Comentarios de lectores/as

Enzima LACTASE Agora Disponível No Brasil

Alícia Fernandes (2018-08-03)


A lactose não absorvida passa, desta maneira, pro intestino grosso. Ali é metabolizada pelas bactérias (fermentação), atraindo ainda mais água. O efeito são mais dores, edemas, flatulência e diarréia, além de a digestão e a absorção de outros nu- trientes ficarem comprometidas. O tratamento pra o problema consiste em enquadrar a ingestão de lactose ao limite de tolerância do paciente. E ainda desse modo, é sempre bom ler o rótulo e os ingredientes de cada produto consumido. Por exemplo, a maioria dos chocolates com mais de 50% de cacau não tem leite, porém alguns têm. Obter confiando inteiramente, sem distinguir os ingredientes não é bom e às vezes você poderá só jogar dinheiro fora. Eu ainda discordo bastante com este nome e com os preços dele. Os "sem lactose" para mim, na maioria das vezes deveria vir com "com lactase" no rótulo. Eles não passam por processos especiais pra retirara a lactose; o que ocorre é que a enzima lactase é adicionada a eles.

alimentos funcionaisO que é intolerância à lactose? Intolerância à lactose é a incapacidade parcial ou total para digerir a lactose, um açúcar achado no leite e derivados. É causada por uma deficiência da enzima lactase, que é um produzida pelas células que recobrem o intestino delgado. A lactase transforma a lactose em duas formas mais acessível de açúcar denominadas glicose e galactose, as quais são, logo, absorvidas pra corrente sanguínea. Nem todas as pessoas com deficiência de lactase têm sintomas digestivos, todavia aquelas que têm são capazes de ter a intolerância à lactose. A maioria das pessoas com intolerância à lactose podem tolerar alguma quantidade de lactose na sua dieta. Aquelas com pescoço comprido conseguem se alimentar de folhas inacessíveis às outras, e deixam, assim sendo, mais descendentes. Darwin, a girafa adquire o pescoço comprido com a sobrevivência diferencial de girafas. As girafas que esticam seus pescoços geram uma prole que agora nasce com pescoço mais comprido e, cumulativamente, de um a outro lado das gerações, o pescoço, em média, aumenta de tamanho.

Outros alimentos bem como indicados para as pessoas que tem problema com a digestão da lactose são os iogurtes e os queijos maturados, como o parmesão e o queijo suíço. A lactose desses alimentos funcionais é degrada por bactérias do tipo Lactobacillus, havendo um modo parelho com o que ocorre no leite sem lactose. No entanto, várias pessoas também não conseguem tolerar os iogurtes, e são capazes de substitui-los por iogurtes de soja ou sem lactose. Veja qual é a quantidade de lactose nos alimentos.

Apesar de geralmente ser diagnosticada pela infância, os adultos também são capazes de construir intolerância à lactose, com sintomas mais ou menos intensos de acordo com a gravidade da intolerância. Esses sintomas normalmente aparecem momentos após a ingestão de leite de vaca, derivados do leite ou produtos que sejam preparados com leite. 7 dias para acompanhar se os sintomas desaparecem. Se suspeita que não digere bem o leite de vaca experimente deixar de ingerir esse leite por 7 dias. Sua designação se deve ao teu aspecto parecido à uma roda denteada. Giardíase, criptosporidíase e outros parasitas do intestino delgado freqüentemente acarretam intolerância à Lactose, em qualidade da lesão direta que esses agentes provocam sobre isso os enterócitos. Nas comunidades desprovidas dos privilégios do saneamento essencial e naquelas populações que vivem em condições de promiscuidade tornam-se principlamente prevalentes as infecções intestinais pelas cepas enteropatogênicas de Escherichia coli. Figura 3- Incubação de Escherichia coli O111 em cultura de células HELA evidenciando nichos da bactéria com semblante típico de adesão localizada. Estes agentes afetam principalmente lactentes no decorrer dos primeiros anos de existência e devido tua ação fisiopatológica provocam graves lesões pela mucosa do intestino delgado e estão freqüentemente associadas a intolerâncias alimentares. Figura seis- Ultramicrofotografia do enterócito em fase inicial de infecção por cepa de Escherichia coli O111; verificar a destruição das microvilosidades e a presença de determinadas bactérias no interior do enterócito.

Como o médico faz o diagnóstico? Freqüentemente a intolerância à lactose é sugerida na história clínica, principalmente quando as informações são determinados e especificamente perguntados. A redução de sintomas depois de algumas semanas de dieta livre de lactose serve como teste diagnóstico/ terapêutico. O Teste de Tolerância à Lactose é o usado em nosso meio, já que não dispomos do Teste Respiratório, tido com o mais sensível e definitivamente o mais descomplicado dos métodos. Entre nós, o paciente recebe para ingerir um copo d'água contendo de 50 a 100 g de lactose e lhe é tirado sangue 4 a 5 vezes no espaço de duas horas. AMILASE SALIVAR: Bem como é secretada pelas glândulas salivares e também age sobre o amido. PEPSINA: Produzida na própria parede do intestino, ela age sobre o assunto as proteínas. Teu melhor funcionamento acontece em pH ácido. A pepsina é produzida em uma maneira inativa, o pepsinogênio, que ao entrar em contato com o HCl (ácido clorídrico) se torna esperto e vira a pepsina.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/