Comentarios de lectores/as

O Que é Lactose E Já que Acontece A Intolerância

Daniel Santos (2018-09-11)

En respuesta a Lactaid, Meu Santo Camarada!

Estes sintomas podem ser tanto de alergia quanto de intolerância? Voce localiza que realmente compensa fazer os exames que detectam alergia e intolerância alimentar? Realmente os seus sintomas poder estar relacionados a ambos os mecanismos: alérgicos e intolerâncias. Portanto, se for possível, acho bem envolvente você fazer estes exames. De imediato entrei em contato com o laboratório citado para melhor conhecer os exames que eles realizam. Tal atividade é praticada por uma enzima chamada lactase. A deficiência de lactase leva à má digestão (2065) do açúcar do leite e sua conseqüente intolerância. A intolerância, dessa maneira, se resume na incapacidade do corpo em digerir a lactose , diz em novas expressões. Quem sofre da intolerância passa por transtornos como diarréia, flatulência excessiva, cólicas e aumento do volume abdominal, ao consumir leite e seus derivados.

Valor incrível de pH aproximado a 8,0. (O suco pancreático é abundante em bicarbonato de sódio e tem efeito alcalino). Ação do sistema nervoso autônomo, estimulando a secreção intestinal. Ação hormonal. A ação das gorduras do quimo provoca a liberação da bile e do suco pancreático. Ação dos sucos digestivos. A hidrólise das proteínas é catalisada na tripsina e pela quimotripsina, enzimas do suco pancreático, que as transformam em peptídeos. Esses, hidrolisados pelas peptidases, convertem-se em aminoácidos.

Ou ela poderia ter problema só com um ou dois desses alimentos em específico? No caso da intolerância alimentar à batata-inglesa, isso se tem que a qual substância presente nela? Você poderia me indicar um médico ou clínica que trabalha com o Vegatest em Porto Sorridente? Pesquisei satisfatório e não achei! Com a introdução em 1878, por Kühne, do termo enzyme para os fermentos solúveis, a Nomenclatura Internacional de Química passou a utilizar-se deste novo termo pra escolher, de forma genérica, todos os biocatalisadores. A diástase, primitivamente descrita por Kirchhoff, passou a chamar-se amilase, indicando-se, com o novo nome, o substrato sobre o qual atua a enzima e aproveitando-se do sufixo -ase da denominação anterior. As demasiado enzimas, descobertas em seguida, receberam, de forma análogo, a denominação do substrato, seguido da terminação -ase, que passou a apontar enzima. Diástase é palavra proparoxítona em virtude da quantidade do sufixo -asis em grego e em latim. Por esta desculpa pretende-se tornar esdrúxulas todas as expressões outras com o sufixo -ase, construídas para nomear enzimas.

Logo, esse post é pra acudir nisso. Excelente, a primeira coisa que toda humanidade tem que apreender é: intolerância a lactose não é similar a alergia à proteína do leite de vaca. Então, tenha total consciência de que, se você é alérgico, os ditos"sem lactose" não servem por você. Dica da leitora: Macarrão pra Yakissoba (aqueles instantâneos). Ela comeu e passou extremamente mal, foi analisar os ingredientes e contém leite. O estômago, por meio das glândulas gástricas, libera o suco gástrico que é constituído por água, ácido clorídrico (a 0,5% de concentração), mucos, pelas enzimas pepsina (várias proteases) e, nos bebês, a renina. O estômago desse jeito se contrai ritmicamente (movimentos peristálticos), o que permite a mistura do bolo alimentar com o suco gástrico. Lília alegou

A Lactase é uma enzima responsável pela hidrólise da lactose. A molécula da lactose é demasiado complexa pra atravessar a parede do intestino; deve sofrer a ação da enzima Lactase, para ser decomposta em glicose e galactose. Pela deficiência da Lactase, a lactose não digerida passa ao intestino grosso, originando diarréia fermentativa e outros transtornos digestivos. A deficiência de capsulas lactase preço acontece com superior freqüência pela raça negra, e, em menor escala, pela raça branca. O suco entérico, produzido pela parede do intestino delgado libera maltase, lactase, sacarase e peptidase, enzimas que quebram maltose, lactose, sacarose e peptídio, respectivamente. A bile, produzida no fígado é enviada a vesícular biliar (órgão anexo), onde fica armazenada para posterior utilização. Não é uma enzima (assim sendo sua ação é considerada um recurso físico) e tem a função de emulsificar gorduras, quer dizer, minimizar a tensão fraco do lipídio (gordura) de modo a fragmentá-lo, facilitando, então, a ação das lipases. Ainda no intestino delgado, ocorre a quilificação, decorrente da mistura do quimo com os sucos pancreático e entérico e a bile.

Depois, estes alimentos necessitam ser reintroduzidos aos poucos até distinguir a quantidade máxima que o organismo suporta sem publicar sintomas adversos. Essa conduta terapêutica tem como propósito manter a oferta de cálcio pela alimentação, nutriente que, próximo com a vitamina D, é indispensável pra formação de massa óssea saudável. Suplementos com lactase e leites modificados com baixo teor de lactose são úteis pra conservar o reforço de cálcio, no momento em que a quantidade de leite ingerido for insuficiente. Roberta argumentou



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/