Comentarios de lectores/as

O Que é Lactose E Porque Acontece A Intolerância

Alícia Fernandes (2018-08-04)

En respuesta a Gastroenterologia Pediátrica E Nutrição: Intolerância à Lactose: Mitos E Realidade (quatro)

Bromelina e papaína: Elas são enzimas proteolíticas. Assumem a função de decompor as proteínas em peptonas menores por intermédio de hidrólise. Essas enzimas estão extremamente presentes em suplementos voltados para pessoas que consomem vários alimentos protéicos pra ganho de massa muscular. Eles contribuem pra maior eficiência na digestão das proteínas. Este controle é feito por hormônios. I. A adenoipófise produz e secreta a ocitocina, hormônio que estimula a eliminação do leite. II. A neuroipófise produz e secreta o FSH, hormônio que estimula a contração da glândula mamária. III. A adenoipófise produz e secreta a prolactina, hormônio que estimula a realização do leite.

enzima lactase comprarO problema atinge cinquenta por cento das pessoas, segundo estimativas de uma busca norteamericana mencionada na alergologista Loraine Landgraf, diretora regional da Nação Brasileira de Alergia e Imunopato­logia. É cada vez mais comum descobrir pessoas que, com o passar do tempo, desenvolvem uma sensibilidade ao leite que rende cólicas, gases e diarreias. No entanto como conciliar a recomendação de ingerir leite – fonte de proteínas, vitaminas e cálcio – à intolerância natural progressiva ao produto? Scheila afirma que há duas maneiras de combater o problema.

Eles alteram o açúcar do leite em compostos absorvíveis - glucose e galactose. Se não houver lactase suficiente, ele pula o recurso digestivo normal e é parcialmente dividido pelas bactérias no intestino. Este processo de fermentação razão um acréscimo exagerado nos gases, inchaço e dor intestinal. Qualquer lactose não digerida é enviada no decorrer do trato intestinal. As pessoas algumas vezes confundem intolerância à lactose com alergia ao leite de vaca. A alergia ao leite é uma reação pelo sistema immune do corpo pra uma ou mais proteínas do leite e são capazes de ter traço de vida quando somente uma pequena quantidade de produtos do leite é consumida. Lactosil Adulto ou Lactosil Infantil é indicado para intolerantes à lactose, facilitando a digestão do leite e seus derivados, evitando incômodos e mal-estar pela digestão, em adultos e crianças. A dose de Lactosil a utilizar, vai depender directamente da quantidade de lactose presente no alimento a ingerir, pelo que a dose a utilizar necessita ser calculada de acordo com a quantidade de lactose indicada pela embalagem do artefato.

A intolerância à lactose é a intolerância a carboidrato mais comum entre pessoas de todas as faixas etárias e influencia em torno de 70% dos adultos do mundo. Devido à prevalência dessa condição pela população mundial, tem aumentado o interesse comercial nos leites e derivados com teor reduzido de lactose. E isso pode ser obtido por intermédio da hidrólise da lactose, principalmente pelo esquema enzimático, com a utilização da enzima lactase. A lactose é o açúcar naturalmente presente no leite e em alguns laticínios, provocando diarreia e gases em pessoas com baixa geração da enzima que digere a lactose no intestino - dificuldade popularmente chamado de intolerância à lactose. Nesses casos o maravilhoso é limitar o consumo de lactose, a despeito de o cálcio, presente nos alimentos lácteos, seja bastante respeitável pro corpo.

Quais as causas de deficiência da enzima LACTASE ? PRIMÁRIA - " Não disposição da Lactase " no decorrer da vida do indíviduo, evoluindo com decréscimos ou inexistência da enzima depois do tempo de lactação. Somente alguns grupos populacionais criaram " persistência da lactase em capsulas " (30%), devido à mutações genéticas. Portanto, os indivíduos apresentam uma queda NORMAL da lactase na mucosa intestinal, podendo criar ou não sintomas, dependendo da quantidade de lactose consumida.

Se o rapaz não retrata sinal ou sintoma, não é recomendado apagar um alimento da alimentação. A retirada de um grupo de alimento da dieta sem orientação profissional poderá causar desequilíbrio pela peculiaridade nutricional do leite. Também, poderá potencializar o aparecimento de alergias alimentares. Muitas mães acreditam que ao suprimir da dieta alimentos potencialmente alergênicos como, leite de vaca, trigo, amendoim, soja, ovo e milho, previnem o aparecimento de alergias alimentares no bebê. Estudos evidenciam que o efeito poderá ser oposto e em alguns casos predispor a criancinha a alergias no futuro. Aluna do ensino médio pela cidade paranaense de Londrina (Paraná). A cápsula desenvolvida por Maria Vitória tem a enzima lactase, responsável pela "quebra" da lactose. As cápsulas precisam ser colocadas em uma tigela com leite e, de quatro a 5 horas depois, o leite está respectivo para o consumo de quem tem intolerância à lactose. O estimulado é que diferentes partes do mundo notabilizam maior ou menor tolerância ao açúcar do leite. Pessoas de países do leste asiático, oeste africano, Grécia e Itália são de forma especial intolerantes à lactose, durante o tempo que 95% das pessoas do norte da Europa são tolerantes ao açúcar. "Em pelo menos 5 casos diferentes, populações melhoraram o gene responsável por digerir o açúcar pra que ele continue ágil pela fase adulta", diz Hawks.

Respuestas

Intolerância à Lactose Diário Da Localidade

Alícia Fernandes (2018-08-14)

alimentos funcionaisSe conquistar localizar o que você tem, compartilhe com a gente. Procure elucidar isto com teu médico ou procure outro e faça novos exames. Os remédios não curam as alergias, apenas controlam... Leer más

Dr. Paulo Maciel

Alícia Fernandes (2018-08-15)

As características da farinha de trigo são originadas, em amplo quota, pelas enzimas presentes no grão desse cereal. Nos dias de hoje, essas características são capazes de ser corrigidas ou... Leer más



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/