Comentarios de lectores/as

Testes De Sistema Endócrino (um/quatro)

Alícia Fernandes (2018-08-03)


alimentos funcionais6. Montalto M, Curigliano V, Santoro L, et al. Management and treatment of lactose malabsorption. Sete. Lami F, Callegari C, Tatali M, et al. Efficacy of addition of exogenous lactase to milk in adult lactase deficiency. 8. Rosado JL, Solomons NW, Lisker R, Bourges H. Enzyme replacement therapy for primary adult lactase deficiency. Effective reduction of lactose malabsorption and milk intolerance by direct addition of beta-galactosidase to milk at mealtime. 9. Rosado JL, Morales M, Pasquetti A. Lactose digestion and clinical tolerance to milk, lactose-prehydrolyzed milk and enzyme-added milk: a study in undernourished continuously enteral-fed patients. Dez. Montalto M, Nucera G, Santoro L, et al. Effect of exogenous beta-galactosidase in patients with lactose malabsorption and intolerance: a crossover double-blind placebo-controlled study. 11. Solomons NW, Guerrero AM, Torun B. Dietary manipulation of postprandial colonic lactose fermentation: II. Addition of exogenous, microbial beta-galactosidases at mealtime.

Para os intolerantes, os produtos "sem lactose" são capazes de ser consumidos. Não obstante, é excelente ressaltar que para a fabricação desses produtos é utilizada a enzima lactase sintética. Desse caso, a enzima somente quebra a lactose em açúcares simples, facilitando a sua digestão e absorção pelo intestino. Isto é, quantidade de açúcar existente nos alimentos não é reduzida nem sequer eliminada. Isto é possível visto que as indústrias inserem a enzima lactase ao produto. Para quem não quer abrir mão dos alimentos com lactose, a saída é uma pastilha chamada LACTAID, composto da lactase, acessível nos Estados unidos. Ela tem que ser mastigada logo após a ingestão dos alimentos funcionais com lactose. Teu efeito é quebrar e desenrolar a lactose permitindo que o leite seja absorvido diretamente sem os efeitos descritos em um momento anterior.

Essa incapacidade resulta da inexistência de quantidade bastante de uma enzima (lactase) no interior das dobras do intestino. Nas pessoas alérgicas, a lactose continua dentro do intestino e chega ao intestino grosso, onde é fermentada por bactérias, produzindo ácido lático e gases. Os sintomas de quem sofre com intolerância à lactose são dores abdominais, diarréia e até vômitos. Uma vez diagnosticada a alergia a lactose, o alimento precisa ser eliminado da alimentação. Cada um vai ter que estudar com a experiência. Não esquecer que a maioria dos bolos, um pão e outros produtos contêm lactose. A lactase existe comercializada em líquido ou comprimidos. Outras gotas de lactase acrescentadas a um copo de leite, diminuem em 24h, a lactose do leite em 70%. Os iogurtes e o queijo são normalmente bem tolerados. No mercado existe leite quase sem lactose, como os citados acima. Intolerância à lactose poderá aparecer em cada idade. Durante a amamentação, a atividade da lactase no intestino é alta, porém declina naturalmente depois do desmame. "Quando ocorre a falta desta enzima, a lactose, que é uma sensacional fonte de energia pros micro-organismos do cólon, é fermentada com ácido láctico, metano e gás hidrogênio. O gás produzido cria uma intuição de incômodo por distensão intestinal e flatulên¬cia. O ácido láctico produzido pelos microorganismos puxa água pro intestino, assim como a lactose não digerida, ocasionando em diarreia. Pessoas com estes distúrbios são consideradas intolerantes à lactose", explica a nutricionista Kimielle Cristina Silva Consultora Técnica da Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde (CGAN/DAB/SAS/MS). De acordo com a nutricionista, há 3 tipos de intolerância a lactose: a congênita é a mais rara, onde o menino imediatamente nasce com deficiência na lactase, tendo diarreia no momento em que amamentado ou ao ingerir alimentos a base de lactose.

III. À capacidade que a glicose circulante atinge o seu valor basal, o pâncreas secreta o hormônio glucagon, iniciando o tempo pós-abortivo, no qual a glicemia será mantida pela degradação do glicogênio hepático. IV. Se as reservas de carboidratos do organismo estiverem abaixo do normal, a glicólise, oriunda dos triglicerídeos dos músculos esqueléticos, será a única rodovia capaz de manter a glicemia em níveis satisfatórios. A lactose é um açúcar presente no leite e seus derivados. Em alguns adultos, a deficiência da enzima lactase, presente nas microvilosidades intestinais, provoca o acrescentamento dos níveis desse açúcar no momento em que ingeridos alimentos lácteos. Nestas ocorrências, a lactose passa a ser digerida na lactase bacteriana presente pela flora intestinal, causando inchaço e diarreia.

Incontáveis tipos de bactérias habitam o intestino grosso e decompõem algumas fibras indigeríveis, fermentam açúcares e decompõem outras proteínas. Certas bactérias são capazes de sintetizar vitamina K e B. Ainda não está claro o quanto de vitamina B pode ser absorvido pelo intestino grosso, mas metade da quantidade necessária de vitamina K é de origem bacteriana. Os alimentos levam de 12 a 18 horas pra conseguir o reto. Durante este tempo a água é absorvida e os dejetos são compactados gradualmente pra serem expelidos.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/