Comentarios de lectores/as

Causa, Sintomas E Tratamento

Daniel Santos (2018-08-03)


alimentos funcionaisRecém lançada pelo Laboratório Apsen, a enzima digestiva LACTASE, neste instante está disponível no Brasil àqueles pacientes portadores de Intolerância à Lactose. A Intolerância à Lactose caracteriza-se pela incapacidade ( parcial ou total ) do cidadão em digerir a lactose ( açúcar do leite ) em consequência a deficiência ou ausência da enzima intestinal chamada lactase. Esta afecção gera transtornos gastrointestinais e sistêmicos que limitam e diminuem de sobremaneira a particularidade de vida destes pacientes. Uma vez diagnosticada e quantificada, o tratamento desta deficiência enzimática a todo o momento implica em uma redução ou restrição do consumo de leite e derivados a final de se suprimir os sintomas. Para as pessoas que não quer abrir mão dos alimentos lácteos, a opção consiste em ingerir alimentos com baixo teor ou zero de lactose (leites, queijos, iogurtes) ou fazer exercício de suplementação enzimática.

A intolerância à lactose corresponde à elaboração insuficiente ou nula de lactase, enzima essencial no modo digestivo da lactose. Esta enzima possibilita decompor o açúcar do leite em carboidratos mais claro pra tua melhor absorção. A lactose é o açúcar do leite, um dissacarídeo que com a ação da enzima lactase, transforma-se em dois monossacarídeos: glicose e galactose. Esses carboidratos descomplicado, após formados, são facilmente absorvidos pelo organismo. Não obstante, a ausência ou deficiência pela elaboração da lactase faz com que a lactose chegue até o intestino grosso sem ser absorvida pelo organismo. Ela é fermentada por bactérias causando gases e sintomas inconfundíveis de indigestão. A intolerância à lactose é um prazeroso exemplo. A lactose é um açúcar (dissacarídeo) achado no leite, do mesmo jeito que a frutose é o açúcar da fruta, e a sacarose é o açúcar da cana. Pra ser absorvida pelo intestino, a lactose precisa ser quebrada em porções pequenos pela ação de uma enzima chamada lactase.

Use e abuse deles! Prepare você mesmo o molho pra sua salada e elimine aqueles industrializados. As nozes e castanhas são fontes de gordura do bem e são muito bem-vindas na Dieta Low Carb. Contudo, não precisam ser consumidas em exagero, em razão de contêm um pouco de carboidrato. São elas: amêndoa, avelã, castanha-do-pará, castanha-de-caju, nozes, nozes pecan, pistache, macadâmia e baru. Os sintomas ocorrem várias vezes de 30 minutos a dois horas após a ingestão de produtos lácteos e são frequentemente aliviados no momento em que a ingestão de produtos lácteos é interrompida. Bebês ou crianças podem ter um progresso mais lerdo ou perda de gordura. Geralmente, a redução ou a remoção de produtos lácteos da dieta melhoria os sintomas da intolerância à lactose.

O leite e derivadossão frequentemente adicionados a alimentos processados - alimentos que foram alterados para prolongar teu tempo de validade. Perceber os ingredientes nos rótulos dos alimentos é vantajoso para descobrir possíveis fontes de lactose em produtos alimentares. Se alguma dessas frases estão listadas no rótulo, o objeto contém lactose: lactose, leite coalhada, soro de leite, leite em pó seco, sub-produtos de leite desnatado. A lactose também é usada em alguns medicamentos, incluindo pilulas anticoncepcionais, medicamentos de exercício liberal com aueles para tratar a acidez e gás do estômago. Esses medicamentos a maior parte das vezes causam sintomas em pessoas com intolerância acentuada à lactose.

O método de absorção da lactose está intimamente referente com a atividade da enzima lactase, que precisa estar presente naturalmente no corpo humano. A quantidade de lactose queirá causar sintomasvaria de indivíduo para ser, dependendosobre o montante e a maneira de lactose contida no alimento, como este o grau de deficiência de lactase. · Deficiência de lactase primáriaé atribuída a relativa ou absolutaausência de lactase, quedesenvolve pela infância, em diferentes idades eem diferentes grupos raciaise é a circunstância mais comum damá absorção de lactose eintolerância. Deficiência de lactase primáriaé bem como referidocomo adultos hypolactasia tipo, nonpersistence lactase comprar,ou hereditáriadeficiência de lactase. · Deficiência de lactase secundária é resultadode lesões do intestino delgado, gastroenterite aguda, diarréia persistente, desenvolvimento excessivo do intestino delgado,quimioterapia, ou outrascausas que afetam a mucosa intestinal, e poderá apresentarem qualquer idade, entretanto é mais comumna infância. · Deficiência congênita de lactase é muito diferente; teleologicamente,crianças com deficiência congénita de lactase serianão se podes esperarpara sobreviver antes do século 20, por ainda não existir substitutos lácteos, nutricionalmente adequados.

SACARASE: Atua sobre a sacarose (como o nome sugere) e a transforma em glicose e frutose. É produzida pelo intestino delgado (pelas células da parede dele) e como as enzimas do pâncreas, atua melhor no momento em que o pH é alcalino. LACTASE: Assim como é produzida pelo intestino delgado e age a respeito de alactose transformando a em galactose e glicose. Há bem como enzimas que neste momento possuem nomes "famosos" e destacados e que não seguem esta norma, como a pepsina, que age sobre isso as proteínas durante a digestão no estômago. Como as enzimas são também proteínas, fatores como o pH, a temperatura e a concentração de substrato vão influenciar no seu funcionamento. As enzimas, como toda proteína, sofrem desnaturação em certas condições e param de funcionar.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/