim, linhaça e verduras escuras. Mas, no caso da moça, a ocorrência requer um pouco mais de cautela. Naturalmente nos encantamos com as vantagens de um produto, independentemente de sua origem, porém precisamos meditar o quanto elas são reais ou não. No caso do vinagre, quero nomear 6 privilégios para a sua utilização que são comprovados cientificamente e de fato funcionam. O ácido acético é essencial para o seu corpo humano, que tem a finalidade de inibir a ação de numerosas enzimas como a sacarase, a lactase, a amilase e a maltase. Sem ele, a absorção de açúcar e amido é bem maior.

O tratamento pro caso é a reposição de glicosee. Em casos mais brandos, um suco de laranja com açúcar ou copo de refrigerante é suficiente, mas em casos graves pode ser essencial injetar glicose na veia. Há numerosos tipos de anemia, no entanto a mais comum é a causada por deficiência de ferro, chamada de ferropriva, segundo explica Camila Naegeli Caverni, nutricionista da Headache Center Brasil e pesquisadora da Unifesp (Instituição Federal de São Paulo). Outros tipos como as deficiências de zinco, vitamina B12 e ácido fólico são mais raros. A anemia reduz os níveis de hemoglobina em circulação pela corrente sanguínea, o que significa que as células vermelhas não se formam corretamente.

Teste respiratório de hidrogénio - este teste analisa a quantidade de hidrogênio que é soprada. Quando a lactose é fermentada por bactérias no intestino, ao invés de ser convertido na lactase, mais hidrogénio é produzido. Dieta de eliminação - esta envolve a remoção de alimentos que contenham lactose pra enxergar se os sintomas melhoram. É possível comer alimentos de fontes vegetal como agrião e rúcula; leguminosas como feijão, ervilha e lentilha; grãos integrais como arroz; e alimentos enriquecidos como pão e leite. É possível que exista indispensabilidade de remédio, dependendo da gravidade da deficiência. Também, Camila explica que não é indicado consumir ferro e cálcio pela mesma refeição, visto que no instante da absorção dos nutrientes pelas células, eles utilizam o mesmo canal e o cálcio acaba sendo melhor absorvido.

Esta intolerância desaparece no momento em que a doença é tratada. Como se diagnostica a Intolerância à Lactose ? Várias vezes é o doente que nota que a todo o momento que bebe leite em superior quantidade, sente angústia abdominal, ouve ruídos intestinais - borborigmos -, tem distensão abdominal e diarréia. No entanto o diagnóstico, com freqüência passa desapercebido visto que não se nota que há uma relação com a ingestão de leite e derivados do leite ou visto que os sintomas são bastante ligeiros. O sistema digestório dos animais é a sede principal das mudanças dos alimentos. Pode ser completo (tubo digestivo dotado de duas aberturas: boca e ânus) e incompleto (tubo digestivo com uma única abertura – localizado nos cnidários e platelmintos). Em alguns grupos de animais o sistema digestório não termina no ânus, mas em uma cavidade denominada cloaca. Os produtos da digestão são absorvidos por pequeninas artérias agora sob o epitélio nos villi. O que acontece com o que não é absorvido ? Os alimentos levam por volta de 4 horas para transpor o intestino delgado (quase 7 metros). Ao chegar ao intestino grosso (um,dois metros), bactérias presentes ainda segregam outras enzimas que permitem que outras substâncias resultantes da digestão ainda sejam absorvidas.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/