Comentarios de lectores/as

Orientações Médicas E O Remédio Lactaid

Alícia Fernandes (2018-07-18)


Incontáveis tipos de bactérias habitam o intestino grosso e decompõem novas fibras indigeríveis, fermentam açúcares e decompõem muitas proteínas. Certas bactérias conseguem sintetizar vitamina K e B. Ainda não está claro o quanto de vitamina B podes ser absorvido pelo intestino grosso, no entanto metade da quantidade necessária de vitamina K é de origem bacteriana. Os alimentos levam de 12 a dezoito horas para conseguir o reto. Durante esse tempo a água é absorvida e os dejetos são compactados gradualmente pra serem expelidos.

comprar enzima lactaseDe acordo com Barbuti, as pessoas estão tendo mais acesso ao diagnóstico de intolerância à lactose. Ele conta que existe ainda um teste genético, em que os genes do paciente são estudados para saber se existe carga pra intolerância, mas esse exame está disponível em pouquíssimos lugares no Brasil. Depois da digestão, no duodeno, os alimentos formam um líquido leitoso chamado quilo, que é absorvido pelo sangue e na linfa contida nas vilosidades intestinais do jejunoíleo. Por intermédio do sangue e da linfa, o alimento, após transformados, é conduzido pra todas as células do corpo. Não é verdade que a absorção dos nutrientes acontece só no duodeno.

Parece um mistério para os cientistas na baleia, como em tão alto grau alimento poderá atravessar por um canal tão nanico. Não tem ideia de que a auto digestão esteve em ação. "Não. A comida cozida causa um desgaste tão vasto pela nossa reserva de enzimas que não se consegue recuperar comendo bem como comida crua. Ela seguiu, com acompanhamento de uma nutricionista, a chamada dieta do jejum intermitente . A famosa só comia realmente quando sentia fome e imediatamente ilustrou que chegou a atravessar vinte e três horas em jejum. Ao se alimentar, consumia proteínas ou verduras e legumes. O carboidrato era liberado uma vez por semana. Dentre os sintomas causados na intolerância à lactose queremos referir diarreia, cólicas, flatulência, barriga estufada e surgimento de gases. Normalmente a intolerância à lactose acontece em adultos e idosos, sendo incomum o defeito em crianças ainda na fase de aleitamento. Por esse caso, o tratamento irá precisar dos níveis de tolerância à lactose, não sendo imprescindível excluir o leite totalmente da dieta. → O que é a alergia à proteína do leite de vaca?

Dando sequência a respeito da minha "saga" vou contar um tanto a respeito de as recomendações médicas. O Lactaid é um suplemento alimentar que contém uma grande concentração de Lactase, enzima responsável por degradar o açucar do leite e que todos nós temos ( ou deveríamos ter ) na flora natural. A baixa concentração desta enzima ou a ausência dela ( no meu caso ) origina diferentes graus de intolerância à lactose. Por que outras pessoas têm intolerância à lactose? Não se compreende exatamente por que várias pessoas têm intolerância à lactose. O que se entende é que não é um fenômeno único: estima-se que afete milhões de adultos só no Brasil, ainda que não haja números precisos. Pessoas de ascendência oriental parecem também ser mais propensas à intolerância, principalmente na idade adulta ou pela adolescência. A intolerância à lactose não chega a ser considerada uma doença. É penoso que um menino nasça já intolerante à lactose. Caso isso aconteça, o pirralho tem diarreia frequente desde que nasce, e não consegue digerir nem o leite materno nem ao menos fórmulas artificiais à apoio de leite de vaca.

Os leites designados A e B analisados, apresentaram respectivamente teor de Lactose 3,06% e três,cinquenta por cento divergentes dos rotulados "Zero Lactose". ]. A lactose é o açúcar presente no leite e representa cerca quatro,7 por cento do leite de vaca. ], que emprega a titulação e também está fundado na diminuição do cobre pelos grupos redutores dos açúcares, para quantificar o teor de lactose nas amostras analisadas. ], pesou-se dez mL da amostra em balão volumétrico de 250mL e adicionou-se 5mL da solução de ferrocianeto de potássio a quinze por cento e 5mL da solução de acetato de zinco a 30 por cento. Agitou-se e completou-se o volume com água destilada.

Estes sintomas variam de pessoa para pessoa, sendo mais leves ou mais intensos dependendo do grau de intolerância. Outras pessoas já têm há anos e encontram "normal" os desconfortos. Cada vez que elas ficarem em torno de 3 dias sem ingerir a lactose irão perceber a diferença e compreender que aquele sintoma de flatulência e/ou diarreia não é normal. O que é alergia à proteína do leite? A caseína é a proteína do leite e pode agredir extremamente o organismo. O sistema imunológico age contra essa proteína, gerando uma alergia. Além do incômodo gástrico, existem outros sintomas como a variação pela concentração e pela memória, grande realização de muco nos seios da face, amargura, além de outros mais. No momento em que se alteram os hábitos suplementos alimentares para o padrão adulto, a flora muda, que a dieta tem uma marcada interferência a respeito da constituição relativa da flora intestinal e fecal. Uma alimentação rica em proteína animal produz putrefações intestinais; altera-se a flora bacteriana normal, aparecendo uma quantidade excessiva de germes da putrefação.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/