Comentarios de lectores/as

Cansaço Exagerado Poderá Ser Sinal De Doença Importante, Alertam Especialistas

Samuel Nascimento (2018-06-02)


enzima lactase comprarConcretamente, em proporção com o peso do corpo, o pâncreas humano é duas vezes mais pesado do que o de uma vaca. Seres humanos que comem majoritariamente cozido, sempre que as vacas comem erva crua. Depois, existem evidências que ratos que comem cozido tem um pâncreas duas vezes maior do que ratos que comem cru. O diagnóstico é acordado de um a outro lado dos sintomas citados e de exames clínicos. Distinto da intolerância à lactose, a alergia à proteína do leite afeta em torno de 2% e sete,cinco por cento de crianças e é instituída como uma reação adversa contra antígenos do leite de vaca. Na alergia ao leite, o sistema imunológico identifica as proteínas do leite de vaca como um agente agressor, o que ocasiona diarreia, gases, cólicas, distensão abdominal, lesões na pele, contrariedade de respirar, menor sangramento intestinal, além de outros mais.

Esta tolerância é individual. Geralmente, ao longo da infância o corpo humano produz mais lactase. Com o envelhecer normalmente o organismo elimina a quantidade de lactase produzida e com o tempo esse declínio na elaboração de lactase pode levar a intolerância à lactose. Se bem que possa haver sintomas aproximados, alergia e intolerância são termos diferentes, mesmo que causadas pelo mesmo alimento, o leite. A intolerância à lactose é causada na ausência ou na pouca quantidade da enzima lactase no organismo. Se seu filho sente cólica, incômodo, gases, tem diarreias frequentes e, possivelmente, até vômitos depois de ingerir leite, ou alimentos feitos com derivados de leite, atenção, podes ser sim intolerância a lactose. Além dos pais, é o pediatra e/ou nutricionista quem tem que estar de olho desses casos. E são os especialistas quem poderá solicitar, se for obrigatório, exames que comprovem que a criança não digere bem o açúcar do leite.

Você comeu um pão de queijo quentinho no café da manhã, achando que o dia começaria melhor desta forma. Ledo engano. Rapidamente a barriga começa a fazer sons estranhos, os pelos do braço se arrepiam e você agora domina: precisará correr pro banheiro do escritório, não importa se tem alguém lá dentro. A lactose é um açúcar achado no leite de mamíferos, composto por glicose e galactose. Em mais um menos 70 por cento dos habitantes do nosso planeta, a láctase torna-se inativa a partir dos 6 anos. Em outros termos, cerca de setenta por cento da população mundial sofre de ligeira ou mais aguda intolerância à lactose.

Mais ainda, há provas de que o pâncreas humano é um dos mais pesados no reino animal, tendo em conta o peso corporal. Esse acréscimo de volume do pâncreas humano é tão prejudicial - por ventura ainda mais - do que o acréscimo de volume do coração, da tiróide etc.. A produção exagerada de enzimas é uma adaptação patológica a uma dieta de comida sem enzimas. O pâncreas não é a única porção que produz exageradamente enzimas quando a alimentação é cozida. Por adição, existem as glândulas salivares, que produzem enzimas num grau nunca visto nos animais selvagens com a sua alimentação natural. Efetivamente, alguns animais em uma dieta crua não tem qualquer tipo de enzimas na sua saliva. No RJ tem um laboratório que faz diagnóstico pra IgG e IgE pra 90 e duzentos alimentos. Alergia a pimenta não é comum como a outros alimentos (leite, trigo, açúcar, oleaginosas, etc.), todavia pode suceder sim. Já vi pacientes com alergia a alho e cebola, tais como, e até mamão e chuchu… As alergias alimentares por IgG (que são oitenta por cento dos casos) são capazes de oferecer sintomas até quatro dias após ter sido consumido o alimento. Dr. Paulo, Estou há em torno de um mês com urticárias e apesar da medicação e controle alimentar nada resolve. Fiz o teste IgE e nenhum resultado afirmativo para ovo, cacau e leite de vaca. Sinto além das urticárias o meus estômago e gazrganta como se estivesse borbulhando.

Lactaid Ação rápida é o suplemento mais conveniente pra ter em moradia ou no momento em que forme almoçar fora. Basta ingerir próximo com tua primeira mordida de alimentos lácteos e divirta-se! Lactaid Ação Rápida tem êxito naturalmente auxiliando na difestão de alimentos lácteos, dando-lhe a independência para apreciar os alimentos que você quiser, no momento em que quiser. Ajuda a precaver os sintomas dá má digestão do açúcar do leite (lactose) ocasionando os alimentos funcionais lácteos digeríveis. Não é uma droga, contudo um suplemento alimentar que contém a enzima lactase naturalmente.

Intolerância secundária: ao oposto da anterior, a lactase desaparece ou diminui por causas transitórias, o que significa que a intolerância é temporária e após um tempo, é possível reverter a consumir lactose. Deficiência congênita de lactase: o guri imediatamente nasce com um distúrbio metabólico que o impossibilita de digerir a lactose, assim sendo é uma intolerância infinito, entretanto, até há pouco tempo, era preocupante, por causa de a criancinha não podia tomar o leite materno. Felizmente, é um tipo incomum de intolerância. Quando os níveis de lactase são insuficientes, a lactose não é digerida no intestino delgado e chega em extenso quantidade ao cólon, porção do intestino rica em bactérias. Algumas bactérias do nosso intestino grosso conseguem fermentar a lactose, um modo que resulta pela geração de gases de hidrogênio e ácidos. Além do mais, a lactose é uma substância altamente osmótica, que "puxa" água e sais minerais da parede do cólon, aumentando o volume das fezes. A diversidade da espécie humana é uma das coisas mais bonitas da meio ambiente, e só acontece por conta de uma palavrinha não é sempre que bem visibilidade: mutações. Antes de lembrar-se dos X-Men, as modificações genéticas assim como resultam em diferenças como a cor dos olhos ou dos cabelos. Pensando nisto separamos algumas das mutações mais comuns presentes nos seres humanos pra provar que não é preciso ser o Professor Xavier para se consiederar um mutante.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/