Comentarios de lectores/as

Testes De Sistema Endócrino (um/4)

"Paulo Cauã Rodrigues" (2018-07-11)


A intolerância à lactose veta a digestão de alimentos que contenham o açúcar achado no leite e seus derivados, em alimentos como pão, cereal, carne pra sanduíches, molhos para salada, bolos, biscoitos e panquecas. Ao ingeri-los, a pessoa ante essa circunstância pode exibir angústia abdominal, gases, diarreia e até uma inflamação no estômago. Ex.: diástase, litíase, lordose. O sufixo -ase é empregado "especialmente na acepção de fermento solúvel (diástase), de onde se tomou diretamente". A expressão diástasis, em grego, significa separação, e foi usada por Kirchhoff, em 1814, pra escolher a substância encontrada no extrato de cevada, responsável pelo desdobramento do amido em dextrina e glicose. O mesmo termo estendeu-se a todo catalisador biológico de meio ambiente protéica. Contrário da intolerância à lactose, a alergia à proteína do leite é mais difícil de ser diagnosticada, podendo aparecer os sintomas após 3 dias do consumo, o que leva uma complexidade de liga do alimento. Os dois geram um quadro inflamatório e inflamação está associada com a obesidade. E também poderem conduzir a um quadro de disbiose. Como são os produtos sem lactose? Nos produtos alimentícios sem lactose, a proteína do leite não deixe de existir.

alimentos funcionaisA lactose é um dissacarídeo que é, uma substância resultante da união de duas moléculas de açúcares claro (monossacarídeos), que no caso de lactose são a glicose ea galactose. Pra ser absorvido, é preciso quebrar a lactose em seus dois componentes básicos. Esta ruptura é fornecido por uma enzima chamada lactase, que está presente no revestimento interno (o epitélio da mucosa) do intestino delgado. O que é intolerância à lactose? Lactose é o açúcar presente no leite. Temos que da enzima lactase para quebrar este açúcar e aproximadamente 80 por cento da população brasileira possui algum grau de intolerância à lactose. Conforme vamos envelhecendo, essa enzima pra de ser produzida e consequentemente a lactose deixa de ser quebrada. Quando isso ocorre, as bactérias fermentam essa lactose que não foi absorvida causando desconfortos gástricos e produzindo substâncias tóxicas para o nosso corpo humano.

É vital ler os rótulos dos alimentos com o objetivo de reconhecer as substâncias alergênicas. Se o alimento for retirado tem que-se procurar substituí-lo por outro fornecedor do mesmo nutriente. • Liberação não-alérgica de histamina. Por este caso, determinados componentes ou aditivos dos alimentos atuam diretamente sobre isso os mastócitos, levando os a libertar histamina. Seres humanos adultos não eram, originalmente, capazes de digerir lactose - o gene responsável por gerar a enzima necessária, a lactase comprimido, desativava-se a começar por uma certa idade. É preciso uma mutação genética para conservar a lactase ativa na idade adulta. Essa mutação acabou sendo favorecida nos povos do norte da Europa que domesticaram gado. Pode ser utilizada no modo de leite com baixa lactose, adocicado de leite sem a criação de cristais, leite condensado, derivados do soro de leite,e outros artefato pra diminuição da lactose. Recomenda-se dez ml para cada cinquenta litros de leite. A temperatura pra aplicação da lactose é de 4°C com finalização em até 48 horas. Com temperaturas maiores (até 42°C) maior é a taxa de quebra e menor o tempo. A adição não poderá haver em leite com alta temperatura. O objeto em charada é dispensado da obrigatoriedade de registro, conforme resolução vinte e sete/2010 - ANVISA.

Se conquistar encontrar o que você tem, compartilhe conosco. Procure resolver isto com seu médico ou procure outro e faça novos exames. Os remédios não curam as alergias, apenas controlam os seus sintomas. Então, se você prosseguir consumindo os alimentos a que tem alergia, os sintomas permanecerão por toda a vida, ok? Os sinais de intolerância à lactose geralmente aparecem a partir dos cinco anos de idade. Eles são principalmente caracterizados por diarreia, distensão abdominal, aflição abdominal ou cólicas borbulhantes, emissões de gases e náuseas. O paciente pode vomitar ou tornar-se constipado. Esses principais sintomas ocorrem entre 30 minutos e duas horas depois do consumo de produtos lácteos. Nesta pausa, integram umidade e começam a germinar. Durante a germinação formam-se enzimas que tem o serviço de digerir as sementes e grãos. Os golfinhos as baleias tem um primeiro estômago que não segrega enzimas. As baleias, por exemplo, engolem grandes quantidades de alimentos sem a mastigarem. A comida decompõe-se e digere-se a si própria. O artefato traz maior independência e característica de existência aos intolerantes à lactose que neste instante são capazes de utilizar o produto em restaurantes, viagens ou mesmo no preparo de receitas caseiras. O relato de alergia com o emprego da enzima lactase é muito inabitual. Dado ser um objeto de origem fúngica, aqueles pacientes alérgicos antecipadamente ao mofo e/ou à penicilina teriam apoio teórica para tal.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/