Comentarios de lectores/as

Vilões" Do Momento, Glúten E Lactose Podem Causar Intolerâncias Se Consumidos Em Excesso

Pedro Benício Martins (2018-07-30)


III. À proporção que a glicose circulante atinge o seu valor basal, o pâncreas secreta o hormônio glucagon, começando o tempo pós-abortivo, no qual a glicemia será mantida pela degradação do glicogênio hepático. IV. Se as reservas de carboidratos do corpo humano estiverem abaixo do normal, a glicólise, oriunda dos triglicerídeos dos músculos esqueléticos, será a única rua apto de manter a glicemia em níveis satisfatórios. A lactose é um açúcar presente no leite e seus derivados. Em alguns adultos, a deficiência da enzima lactase, presente nas microvilosidades intestinais, provoca o acrescento dos níveis desse açúcar quando ingeridos alimentos lácteos. Nestas ocorrências, a lactose passa a ser digerida pela lactase bacteriana presente pela flora intestinal, causando inchaço e diarreia.

suplementos alimentaresUma das grandes preocupações de toda mãe e pai de primeira viagem está relacionada à intolerância à lactose. Através nesse postagem quero tranquilizá-los e ao mesmo tempo desmistificar um pouco o problema. A intolerância à lactose primária se apresenta, principalmente, no tempo que compreende os três primeiros anos de vida, e ocorre por consequência de deficiência genética da enzima lactase, que hidrolisa a lactose. Traduzindo: crianças com deficiência em lactase, a enzima que permite a digestão da lactose, são capazes de sofrer com gases (flatulência), cólicas, diarreia, náusea e inchaço depois de consumir alimentos que contenham essa substância. Isto ocorre por causa de a lactose chega intacta ao cólon, sendo fermentada por bactérias, o que irá gerar ácidos orgânicos.

Para ativar uma reação, seria preciso energia suficiente pra romper tais ligações. A presença de enzimas no corpo humano dispensa a indispensabilidade deste acréscimo de energia, pois que se unem às moléculas para formar compostos complexos intermediários, que se decompõem e constituem os produtos finais. As enzimas liberam-se da reação sem sofrerem modificações e ficam preparadas pra prosseguir tua ação de catalisadores pela formação de novos produtos. A característica principal da ação enzimática sobre o organismo é sua especialidade. Cada tipo de enzima atua sobre isto um composto ou substrato filiado, cuja infraestrutura tem que encaixar-se à da enzima de forma que os centros ativos correspondam perfeitamente. Esse procedimento pode ser comparado com a ligação entre uma chave e tua fechadura, pois que cada substrato possui uma enzima específica, qualificado de abrir os rumos para tua transformação. Os grupos catalíticos dos centros ativos de uma enzima atuam com um rendimento mais de um milhão de vezes superior que o de outras substâncias análogas numa reação não-enzimática.

As pessoas que sofrem com a doença celíaca têm uma reação imunológica à ingestão do glúten, uma proteína do trigo, cevada e centeio. A prevalência da doença celíaca, mas, não parece estar aumentando nem ao menos diminuindo nos últimos milênios. Outros exemplos de prosperidade por intermédio da dieta são muito misteriosos. A amilase salivar é a enzima responsável pela digestão dos carboidratos. Historicamente, pessoas do oeste da Eurásia e da Mesoamérica têm mais cópias do gene responsável por tua produção. Isso significa que essas pessoas foram selecionadas pra diferir carboidratos melhor? "Isso é concluente e poderá ser verdade. Todavia a biologia é complicada e não sabemos com certeza como isto tem êxito e qual a credibilidade disso", diz Hawks. As crianças que nasceram de gestação a termo normalmente não revelam sinais de intolerância à lactose até completarem pelo menos 3 anos de idade. A intolerância à lactose podes começar em diferentes momentos da vida. Em indivíduos brancos, ela geralmente afeta crianças acima dos 5 anos de idade. Em afro-americanos, a intolerância à lactose frequentemente ocorre ao redor dos dois anos de idade. Talvez precise continuar um tempo sem a lactose para poder regular seu organismo, mas outras exceções não vão te fazer mal. Não se esqueça de buscar um nutricionista funcional para condizer melhor a sua alimentação. Você faz exercício de produtos sem lactose? Possui algum tipo de intolerância ou alergia? Compartilhe tua vivência conosco!

A estudante de nutrição Monalisa Cavallaro, 27, sofreu durante 3 anos com crises de diarreia, dor abdominal, enjoos e fragilidade antes de ter o diagnóstico que mudou radicalmente a sua rotina alimentar: sofria de intolerância à lactose. O mal, que acomete até 50% da população adulta, segundo estudos, é caracterizado pela inexistência da enzima lactase no corpo humano, causador da digestão da lactose, o açúcar presente no leite. A advogada Renata Martins Fialdini, passou por drama parelho, só que com tua filha, Maria Eduarda, hoje com 6 anos. Você bem como pode procurar produtos com lactose reduzida, cada vez mais acessíveis nas prateleiras dos supermercados nas cidades enormes. Porém só troque o leite da criancinha após discutir com o pediatra, pelo motivo de na maioria das vezes o leite com lactose reduzida não é integral, a versão recomendada remedio para intolerantes a lactose crianças pequenas.

Respuestas

Anvisa Define Regras Pra Rotulagem De Alimentos Com Lactose

Cauã Campos (2018-07-30)

alimentos funcionaisIogurtes, mesmo quando ingeridos em enorme quantidade, não causam sintomas, já que as "bactérias do bem" (probióticos) presentes nas suas fórmulas (Lactobacillus Acidophillus, Lactobacillus... Leer más

Vilões" Do Momento, Glúten E Lactose São capazes de Causar Intolerâncias Se Consumidos Em Exagero

Pedro Benício Martins (2018-08-03)

... Leer más

Mal-estar Num Copo De Leite

Pedro Benício Martins (2018-08-22)

A intolerância à lactose é o conjunto de sintomas digestivos desencadeados pela ingestão de leite e derivados nos indivíduos com deficiência da lactase, enzima produzida pelo intestino.... Leer más



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/