Comentarios de lectores/as

O Portal Do Estudante

Samuel Nascimento (2018-06-02)


lactaseO alimento passa a se chamar quilo. Nesta fase o alimento (quilo) agora se localiza em pequenas moléculas e ocorre a absorção dos nutrientes pelos capilares sanguíneos presente no intestino delgado, conduzindo-os para o restante do organismo. O resto alimentar, ou melhor, aquilo que não foi absorvido se encaminha pro cólon ascendente (intestino grosso), cólon transverso e cólon descendente, onde chega ao reto e, logo depois, ao ânus. Este artigo te ajudou? Deste modo ajude o Portal do Estudante no TOP30. Clique nesse lugar pra votar! Lá, enzimas produzidas no Pâncreas, Fígado e no respectivo Intestino, terminam o método enzimático e os nutrientes são preparados para serem absorvidos pelo organismo e nutrirem as células do corpo. As PROTEÍNAS são digeridas até a geração de PEPTÍDIOS na TRIPISINA e QUIMIOTRIPSINA. Os POLISSACARÍDEOS, tais como o AMIDO, são degradados até a MALTOSE pela AMILOPEPSINA. Os ACIDOS NUCLÊICOS, tais como o RNA e o DNA, são digeridos em RIBONUCLEOTÍDEOS na RNASE e DNASE. O suco intestinal ou entérico retém enzimas que digerem dois tipos básicos de nutrientes: os carboidratos e as proteínas. A CARBOXIPEPTIDASE e AMINOPEPTIDASE transformam PEPTÍDIOS em AMINOÁCIDOS, do mesmo jeito que a DIPEPTIDASE reduz DIPEPTÍDIOS em AMINOÁCIDOS. A MALTASE, SACARASE e LACTASE transformam respectivamente: MALTOSE, SACAROSE e LACTOSE em GLICOSE.

As bactérias presentes em suas fórmulas produzem lactase suficiente para a digestão da lactose . Os iogurtes, dessa maneira, são novas ótimas opções para quem não poderá mencionar com o leite no cardápio e não quer abrir mão de seus nutrientes. Vale reparar para preparações à apoio de leite, como bolos, pudins, cremes e bolachas. A dificuldade gera uma série de outros, como diarreia, anemia, perda de gordura, osteoporose, inchaço, fadiga, aftas e até erupções na pele que coçam suficiente (dermatite herpetiforme). Esse quadro indica que a pessoa é celíaca, ou seja, tem uma doença autoimune que faz o corpo humano reagir no momento em que entra em contato com o glúten. Laticínios: Os produtos feitos pelo leite contêm lactose, por exemplo iogurte, creme de leite, sorvete, maionese, bebidas (mistas) de leite, creme de queijo, queijos em geral e queijo cottage. Iogurte pode ser uma sensacional opção pra ingestão de cálcio, uma vez que culturas intestinais ativas metabolizam a lactose, facilitando a digestão. Pães e massas: alimentos ricos em amido (pães, biscoitos, panquecas, bolos e outros parecidos) costumam utilizar leite em pó ou produtos lácteos na preparação. Doces: sorvetes e bolos de sorvete, frozen, chocolate ao leite, pudins, cremes e sobremesas que usam leite condensado possuem lactose.

Os indivíduos que possuem baixa criação de lactase encontram no mercado leites com baixa lactase ou conseguem fazer uso de suplemento de lactase. O nutricionista ou médico irá nortear a quantidade e a maneira de suplementar para que o paciente possa ter uma alimentação saudável e normal. A exclusão do leite da alimentação em atividade da intolerância pode cooperar com a deficiência de nutrientes, uma vez que o leite e derivados são primordiais fontes de proteínas, vitaminas, cálcio e outros minerais. O leite e alguns derivados são considerados como as melhores fontes de cálcio na alimentação, mineral primordial pra manutenção de ossos e dentes. Quando as enzimas são aquecidas, elas aceleram ainda mais as reações, no entanto somente até correto ponto através do qual elas se modificam e perdem tuas propriedades catalizadoras. No momento em que a temperatura cai, as enzimas voltam ao seu estado anterior. De onde as enzimas surgem ? As células fazem uso o detalhe dos nossos genes pra fabricar proteínas, as quais são usadas para algumas funções. A enzima é uma dessas proteínas.

Devido a essa deficiência, a lactose não digerida continua dentro do intestino e chega ao intestino grosso, onde é fermentada por bactérias, produzindo ácido láctico e gases (gás carbônico e o hidrogênio). A presença de lactose e destes compostos nas fezes no intestino grosso aumenta a pressão osmótica (retenção de água no intestino), causando diarréia ácida e gasosa, flatulência excessiva (exagero de gases), cólicas e aumento do volume abdominal. Diarreia ou constipação - algumas vezes alternando crises entre os 2 dificuldades

1 DEFINIÇÃO DA LACTASE A água permite que os alimentos se dissolvam ou fiquem em suspensão. O ácido suplementos alimentares clorídrico reage com o pepsinogênio parar gerar a pepsina, fornece o grau de acidez ideal pra pepsina atuar e destrói algumas das bactérias consumidas nos alimentos. O muco lubrifica o alimento e protege as paredes do estômago dos efeitos do ácido e das proteases. A pepsina permite a conversão das proteínas em polipeptídeos e aminoácidos e a renina coagula a proteína do leite.

Se dentro destes dias você não exibir sintomas, faça um teste e tome um tanto de leite e por isso espere pra olhar a reação do seu corpo. Se os sintomas retornarem, é possível que tenha intolerância à lactose e não possa comer leite de vaca. Esse teste poderá ser feito com todos os alimentos que sejam preparados com leite, como queijo, manteiga, pudim e manjar, tendo como exemplo. E dependendo do seu grau de intolerância à lactose, os sintomas são capazes de ser mais ou menos intensos. Checape de fezes: mede a acidez das fezes sendo bastante comum pra detectar a intolerância à lactose em bebês e crianças pequenas.



.......................................................................................................................................................................................................

Contacto

Teléfono: (+598) 2359 5478
Fax: (+598) 2354 2052
Correo-e:agrocien@fagro.edu.uy
http://www.fagro.edu.uy/agrociencia/