Comentarios de lectores/as

Cerca de 40% Da População Brasileira Têm Intolerância à Lactose

"João Davi Lucas Duarte" (2018-09-16)

En respuesta a Vilões" Do Momento, Glúten E Lactose São capazes de Causar Intolerâncias Se Consumidos Em Exagero

capsulas de lactaseEsse quadro clínico — chamado intolerância à lactose — é o responsável por alguns ou todos os sintomas divulgados acima. A lactase é produzida em enorme quantidade ao longo dos primeiros dois anos de existência, havendo depois um declínio constante na sua realização. Portanto, muitos podem com o tempo fazer esse quadro clínico, entretanto sem regressar a percebê-lo.

É um caminho acessível pra quem não abre mão de prosseguir consumindo as mesmas coisas, sem ir mal. Hoje a quantidade de produtos que tem a enzima lactase onde comprar é grande: leites, iogurtes, coalhadas, queijos. Oferece com o intuito de se virar bem com eles. Eu já falei sobre isso nessa postagem, mas muita gente ainda fica em incerteza quanto à ter leite, não ter leite, tem lactose, não tem. Primeiro: Whey Protein sem lactose: Isolado ou Hidrolisado. Qual você tem que tomar, o teu nutricionista é quem deve te direcionar. Bebem Kefir em vez de água e comem Kefir desde a infância.. Entre eles, pessoas com 110 a 150 anos de idade não são uma raridade. Não conhecem tuberculose nem câncer e não sofrem de dificuldades digestivos.. Seu nome varia segundo o lugar; na América Latina se chama Tibicos (no México essa bebida e algumas fermentadas são bastante utilizadas); na Europa, chamam cristais japoneses; pela Ásia e África, Kefir. São capazes de ser colocados no leite, onde fermentam a lactose ou de PREFEERÊNCIA, na água com açúcar, onde fermentam a glicose. O médico poderá fazer uma análise do sangue, um teste de bafômetro ou um check-up de fezes para detectar se as dificuldades são devidos a esta intolerância. Nos rótulos dos alimentos, procure pelas palavras: leite, soro de leite, requeijão, laticínios, leite desidratado, sólidos de leite e leite em pó. Se qualquer um destes ingredientes estiver contado na embalagem, o objeto contém lactose. A intolerância à lactose se fornece quando o intestino delgado não produz enzima lactase o bastante. O corpo dos bebês fabrica esta enzima para que eles possam digerir o leite materno.

É a intolerância à lactose. Pra digerir esse açúcar, o organismo tem que gerar uma enzima chamada lactase, que divide o açúcar do leite em glicose e galactose. A incapacidade de gerar a lactase poderá ser genética ou ocasionada por qualquer dificuldade intestinal que a interrompe temporariamente. De acordo com Ricardo Barbuti, gastroenterologista membro da Federação Brasileira de Gastroenterologia, a experiência de fornecer a lactase é geneticamente instituída. — Quem tem a predisposição pra gerar menos enzimas, pela quantidade em que o tempo passa, vai perdendo a técnica de digerir a lactose. Intolerância à lactose (açúcar do leite) é a deficiência da lactase, a enzima que quebra a lactose em açúcares mais claro pra que possam ser absorvidos pelo sistema digestivo. A atividade dessa enzima, presente ao nascimento, tende a diminuir em enorme quota da população a partir dos dois anos de existência com uma redução progressiva, geneticamente programada, que se completa, normalmente, com a puberdade.

A nutricionista responsável pelo Ambulatório de Nutrição do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Kátia Terumi M. R. Ushiama, esclarece a respeito de o defeito e alerta que o diagnóstico não tem que ser sinônimo de desespero. O tratamento inicial é a retirada total da lactose da dieta para diminuir o desconforto, como gases e inchaço abdominal. Mas, após liberação médica, é possível tentar a reintrodução de alguns derivados do leite, como queijos e iogurtes, de forma gradativa para ver a tolerância do paciente. Alguns derivados contêm menos lactose e podem ser tolerados, em vista disso é necessário reintroduzi-los aos poucos, pra detectar o grau de intolerância de cada pessoa. Depois, quando de imediato estiver acostumado a essa nova quantidade, passará a consumir meio. O mesmo raciocínio é seguido por muitos profissionais pela charada dos refrigerantes. Quem é bebe todos os dias, duvidosamente poderá parar de vez de um dia para o outro. Desse jeito, faz uma redução gradual, até ultrapassar o "vício". Para o tratamento de pacientes com intolerância à lactose, existe alguma fórmula de lactase superior? Foi achado um único estudo que comparou diferentes preparações orais de lactase pro uso em pacientes adultos com intolerância à lactose. As preparações estudadas foram: Lactaid®, Lactrase® e Dairy Ease®. Apenas Lactaid® reduziu a excreção de hidrogênio expirado (indicativo de avanço da digestão da lactose), sem, contudo ter cada efeito a respeito da redução dos sintomas. Lactrase® and Dairy Ease® tiveram ação sobre isso os sintomas, mesmo sem terem reduzido a excreção de hidrogênio expirado.

Incalculáveis tipos de bactérias habitam o intestino grosso e decompõem várias fibras indigeríveis, fermentam açúcares e decompõem várias proteínas. Certas bactérias conseguem sintetizar vitamina K e B. Ainda não está claro o quanto de vitamina B podes ser absorvido pelo intestino grosso, porém metade da quantidade necessária de vitamina K é de origem bacteriana. Os alimentos levam de doze a 18 horas pra conseguir o reto. Durante esse tempo a água é absorvida e os dejetos são compactados gradualmente pra serem expelidos.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/